Percepções de estudantes universitários sobre a leitura acadêmica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.15448/2179-8435.2022.1.40593

Palavras-chave:

leitura acadêmica, dificuldades de leitura, papel da universidade

Resumo

Este trabalho analisa as percepções de estudantes universitários em torno da leitura acadêmica. O texto discute reflexões que 14 estudantes fazem sobre a leitura, considerando os significados da ação de ler na universidade, sobre as principais dificuldades do ato de ler e sobre o papel da universidade frente ao ensino de leitura acadêmica. O objetivo principal do estudo é o de compreender como os estudantes definem o papel da leitura acadêmica na universidade, evidenciando os sentidos, as dificuldades e a contribuição de professores universitários na tarefa de ensino de leitura. Este é um estudo de base qualitativa, tendo como dispositivo de recolha de informações os relatos escritos de estudantes a respeito de três questões que lhes foram feitas sobre leitura acadêmica na universidade. Entre os principais resultados, o estudo permitiu concluir que a percepção de leitura se aproxima de padrões que a concebem como estratégia de decodificação e de produção de sentido. Mostrou, ainda, que as principais dificuldades estão ancoradas nos processos formativos da escola básica e da universidade. Por fim, o estudo evidenciou que há uma percepção generalizada dos estudantes de que os professores universitários precisam desenvolver estratégias de ensino de leitura na universidade, frente às dificuldades que os estudantes apresentam ao ingressarem no Ensino Superior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fabrício Oliveira da Silva, Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Feira de Santana, BA, Brasil.

Doutor em Educação e Contemporaneidade pela Universidade do Estado da Bahia (UNEB), BA, Brasil. Professor na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), em Feira de Santana, BA, Brasil.

Maria Cleonice Barbosa Braga, Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Feira de Santana, BA, Brasil.

Doutora em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR), SP, Brasil. Professora na Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), em Feira de Santana, BA, Brasil.

Referências

ANASTASIOU, L. das G. C.; ALVES, L. P. (org.). Processos de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. Joinville, SC: UNIVILLE, 2009.

BAKHTIN, M. Metodologia das ciências humanas. In: BAKHTIN, M. Estética da criação verbal. 2. ed. Tradução de Maria Ermantina Galvão G. Pereira. São Paulo: Martins Fontes, 1997. p. 393-421.

FREIRE, P. A importância do ato de ler. 41. ed. São Paulo: Cortez, 2001.

KOCH, I. G. V. O texto e a construção dos sentidos. 9. ed. São Paulo: Contexto, 2007.

LUCKESI, C. C. et al. Fazer universidade: uma proposta pedagógica. 14. ed. São Paulo: Cortez, 2005.

MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Cortez, 2008.

MARCUSCHI, L. A. Compreensão textual como trabalho criativo. In: UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA. Prograd. Caderno de formação: formação de professores didática geral. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2011. v. 11, p. 89-103. Disponível em: http://acervodigital.unesp.br/handle/123456789/40358. Acesso em: 28 jun. 2020.

MARTINS, A. C.; SANTOS, E. A. G. A escrita acadêmica na formação inicial de professores: diários de aprendi-

zagem na constituição de si. Educação Por Escrito, Porto Alegre, v. 10, n. 2, p. 1-12, jul./dez. 2019. https://doi.org/10.15448/2179-8435.2019.2.30327.

MATEOS, M. Metacognición y educación. Buenos Aires: Aique, 2009.

MINAYO, M. C. de S. (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 2008.

ORLANDI, E. Paráfrase e polissemia: a fluidez nos limites do simbólico. Revista Unicamp, [S. l.], v. 4, n. 1, p. 9-20, 1998.

POZO, J. I. Aprendizes e mestres: a nova cultura da aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2002.

RICOEUR, P. Teoria da interpretação. Tradução de Artur Morão. Lisboa: Edições 70, 1996.

TOURINHO, C. Dificuldade de ler na academia. Revista Lugares de Educação, Bananeiras, PB, v. 1, n. 2, p. 325-346, jul./dez. 2011. https://periodicos.ufpb.br/index.php/rle/article/view/10966/7272.

Downloads

Publicado

2022-10-25

Como Citar

Silva, F. O. da, & Braga, M. C. B. (2022). Percepções de estudantes universitários sobre a leitura acadêmica. Educação Por Escrito, 13(1), e40593. https://doi.org/10.15448/2179-8435.2022.1.40593

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)