O documento da Comissão Teológica Internacional sobre o sensus fidei

  • Geraldo Luiz Borges Hackmann PUCRS
Palavras-chave: Sensus fidei. Sensus fidelium. Igreja. Comissão Teológica Internacional.

Resumo

O artigo faz uma resenha do documento O sensus fidei na vida da Igreja, publicado pela Comissão Teológica Internacional, em 2014. Por fim, analisa sua novidade e apresenta alguns aspectos a serem aprofundados na sua recepção pela vida eclesial e, particularmente, pela Teologia.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BOAVENTURA. Opera omnia. Quaracchi, 1889. v. 4.

COMISSÃO TEOLÓGICA INTERNACIONAL. O sensus fidei na vida da Igreja. Brasília: Edições CNBB, 2015.

CONGAR, Y. Jalons pour une Théologie du Laïcat.

CONSELHO EPICOPAL LATINO-AMERICANO, Documento de Aparecida. Texto conclusivo da V Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano e do Caribe. Brasília e São Paulo: Edições CNBB, Paulus e Paulinas, 2007.

EPIFANEO DE SALAMINA. Panarion hæreticorum, 78, 6.

______. Die griechischen christlichen Schriftsteller der ersten Jahrhunderte, Epiphanius, Bd 3.

JERÔNIMO. Adversus Vigilantium 5 (CCSL 79C).

KASPER, W. Chiesa Cattolica. Essenza – Realtà – Missione. Brescia: Queriniana, 2012.

NARO, M. Trinità e Chiesa. In: CALABRESE, G.; GOYRET, P.; PIAZZA, O. F. (ed.). Dizionario di Ecclesiologia. Roma: Città Nuova, 2010. p. 1465 1469.

PAPA JOÃO PAULO II. Exortação apostólica Familiaris consortio (1981).

______. Instrução sobre a Vocação eclesial do teólogo, Donum veritatis (1990).

ROBERTO BELARMINO. De controversiis christianæ fidei (Venise, 1721), II, I.

TOMÁS DE AQUINO. Summa theologiae.

Publicado
2015-11-06
Seção
O sensus fidei e a Igreja