Justiça Restaurativa na Escola - Estado do Conhecimento

  • Ana Paula Araújo

Resumo

Este artigo é um estudo do Estado do Conhecimento sobre a implementação de práticas restaurativas na resolução de conflitos e prevenção à violência nas escolas brasileiras. Ele foi feito a partir de uma análise de conteúdo das teses e dissertações defendidas entre 2009 e 2011 nos Programas de Pós- Graduação e visa esclarecer as perspectivas sob as quais o assunto vem sendo estudado, comunicar os principais resultados dessas pesquisas e analisá-las com o intuito de delinear lacunas existentes na produção científica que poderão nortear futuros estudos. Através desse artigo percebeu-se que a aproximação da Justiça Restaurativa com a Escola fez com que alguns professores transformassem suas posturas e opiniões frente à gestão de conflitos. Mas apontou também que ainda existem muitos desafios a serem superados na formação de professores e no processo de implementação das práticas restaurativas nas escolas para que uma contribuição mais significativa na pacificação de conflitos seja alcançada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Araújo
Professora da Rede Municipal de Ensino de Porto Alegre. Doutoranda da Faculdade de Educação da PUCRS
Publicado
2013-07-30
Como Citar
Araújo, A. P. (2013). Justiça Restaurativa na Escola - Estado do Conhecimento. Educação Por Escrito, 4(1), 76-90. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/porescrito/article/view/12877
Seção
Artigos