Alcoolismo e Avaliação de Funções Executivas: Uma Revisão Sistemática

  • Maisa dos Santos Rigoni PUCRS
  • Nathália Susin PUCRS
  • Clarissa Marceli Trentini UFRGS
  • Margareth da Silva Oliveira PUCRS
Palavras-chave: Alcoolismo, avaliação neuropsicológica, função executiva, teste wisconsin de classificação de cartas.

Resumo

O alcoolismo pode acarretar uma série de prejuízos cognitivos, principalmente déficits de aprendizagem e memória, capacidade visuo-espacial, habilidades percepto-motoras, abstração e resolução de problemas. Este estudo buscou realizar uma revisão sistemática de artigos publicados em revistas científicas indexadas, entre os anos de 2003 e 2008, sobre as consequências neuropsicológicas associadas ao alcoolismo em adultos, principalmente as funções executivas, avaliadas com o Teste Wisconsin de Classificação de Cartas (WCST). Os resultados apontam que os alcoolistas apresentam desempenho inferior quando comparados aos indivíduos controles não dependentes em funções cognitivas como raciocínio, capacidade de percepção visual, aprendizagem inicial, atenção, concentração e memória. Além disso, o WCST mostrou-se sensível, confirmando os achados em exames de neuroimagem, que detectaram alterações no lobo frontal de alcoolistas. Salienta-se a importância da avaliação neuropsicológica de alcoolistas, visto os diversos prejuízos causados pelo uso do álcool, principalmente em funções executivas, o que implica na capacidade de resolver problemas e tomar decisões.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maisa dos Santos Rigoni, PUCRS
Psicóloga Clínica, Psicanalista pelo NESF, Mestre em Psicologia Clínica (PUCRS) e Doutora em Psicologia (PUCRS). Professora assistente da Faculdade de Psicologia (PUCRS).
Nathália Susin, PUCRS
Psicóloga, Mestranda CNPq do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PUCRS).
Clarissa Marceli Trentini, UFRGS
Psicóloga, Especialista em Psicologia Clínica com ênfase em Avaliação Psicológica (UFRGS), Mestre em Psicologia Clínica (PUCRS) e Doutora em Ciências Médicas: Psiquiatria (UFRGS). Professora Adjunta do Instituto de Psicologia (UFRGS).
Margareth da Silva Oliveira, PUCRS
Psicóloga, Doutora em Psiquiatria e Psicologia Médica (UNIFESP), Pós -Doutorado na University of Maryland Baltimore County (UMBC-US). Professora adjunta da Faculdade de Psicologia (PUCRS) e Coordenadora do Grupo de Pesquisa Avaliação e Atendimento em Psicoterapia Cognitiva do Programa de Pós-Graduação em Psicologia (PUCRS).
Publicado
2012-12-19
Como Citar
Rigoni, M. dos S., Susin, N., Trentini, C. M., & Oliveira, M. da S. (2012). Alcoolismo e Avaliação de Funções Executivas: Uma Revisão Sistemática. Psico, 44(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/10825
Seção
Artigos