O disciplinamento do espírito: uma análise dos ritos de instituição no romance O Ateneu

  • Tiago Ribeiro Santos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Rita de Cássia Marchi Universidade Regional de Blumenau (FURB)
Palavras-chave: ritos de instituição, disciplina, romance

Resumo

Este trabalho analisa os ritos de instituição como mecanismos disciplinares presentes em O Ateneu, romance do escritor brasileiro Raul Pompeia publicado em 1888, que retrata um colégio interno da época. Compreende-se que a produção e a reprodução do ideal disciplinar no colégio se apoiam em cerimônias, ritos e solenidades inerentes a interesses educacionais e políticos amplamente compartilhados. Os ritos analisados são relativos aos exames aos quais são submetidos os internos, à divulgação das notas dos exames e do comportamento dos internos por meio do “livro das notas” e as cerimônias do “Grêmio Literário Amor ao Saber”. Conclui-se que os ritos de instituição no colégio acionam ideais disciplinares tão mais implícitos à medida que contam com o sentido solene que a magia dos ritos produz.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Ribeiro Santos, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutorando em Educação pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Mestrado em Educação pela Universidade Regional de Blumenau (FURB). E-mail: [email protected]
Rita de Cássia Marchi, Universidade Regional de Blumenau (FURB)
Doutora em Sociologia Política (UFSC/PARIS V). Mestre em Antropologia Social (UFSC). Professora pesquisadora do Mestrado em Educação e do Curso de Ciências Sociais da Universidade Regional de Blumenau (FURB). E-mail: [email protected]
Publicado
2013-02-15
Como Citar
Ribeiro Santos, T., & Marchi, R. de C. (2013). O disciplinamento do espírito: uma análise dos ritos de instituição no romance O Ateneu. Educação, 36(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/12015