Apresentação

  • Carine Bueira Loureiro IFRS
  • Maura Corcini Lopes UNISINOS

Resumo

No século XXI estar incluído digitalmente é uma forma de ampliação das possibilidades de participação. Estar incluído digitalmente parece ser condição mínima para viver em uma sociedade que interage em forma de rede, em que as possibilidades de empregabilidade, de participação política estão cada vez mais imbricadas com a disponibilidade para acessar e para ser acessado. As políticas de inclusão, de um modo geral, têm o objetivo de criar as condições de participação social, política e econômica daquelas pessoas que, por diferentes motivos estão à margem. As políticas de inclusão digital, por sua vez, além ampliarem tais condições, ocupam na atualidade o centro dos debates sobre os níveis de desenvolvimento das nações; o potencial das pessoas e dos países em estabelecer relações financeiras, de mercado, de trabalho, sociais e etc; a capacidade de investimentos em políticas educacionais voltadas para a formação do cidadão deste século. Neste contexto, não só a educação institucionalizada se torna um espaço profícuo para a propagação de ações que visam promover a inclusão digital tanto de alunos e professores quanto da comunidade escolar, como também a relação entre inclusão digital e educação se constitui em uma temática potente de ser pensada e problematizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-02-25
Como Citar
Loureiro, C. B., & Lopes, M. C. (2016). Apresentação. Educação, 38(3), 315-318. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2015.3.22578
Seção
Dossiê - In/exclusão Digital e Educação