Conversas & Controvérsias


Orientações para encaminhamento de proposta de dossiês temáticos

Revista Conversas e Controvérsias (INNS 2178-5694)

 

                Desde 2016, a revista discente Conversas e Controvérsias apresenta um dossiê temático por número, além das sessões artigos livres e resenhas. Visando ampliar o caráter democrático da publicação, abre-se a toda a comunidade acadêmica a possibilidade de contribuir com a revista a partir da proposição e organização de dossiê temáticos.

                As propostas de dossiês encaminhadas pela comunidade acadêmica serão examinadas pelos editores e pela equipe editorial da revista, que serão responsáveis pela seleção das propostas aprovadas e pelo estabelecimento do calendário de publicação dos dossiês. A seleção das propostas levará em consideração o atendimento dos seguintes critérios:

 

1)      Sobre os organizadores:

Recomendamos que a proposta conte com no máximo quatro organizadores e no mínimo dois, sendo preferível que os organizadores estejam vinculados à uma instituição de ensino e/ou pesquisa. Espera-se que ao menos um organizador possua o grau de doutor.

 

2)      Sobre as propostas:

A revista privilegiará as propostas que abordem temas de interesse das Ciências Sociais. Espera-se que a proposta incentive a reunião de trabalhos acadêmicos originais e inéditos de autoria de estudantes de graduação e pós-graduação que desenvolvam pesquisas nas perspectivas das Ciências Sociais (Sociologia, Antropologia e Ciência Política), bem como de áreas afins (Filosofia, História, Geografia, Educação, Direito e Relações Internacionais).

 

3)      Sobre o envio das propostas:

Os candidatos devem enviar a proposta à equipe editoral da revista Conversas e Controvérsias por meio do e-mail: conversas.controversias@gmail.com A proposta deve conter o título do dossiê, um resumo que apresente brevemente a justificativa e relevância da proposta temática, seu foco e objetivos (500 palavras), três palavras-chaves, além do nome e link para currículos lattes dos organizadores. Os proponentes também podem listar os artigos que serão convidados a compor o dossiê (opcional). A lista deve ser composta por no máximo cinco artigos inéditos e deve conter os nomes e instituições de origem dos autores, títulos, resumos (150 palavras) e palavras-chaves de cada artigo proposto. Espera-se que o dossiê seja plural quanto às instituições de origem dos seus autores. Destacamos que a aprovação do dossiê não implica a aprovação automática dos artigos nele propostos, bem como não limita o recebimento e aprovação de artigos enviados pela comunidade acadêmica que não foram convidados pelos organizadores a compor o dossiê. Todos os artigos enviados à revista Conversas e Controvérsias são submetidos à avaliação cega por pares que podem aprovar os artigos, fazer sugestões de alterações ou reprovar a sua publicação.

 

4)      Sobre as responsabilidades dos organizadores:

Ao enviar uma proposta, os proponentes se comprometem em colaborar com a divulgação da chamada para artigos do dossiê, com a submissão dos artigos recebidos para a avaliação cega, com a escolha de avaliadores (os quais devem ser doutores vinculados à instituições de ensino, preferencialmente de fora do estado do Rio Grande do Sul), com a preparação dos artigos de acordo com as regras editoriais da revista e com a divulgação do número após a sua publicação. Para tanto, durante o processo de organização do número, os organizadores terão acesso ao sistema da revista. Os organizadores também são responsáveis pela escrita do texto de apresentação do número. Por fim, cabe destacar que uma vez selecionada a proposta, os organizadores devem prezar pela qualidade e reputação da revista e pelo respeito à normas éticas que servem como base para a atuação dos profissionais das ciências sociais.

 

Equipe editorial

Revista Conversas e controvérsias


v. 3, n. 2 (2016): Dossiê - Violência e Sociedade: diferentes perspectivas


Capa da revista