Saberes matemáticos nas escolas normais: Brasil, França e Portugal (séculos XIX e XX)

Palavras-chave: saberes matemáticos, escolas normais.

Resumo

---

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

DAROS, M. D.; DANIEL, L. S. O Curso Normal em Santa Catarina: o processo de construção de um projeto de formação de professores coadunado os ideais de nacionalização e “cientifização” do ensino. In: FREITAS, A. G. B.; LOPES, A.P.C.; ARAÚJO, J. C. S. (org.). As Escolas Normais no Brasil: do império à república. Campinas: Alínea, 2008. p. 249-262.

https://doi.org/10.11606/t.7.2008.tde-16042008- 143619

MARTINS, A. M. S. Breves reflexões sobre as primeiras Escolas Normais no contexto educacional brasileiro, no século XIX. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, n. 35, p. 173-182, set. 2009.

https://doi.org/10.20396/rho.v9i35. 8639621

SAVIANI, D. Prefácio. In: FREITAS, A. G. B.; LOPES, A. P. C.; ARAÚJO, J. C. S. (org.). As Escolas Normais no Brasil: do império a república. Campinas: Alínea, 2008.

TANURY, L. M. História da formação de professores. Revista Brasileira de Educação, Rio de Janeiro, n. 1, p. 61-89, maio/ago. 2000.

VALENTE, W. R. A matemática a ensinar e a matemática para ensinar: os saberes para a formação do educador matemático. In: HOFSTETTER, R.; VALENTE, W. R. (org.). Saberes em (trans)formação: tema central da formação de professores. São Paulo: Livraria da Física, 2017. p. 201-228.

https://doi. org/10.14393/che-v17n1-2018-17

Publicado
2019-11-06
Como Citar
Dalcin, A., & Zardo Búrigo, E. (2019). Saberes matemáticos nas escolas normais: Brasil, França e Portugal (séculos XIX e XX). Educação, 42(2), 162-164. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2019.2.34456
Seção
Apresentação