O pluralismo religioso no horizonte de um ecumenismo planetário em Claude Geffré

  • Tiago de Fraga Gomes Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Ecumenismo planetário. Fundamentalismo. Integrismo. Pluralismo. Claude Geffré.

Resumo

Segundo Claude Geffré, Pentecostes é a imagem bíblica neotestamentária que afirma a manifestação pluriforme do desígnio de Deus, em contraposição à imagem bíblica veterotestamentária de Babel, expressão da idolatria monolítica de uma humanidade que se coloca no lugar de Deus. O fenômeno da religião em sua expressão plural é uma questão intransponível para a razão teológica contemporânea. Partindo das obras Crer e interpretar e De Babel a Pentecostes de Geffré, e em diálogo com autores correlacionados, o presente texto pretende refletir sobre a necessidade de um diálogo entre as religiões no contexto de uma sociedade globalizada. A construção de um ecumenismo planetário e de um ethos mundial depende disso. É preciso superar toda forma de fundamentalismo escriturístico e de integrismo doutrinal que são atitudes perniciosas para a convivência humana sadia a nível planetário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago de Fraga Gomes, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Doutorando em Teologia pela PUCRS. Bolsista da CAPES.

Referências

BÍBLIA. Português. A Bíblia de Jerusalém. Nova edição rev. e ampl. São Paulo: Paulus, 2002.

BOAVENTURA, Josuel dos Santos. O Deus único nas distintas formas de revelação. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 36, n. 152, p. 383-421, jun. 2006.

BOFF, Leonardo. Fundamentalismo: a globalização e o futuro da humanidade. Rio de Janeiro: Sextante, 2002.

CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II, 1962-1965, Cidade do Vaticano. Nostra Aetate. In: COSTA, Lourenço (Org. Geral). Documentos do Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965). 4. ed. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 2007. (Documentos da Igreja), p. 339-346.

_______. Unitatis Redintegratio. In: COSTA, Lourenço (Org. Geral). Documentos do Concílio Ecumênico Vaticano II (1962-1965). 4. ed. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 2007. (Documentos da Igreja), p. 215-240.

DUPUIS, Jacques. Rumo a uma teologia cristã do pluralismo religioso. Trad. Márcia de Almeida; Euclides Martins Balancin. São Paulo: Paulinas, 1999.

DUQUOC, Christian. A teologia no exílio: o desafio da sobrevivência da teologia na cultura contemporânea. Trad. Gentil Adelino Titton. Petrópolis: Vozes, 2006.

FRANCISCO, Papa. Carta Encíclica Laudato Si’: sobre o cuidado da casa comum. São Paulo: Paulus; Loyola, 2015.

_______. Exortação Apostólica Evangelii Gaudium: sobre o anúncio do Evangelho no mundo atual. São Paulo: Paulinas, 2013.

GEFFRÉ, Claude. Como fazer teologia hoje: hermenêutica teológica. Trad. Benôni Lemos. São Paulo: Paulinas, 1989.

______. Crer e interpretar: a virada hermenêutica da teologia. Trad. Lúcia M. Endlich Orth. Petrópolis: Vozes, 2004.

______. De Babel à Pentecostes: ensaios de teologia inter-religiosa. Trad. Margarida Maria Cichelli Oliva. São Paulo: Paulus, 2013.

GOMES, Tiago de Fraga. A teologia hermenêutica de Claude Geffré e a sua relevância para a teologia da revelação. 2015. 140 f. Dissertação (Mestrado em Teologia) – Faculdade de Teologia, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2015.

______. Hermenêutica teológica e teologia da revelação em Claude Geffré. In: SUSIN, Luiz Carlos; RODRIGUES, Jéferson Ferreira (Orgs.). Fazer teológico. Porto Alegre: Editora Fi, 2015.

HAMMES, Érico João. Hermenêutica e teologia: interpretar é preciso. In: PICH, Roberto Hofmeister; ZILLES, Urbano (Orgs.). Filosofia, religião e ciência. Porto Alegre: Edições Est, 2008.

KLERING, José Romaldo. Pluralismo, re-significação e diálogo. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 34, n. 143, p. 169-182, mar. 2004.

KÜNG, Hans. Uma ética global para a política e a economia mundiais. Trad. Carlos Almeida Pereira. Petrópolis: Vozes, 1999.

______. Religiões do mundo: em busca dos pontos comuns. Trad. Carlos Almeida Pereira. Campinas: Verus, 2004.

LACOSTE, Jean-Yves. Dicionário crítico de teologia. Trad. Paulo Meneses; Maria Stela Gonçalves; Marcos Bagno; Nicolás Nyimi Campanário; Marcelo Perini. São Paulo: Paulinas; Loyola, 2004.

TORRES QUEIRUGA, Andrés. O diálogo das religiões. São Paulo: Paulus, 1997.

SILVA, Cássio Murilo Dias da. Crítica bíblica: um remédio contra o fundamentalismo. In: MINCATO, Ramiro (Org.). Bíblia: ciência, fundamentalismo e exorcismo. Porto Alegre: Edições Est, 2007.

TEIXEIRA, Faustino. A teologia do pluralismo religioso em Claude Geffré. Numen, Juiz de Fora, v. 1, n. 1, p. 45-83, jan./jul. 1998.

______. Teologia das religiões: uma visão panorâmica. São Paulo: Paulinas, 1995.

TRACY, David. The analogical imagination. New York: Crossroad, 1981.

Publicado
2018-03-21