Trabalho docente, carreira doente: a privatização, a lógica produtivista e a mercantilização na e da educação e seus efeitos sobre os docentes

Alzira Mitz Bernardes Guarany

Resumo


O PRESENTE ARTIGO TEM COMO OBJETIVO DISCUTIR A QUESTÃO DO TRABALHO E DO SOFRIMENTO NO ÂMBITO DO TRABALHADOR DA EDUCAÇÃO, MAIS ESPECIFICAMENTE DO DOCENTE DA EDUCAÇÃO SUPERIOR PÚBLICA. (RE)PENSAR O TRABALHO E O PROCESSO DE TRABALHO DOCENTE NO ATUAL CENÁRIO: SOB A MUNDIALIZAÇÃO DO CAPITAL, A OFENSIVA NEOLIBERAL, E A REESTRUTURAÇÃO PRODUTIVA LEVANDO A DERRUIÇÃO DE DIREITOS SOCIAIS CONQUISTADOS, ALÉM DO PROCESSO DE MERCANTILIZAÇÃO E PRODUTIVISMO NESTE ESPAÇO QUE TEM LEVADO AO TRABALHO DOCENTE ELEMENTOS ESTRANHOS À EDUCAÇÃO, COMO MERITOCRACIA, CUMPRIMENTO DE METAS, AVALIAÇÃO QUANTITATIVA DA CIÊNCIA, ENTRE OUTROS. ESPERAMOS QUE ESTE MATERIAL CONTRIBUA PARA O DEBATE SOBRE AS ESTRATÉGIAS DE ENFRENTAMENTO DESTE CENÁRIO. O PRODUTIVISMO E A MERCANTILIZAÇÃO NO E DO ENSINO SUPERIOR PÚBLICO, TEM ALTERADO INCLUSIVE AS RELAÇÕES ENTRE OS PARES, NA MEDIDA EM QUE PARECE TER ESTIMULADO A CONCORRÊNCIA INTRA E EXTRA-INSTITUCIONAL, AUMENTANDO AINDA MAIS O SOFRIMENTO, OS AFASTAMENTOS, O ADOECIMENTO E ATÉ A MORTE.

Texto completo:

PDF


>

e-ISSN: 2179-8435

*********************************

Avaliação do Qualis CAPES - 2016

ÁREA CAPES - Educação

CLASSIFICAÇÃO - B2

ÁREA CAPES – Ensino

CLASSIFICAÇÃO – B1


Indexado em:
 

REDIB 

 *********************************

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons

Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS