Estilo pessoal do terapeuta: Dados preliminares da versão Brasileira do EPT-Q

  • Margareth da Silva Oliveira
  • Maria Lucia Tiellet Nunes
  • Héctor Fernández-Álvarez
  • Fernando Garcia

Resumo


O Estilo Pessoal do Terapeuta pode ser entendido como um dos componentes do processo terapêutico, referindo-se a um conjunto de funções que se mostram de maneira integrada e expressam disposições, riscos e atitudes que todo terapeuta evidencia em seu exercício profissional. Este estudo apresenta dados da versão brasileira da Escala do Estilo Pessoal do Terapeuta (EPT-C) de Fernández-Alvarez e Garcia. Os procedimentos de adaptação seguiram os passos de tradução do instrumento do espanhol para o português, versão avaliada por juízes, estudo piloto e versão final. A fidedignidade obtida nas classes Atenção, Comprometimento e Operativa foram 0, 70, 0,71 e 0, 79, respectivamente. São apresentados dados descritivos referentes a 225 terapeutas brasileiros, comparando-se terapeutas menos e mais experientes, assim como desempenhos nas funções entre terapeutas cognitivos, psicanalíticos e integrativos. Conclui-se que a Escala pode ser um elemento importante no treinamento de terapeutas e apresenta características psicométricas satisfatórias na versão brasileira.
Palavras-chave: Estilo pessoal do terapeuta; questionário, versão brasileira; fidedignidade.
ABSTRACT
Personal style of therapist: Preliminary data from brazilian version of PST-Q
Therapist personal style might be understood as one of the components of the therapeutic process, referring to a group of functions which present themselves in an integrated way and express the dispositions, risks and attitudes that all therapists evidence at their practice. This study presents preliminary data from Brazilian version of Fernández-Álvarez and Garcia’s Therapist’s Personal Style Questionnaire (PST-Q), designed to understand each therapist’s own style. The adaptation procedures followed translation steps: the version from Spanish to Portuguese was evaluated by judges, there was a pilot study and finally the final version was writen. The reliability obtained in the categories Attention, Involvement and Operative were 0.70, 0.71 e 0.79, respectively. Descriptive data are presented, regarding 225 Brazilian therapists, comparing the most and the least experienced, and differences between cognitive, psychoanalytical and integrative therapists when performing their functions. The conclusion is that the Scale may be an important element in therapist training and presents satisfactory psychometric characteristics in the Brazilian version.
Key words: Personal style of the therapist; questionnaire, brazilian version; confiability.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-03-19
Como Citar
Oliveira, M. da S., Nunes, M. L. T., Fernández-Álvarez, H., & Garcia, F. (2007). Estilo pessoal do terapeuta: Dados preliminares da versão Brasileira do EPT-Q. Psico, 37(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/1445
Seção
Artigos