Relações de poder no cotidiano escolar: análise e reflexões da relação aluno-escola

Wilson Ricardo Antoniassi Almeida

Resumo


Este trabalho propõe o estudo das relações de poder presentes na relação aluno-escola, a partir da leitura e análise de fotografias escolares, compreendendo o período entre as décadas de 1950 e a primeira década do século XXI. As situações apresentadas pelas fotografias de épocas diversas fornecem informações importantes e suficientes que revelam a natureza da relação entre o aluno e a escola, permitindo identificar semelhanças, contrastes, mudanças e permanências ao longo do tempo e comparações com a educação contemporânea. A leitura e a análise fotográfica delatam que a ordem e a disciplina são fatores constantes no cotidiano escolar. Por meio deles são estabelecidas as situações de hierarquia e autoridade, caracterizando as relações de poder entre o aluno e a escola. Isso pode ser percebido na disposição das turmas, na interação e no arranjo dos corpos durante as atividades escolares e na organização do trabalho escolar. Ainda hoje, o professor exerce uma relação de poder sobre o aluno, no entanto, não se caracteriza com a mesma intensidade que antigamente.

Palavras-chave


Relações de poder. Fotografia escolar. Relação aluno-escola. Cotidiano escolar.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990. Estatuto da Criança e do Adolescente no Brasil. Diário Oficial da República Federativa do Brasil, de 14 de julho de 1990, Brasília: Poder Executivo, 1990.

COSTA, R. A. Disciplina na escola: adolescência e constituição da subjetividade. Rio de Janeiro: E-Papers Serviços Editoriais, 2002.

FOUCAULT, M. Vigiar e punir: nascimento da prisão. 21. ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia. Saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

SOUZA, R. F. Templos de civilização: a implantação da escola primária graduada no Estado de São Paulo: (1890-1910). São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

SOUZA, R. F. História da organização escolar e do currículo no século XX: ensino primário e secundário no Brasil. São Paulo: Cortez, 2008.

TOMAZI, N. D. Sociologia da Educação. São Paulo: Atual, 1997




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/2179-8435.2014.2.14445

>

e-ISSN: 2179-8435

*********************************

Avaliação do Qualis CAPES - 2016

ÁREA CAPES - Educação

CLASSIFICAÇÃO - B2

ÁREA CAPES – Ensino

CLASSIFICAÇÃO – B1


Indexado em:
 

REDIB 

 *********************************

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS