A "geração podcasting" e os novos usos do rádio na sociedade do espetáculo e do entretenimento

  • Micael Herschmann Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Marcelo Kischinhevsky Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Espetáculo, rádio, podcasting

Resumo

Buscou-se repensar a importância da espetacularização e da alta visibilidade como fatores que permitiriam aos atores sociais “negociar” sentidos e significados na sociedade contemporânea. Considera-se as apropriações das novas tecnologias um estudo de caso que permite avaliar as possibilidades de construção de linhas de fuga na sociedade atual, marcada por uma forte presença dos media e do entretenimento. Analisou-se o novo nicho de produção e consumo midiático viabilizado pela convergência tecnológica – especificamente o podcasting, modalidade de rádio sob demanda –, repensando a atuação dos usuários no estabelecimento de formas inovadoras de sociabilidade e mediação socioculturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Micael Herschmann, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Professor e coordenador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Escola de Comunicação Social da Universidade Federal do Rio de Janeiro
Marcelo Kischinhevsky, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Professor do Departamento de Comunicação da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro

Referências

ANTOUN, Henrique, PECINI, André Custódio (2007). A web e a parceria: Projetos colaborativos e o problema da mediação na Internet. In: XVI Compós, 2007, Curitiba. Anais do XVI Encontro da Compós, Curitiba: UTP, 2007.

ANTOUN, Henrique (2002). Comunidades virtuais, ativismo e combate pela informação In: Lugar Comum. Rio: CNPq/NEPCOM-ECO-UFRJ, n. 15-16.

BAUDRILLARD, Jean. Simulacro e simulações. Lisboa: Relógio D'Água, 1991.

CALLEJA, Aleida e SOLÍS, Beatriz. Con permiso. La radio comunitaria en México. Cidade do México: Fundación Friedrich Ebert, 2005.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. Rio: Paz e Terra, 1999.

CASTRO, Gisela G. S. Podcasting e consumo cultural. In: XIV Compós, 2005, Brasília. Anais do XIV Encontro Anual da Compós. Brasília: Associação Nacional dos Programas de Pós-Graduação em Comunicação, 2005.

CEBRIÁN HERREROS, Mariano. La radio en la convergencia multimedia. Barcelona: Gedisa, 2001.

DEBORD, Guy. A sociedade do espetáculo. Rio de Janeiro:Contraponto, 1997.

DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Felix. Mil platôs. São Paulo: 1998.

DYER, Richard. Only Entertainment. Nova York: Routledge, 2002.

FOUCAULT, Michel. Microfísica do poder. Rio de Janeiro: Graal, 2004.

FREIRE FILHO, João. Usos (e abusos) do conceito de espetáculo na teoria social e na crítica cultural. In: FREIRE FILHO, João e HERSCHMANN, Micael (orgs). Comunicação, cultura & consumo. A (des)construção do espetáculo. Rio de Janeiro: E-Papers, 2005, p. 13-44.

GABLER, Neal. Vida, o filme. Como o entretenimento conquistou a realidade. São Paulo: Cia. das Letras, 1999.

GUATTARI, Felix. Revolução molecular: pulsações políticas do desejo. São Paulo: Brasiliense, 1981.

GUATTARI, Felix e ROLNIK, Suely. Micro-política: cartografias do desejo. Petrópolis: Vozes, 2005.

HARDT, Michael e NEGRI, Antonio. Império. Rio de Janeiro: Record, 2001.

HERSCHMANN, Micael. Alguns apontamentos sobre a reestruturação da indústria da música in: FREIRE FILHO, João e HERSCHMANN, Micael (orgs). Novos Rumos da Cultura da Mídia. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007, p. 161-188.

HERSCHMANN, Micael. Espetacularização e alta visibilidade: a politização do hip-hop no Brasil Contemporâneo. In: FREIRE FILHO, João e HERSCHMANN, Micael (orgs). Comunicação, cultura & consumo. A (des)construção do espetáculo. Rio de Janeiro: E-Papers, 2005, p. 153-168.

HERSCHMANN, Micael e PEREIRA, Carlos Alberto M. (orgs.). Mídia, memória & celebridades. Rio de Janeiro: EPapers, 2005.

KISCHINHEVSKY, Marcelo e HERSCHMANN, Micael. A indústria da música brasileira hoje – Riscos e oportunidades. In: FREIRE FILHO, João e JANOTTI JUNIOR, Jeder (orgs.). Comunicação & música popular massiva. Salvador: EDUFBA, 2005, p. 87-110.

KISCHINHEVSKY, Marcelo. O rádio sem onda – Convergência digital e novos desafios na radiodifusão. Rio de Janeiro: E-Papers, 2007.

______. Os portais e a segmentação no rádio via Internet. In: FREIRE FILHO, João e HERSCHMANN, Micael (orgs.). Novos rumos da cultura da mídia: indústrias, produtos, audiências. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007, p. 189-211.

KISCHINHEVSKY, Marcelo. Manguebit e novas estratégias de difusão diante da reestruturação da indústria fonográfica. Ciberlegenda. Niterói: PPGCOM/ UFF, 2006.

LEMOS, André. Podcast: emissão sonora, futuro do rádio e cibercultura, Salvador, v. 1, n. 46, 2005.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. São Paulo: Ed. 34, 1999.

MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos meios às mediações. Rio: Ed. UFRJ, 1997.

NOVAES, Adauto. Muito além do espetáculo. São Paulo: Ed. SENAC, 2005.

PEREIRA, Carlos Alberto M.; HERSCHMANN, Micael. Comunicação e novas estratégias organizacionais na Era da Informação e do Conhecimento. In: Comunicação & Sociedade. São Bernardo: Umesp, n. 32, p. 27-42, 2002.

PINE, B. Joseph e GILMORE, James. O espetáculo dos negócios. Rio de Janeiro: Campus, 2001.

PRIMO, Alex Fernando Teixeira. Para além da emissão sonora: As interações no podcasting. Intexto, n. 13, Porto Alegre, 2005.

REIN, Irving; KOTLER, Philip. Marketing de alta visibilidade. São Paulo: Makron Books, 1999.

SANTINI, Rose Marie. Admirável chip novo: A música na era da internet. RJ: E-Papers, 2006.

SUBIRATIS, Eduardo. A cultura do espetáculo. São Paulo: Nobel, 1989.

TRIGO, Luiz Gonzaga. Entretenimento. São Paulo: Ed. SENAC, 2003.

TURKLE, Sherry. A vida no ecrã. A identidade na era da Internet. Lisboa: Relógio D'Água, 1997.

Publicado
2009-01-27
Como Citar
Herschmann, M., & Kischinhevsky, M. (2009). A "geração podcasting" e os novos usos do rádio na sociedade do espetáculo e do entretenimento. Revista FAMECOS, 15(37), 101-106. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2008.37.4806
Seção
Espetacularização contemporânea