A Igreja como comunidade evangelizadora em busca da unidade

  • Geraldo Luiz Borges Hackmann Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
  • Tiago de Fraga Gomes Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Igreja. Comunidade. Evangelização. Missão. Ecumenismo.

Resumo

A idealização da comunidade cristã em Atos dos Apóstolos enfatiza alguns elementos fundamentais da Igreja primitiva: a perseverança no ensinamento dos apóstolos, a comunhão fraterna, a partilha e a vida espiritual. O Concílio Vaticano II objetivou um aggiornamento da Igreja em vista das novas necessidades pastorais. Levou a termo a tarefa de definir a natureza da Igreja na nova situação histórica emergente. A Lumen Gentium e a Gaudium et Spes são constituições conciliares de fundamental importância na renovação da autoconsciência da Igreja. A Igreja enquanto comunidade que escuta e anuncia a Palavra de Deus, tem a grande missão de evangelizar. É fundamental evangelizar com inteligência, levando a mensagem de Cristo a todos os povos. A missão é ecumênica, pois se destina a toda a humanidade. A diversidade e a variedade enriquecem a humanidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALBERIGO, Giuseppe. Transizione epocale: studi sul Concilio Vaticano II. Bologna: Società editrice il Molino, 2009.

BENTO XVI. Exortação Apostólica Pós-Sinodal Verbum Domini: sobre a Palavra de Deus na vida e na missão da Igreja. São Paulo: Paulinas, 2010 (A Voz do Papa, 194).

BEOZZO, José Oscar. Presença e atuação dos bispos brasileiros no Vaticano II. In: GONÇALVES, Paulo Sérgio Lopes; BOMBONATTO, Vera Ivanise (Orgs.). Concílio Vaticano II: análise e prospectivas. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 2005. (Alternativas).

BERGOGLIO, Jorge Mario. Anunciar o Evangelho: mensagens aos catequistas. Trad. R. Gurgel. Campinas: Ecclesiae, 2013.

BÍBLIA. Português. A Bíblia de Jerusalém. Nova edição rev. e ampl. São Paulo: Paulus, 2002.

BRIGHENTI, Agenor. A missão evangelizadora no contexto atual: realidade e desafios a partir da América Latina. São Paulo: Paulinas, 2006. (Sinais dos Tempos).

BROWN, Raymond. E.; FITZMYER, Joseph. A.; MURPHY, Roland. E. (Eds.). Novo comentário bíblico São Jerônimo: Novo Testamento e artigos sistemáticos. Trad. Celso Eronides Fernandes. Santo André: Academia Cristã; São Paulo: Paulus, 2011.

COMBLIN, José. Atos dos Apóstolos. Vol. 1. Petrópolis: Vozes, 1988. (Comentário Bíblico).

CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II. Constituição Dogmática Dei Verbum: sobre a Revelação Divina. In: DOCUMENTOS DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II (1962-1965). 4. ed. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 2007. (Documentos da Igreja).

CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II. Constituição Dogmática Lumen Gentium: sobre a Igreja. In: DOCUMENTOS DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II (1962-1965). 4. ed. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 2007. (Documentos da Igreja).

______. Constituição Pastoral Gaudium et Spes: sobre a Igreja no mundo de hoje. In: DOCUMENTOS DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II (1962-1965). 4. ed. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 2007. (Documentos da Igreja).

______. Decreto Unitatis Redintegratio: sobre o ecumenismo. In: DOCUMENTOS DO CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II (1962-1965). 4. ed. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 2007. (Documentos da Igreja).

EVANGELHOS E ATOS DOS APÓSTOLOS: Novíssima tradução dos originais. Trad. Cássio Murilo Dias da Silva; Irineu J. Rabuske. São Paulo: Loyola, 2011.

FRANCISCO. Exortação Apostólica Evangelii Gaudium: sobre o anúncio do Evangelho no mundo atual. São Paulo: Paulinas, 2013. (A Voz do Papa, 198).

GEFFRÉ, Claude. Crer e interpretar: a virada hermenêutica da teologia. Trad. L. M. E. Orth. Petrópolis: Vozes, 2004.

GOMES, Tiago de Fraga. A eclesiologia conciliar na América Latina: a comunhão gera a missão. Porto Alegre: Editora Fi, 2015. (Teologia em Diálogo, 1).

______. Hermenêutica teológica e teologia da revelação em Claude Geffré. In: SUSIN, Luiz Carlos; RODRIGUES, Jéferson Ferreira (Orgs.). Fazer teológico. Porto Alegre: Editora Fi, 2015. (Teologia em Diálogo, 2).

GRINGS, Dadeus. A evangelização da cidade: o apostolado urbano. Porto Alegre: Edipucrs, 2004.

______. A Igreja de Cristo para o terceiro milênio. Porto Alegre: Edipucrs, 1997. (Teologia, 10).

HACKMANN, Geraldo Luis Borges. A Igreja da Lumen Gentium e a Igreja da Gaudium et Spes. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 35, n. 150, p. 657-676, dez. 2005.

______. A Igreja nos Atos dos Apóstolos. Teocomunicação, Porto Alegre, v. 31, n. 133, p. 427-459, set. 2001.

HAMMAN, Adalbert-Gautier. A vida cotidiana dos primeiros cristãos (95-197). Trad. B. Lemos. São Paulo: Paulus, 1997. (Patrologia).

INICIAÇÃO À BÍBLIA. Para você estudar o Novo Testamento. Vol. 2. Trad. A. Cunha. São Paulo: Paulinas, 1981.

JOÃO PAULO II. Carta Encíclica Ut Unum Sint: sobre o empenho ecumênico. In: ENCÍCLICAS DE JOÃO PAULO II (1978-1995). Org. L. Costa. Trad. Tipografia Poliglota Vaticana. São Paulo: Paulus, 1997. (Documentos da Igreja).

KASPER, Walter. A Igreja católica: essência, realidade e missão. Trad. N. Schneider. São Leopoldo: Unisinos, 2012. (Theologia Publica).

KASPER, Walter. Renovación a partir del origen: para la interpretación y recepción del Concilio Vaticano II. In: VIDE, V.; VILLAR, J. R. El Concilio Vaticano II: una perspectiva teológica. Madrid: San Pablo, 2013.

KLOPPENBURG, Boaventura. A Eclesiologia do Vaticano II. Petrópolis: Vozes, 1971.

LIBANIO, João Batista.Concílio Vaticano II: em busca de uma primeira compreensão. São Paulo: Loyola, 2005. (Theologica, 14).

MADRIGAL, Santiago. Vaticano II: remembranza y actualización, esquemas para una eclesiología. Santander: Sal Terrae, 2002.

MARGUERAT, Daniel. Os Atos dos Apóstolos. In: MARGUERAT, Daniel (Org.). Novo Testamento: história, escritura e teologia. Trad. M. Oliva. São Paulo: Loyola, 2009.

MOESCH, Olavo. A Palavra de Deus: teologia e práxis da evangelização. Colaboração de de Ceverino. Craco e Marcos André. Balbinot. Petrópolis: Vozes, 1995.

MOSCONI, Luis. Atos dos Apóstolos: como ser Igreja no início do terceiro milênio? 4. ed. São Paulo: Paulinas, 2005.

PAULO VI. Exortação Apostólica Evangelii Nuntiandi: sobre a evangelização no mundo contemporâneo. 20. ed. São Paulo: Paulinas, 2008. (A Voz do Papa, 85).

PIEPKE, Joaquim G. A Igreja voltada para o homem: Eclesiologia do Povo de Deus no Brasil. Trad. F. Dattler. São Paulo: Ed. Paulinas, 1989. (Fermento na Massa).

RATZINGER, Joseph. Os apóstolos e os primeiros discípulos de Cristo. Trad. G. B. Grosso. São Paulo: Planeta, 2010.

SANTOS, Manoel Augusto. Quarenta anos depois do Concílio Vaticano II. In:

SANTOS, Manoel Augusto (Org.). Concílio Vaticano II: quarenta anos da Lumen Gentium. Porto Alegre: Edipucrs, 2005 (Teologia, 27).

SOUZA, Luiz Alberto Goméz. Do Vaticano II a um novo Concílio? O olhar de um cristão leigo sobre a Igreja. São Paulo: Loyola; Goiás: Rede Paz, 2004 (Ceris).

SOUZA, N. Contexto e desenvolvimento histórico do Concílio Vaticano II. In: GONÇALVES, Paulo Sérgio Lopes; BOMBONATTO, Vera Ivanise (Orgs.). Concílio Vaticano II: análise e prospectivas. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 2005 (Alternativas).

STOTT, John Robert Walmsley. A mensagem de Atos: até os confins da terra. Trad. M. A. Hediger; L. Yamakami. Leicester: Abu, 1994 (A Bíblia fala hoje).

V CONFERÊNCIA GERAL DO EPISCOPADO LATINO-AMERICANO E DO CARIBE. Documento de Aparecida. 3. ed. Trad. L. A. S. Rossi. Brasília: Ed. CNBB; São Paulo: Paulus, Paulinas, 2007.

WEGNER, Uwe. Exegese do Novo Testamento: manual de metodologia. São Leopoldo: Sinodal; São Paulo: Paulus, 1998.

ZILLES, Urbano. Teologia da pregação. Porto Alegre: Letra e Vida, 2013.

Publicado
2016-06-22
Seção
A Inteligência da Fé