A Formação de gestores escolares: a dimensão ética em questão

Palavras-chave: Formação Continuada, Gestores, Competência, Ética.

Resumo

A pesquisa apresenta estudo em duas escolas de Educação Básica do Distrito Federal (DF). O tema tratado é a formação de gestores escolares por competências perpassando resultados de um estudo realizado no curso de mestrado acadêmico em educação. O objetivo foi investigar a relevância da formação continuada oferecida aos gestores escolares e a efetividade dessas formações. Trata-se de uma abordagem qualitativa, instrumentalizada por entrevistas semiestruturadas, observação e pesquisa documental. Participaram da pesquisa seis servidores da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal que atuam em equipes de gestão escolar em suas respectivas instituições de trabalho. Adverte-se a respeito de uma desvinculação entre a formação ofertada e o contexto de trabalho dos gestores, a necessidade de mais estudos e inserção da formação por competências nos programas de formação continuada ofertados pelas redes de ensino. Sugere-se que se configurem novas abordagens ao processo formativo aprofundando as dimensões pedagógicas e administrativas, porém, fortalecendo a dimensão ética da formação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ALMEIDA, M. I. de. Professores e competência: revelando a qualidade do trabalho docente. In: RUÉ, J.; ALMEIDA, M. I. de; ARANTES, V. A. (org.). Educação e competências: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2009, p. 123-144.

ARAUJO. R. M. de L. As referências da pedagogia das competências. Perspectiva, Florianópolis. V.22 n. 2, julhodez. 2004. Disponível em www.ced.ufsc/nucleo/nup/perspectiva.html. Acesso: 09 maio 2017.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70,1997.

BAUMAN, Ética pós-moderna. São Paulo: Paulus, 1997.

BAUMAN, Z. Los retos de la educación en la modernidad líquida. Barcelona: Gedisa, 2007.

BRASIL. MEC. Secretaria de Educação básica. Escola de gestores da educação básica. Apresentação. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/escola-de-gestores-da-educacao-basica. Acesso em: 20 fev. 2017.

BRASIL, Leis de Diretrizes. Bases da Educação Nacional-LDB. Brasília, 1996.

BRASIL. Programa Nacional Escola de Gestores. Brasília: MEC/SEB/DPR, 2007. Disponível em:.http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=879-diretrizes-n-pdf&Itemid=30192. Acesso em: 22 fev. 2017.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo, quantitativo e misto; 3 eds. Porto Alegre: Artmed, 2010.

DELORS, J. et al. Educação um tesouro a descobrir. Relatório para a UNESCO da Comissão Internacional sobre Educação para o século XXI. Cortez-Unesco-MEC, janeiro de 1998. Disponível em: http://dhnet.org.br/dados/relatorios/a_pdf/r_unesco_educ_tesouro_descobrir.pdf. Acesso em: 18 set. 2016.

DISTRITO FEDERAL. Lei nº 4.751/2012. Dispõe sobre o sistema de ensino e a gestão democrática do sistema de ensino público do Distrito Federal. Diário Oficial do Distrito Federal, ano XLIII, nº 29, Brasília, 8 de fevereiro de 2012. Disponível em: <http://www.sinprodf.org.br/wp-content/uploads/2014/06/lei-n%C2%BA-4.751-de-07-de-fevereiro-de-2012.pdf> Acesso em 11 de set. 2016.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996.

FREIRE, P. Pedagogia da Esperança. São Paulo: Paz e Terra, 1997.

GATTI, B. A. et al. Formação de professores para o ensino fundamental: instituições formadoras e seus currículos. Relatório de pesquisa. São Paulo: Fundação Carlos Chagas; Fundação Vitor Civita, 2008. 2 v.

IMBERNÓN, F. Formação permanente do professorado: novas tendências. São Paulo: Cortez: 2009.

LE BOTERF, G. Desenvolvendo a competência dos profissionais. Porto Alegre: Artmed, 2003.

LINS, M. J. S. da C. Questões Conceituais de ética na educação. Conjectura: filosofia da educação. Caxias do Sul, v. 18, n. 2, maio/ago. 2013.

LÜCK, H. Dimensões de gestão escolar e suas competências. Curitiba: Positivo, 2009.

LÜCK, H. et al. Liderança e gestão escolar. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2010.

LÜCK, H. et al. A escola participativa: o trabalho do gestor escolar. Rio de Janeiro: DP & A, 2002.

MOURA, G. A. de. A hominização da linguagem do professor de LE: da prática funcional a práxis comunicacional. Dissertação de mestrado. Universidade de Brasília. Departamento de línguas estrangeiras e tradução, 2005.

PARO, V. H. Formação de gestores escolares: a atualidade de José Quirino Ribeiro. Educação e Sociedade. Campinas, SP, v. 30, n. 107, p. 453-467, maio/ago. 2009.

PARO, V. H. Administração escolar: introdução crítica. São Paulo: Cortez, 2010.

PERRENOUD, Phelippe. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artmed, 1999.

PERRENOUD, Phelippe. Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed, 2000.

PERRENOUD, Phelippe. Porquê construir competências a partir da escola? Desenvolvimento da autonomia e luta contra as desigualdades. Porto: ASA, 2001.

PERRENOUD, Ph.; THURLER, M. G.; MACEDO, L.; MACHADO, N. J.; ALESSANDRINI, C. D. As competências para ensinar no Século XXI: a formação dos professores e o desafio da avaliação. Trad. C. Schilling e F. Murad. Porto Alegre: Artmed, 2002.

PERRENOUD, Ph. As competências a serviço da solidariedade. Pátio. Revista pedagógica, n° 25, p. 19-24. 2003. Disponível em: https://www.unige.ch/fapse/SSE/teachers/perrenoud/php_main/php_2003/2003_07.html. Acesso em: 10 maio 2017.

RAMOS, M. N. A Pedagogia das competências e a psicologização das questões sociais. Boletim Técnico do Senac. v. 27, nº 3, set. - dez. 2001.

RIBEIRO, M. D.; ROSÁRIO, R. M. Formação continuada de diretores escolares: dicotomia entre teoria e prática. CONGRESSO INTERNACIONAL DE PEDAGOGIA. Havana, 2017.

RIOS, T. A. Ética e competência. 13. ed. São Paulo: Cortez Editora, 2003.

RIOS, T. A. Ética na formação e no trabalho docente: para além de disciplinas e códigos. In: DALBEN, Ângela Imaculada Loureiro de Freitas (org. et al.). Convergências e tensões no campo da formação e do trabalho docente. Belo Horizonte: Autêntica, p. 651-669, 2010.

RUÉ, J.; ALMEIDA, M. I. de; ARANTES, V. A. (org.). Educação e competências: pontos e contrapontos. São Paulo: Summus, 2009.

SANTOS, M. Natureza do espaço: técnica e tempo, razão e emoção 4. ed. São Paulo: EdUSP, 2006.

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. Campinas, SP: Autores Associados, 2007.

SAVIANI, D. et al. O legado educacional do Século XX. Campinas, SP: Autores Associados, 2004.

SÍVERES, L. Encontros e diálogos: pedagogia da presença, proximidade e partida. Brasília, Distrito Federal: Liber Livro, 2015.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

UNESCO. Declaración de Quito - Ecuador. In: Proyecto Principal de Educación. Boletim n. 24, Santiago/Chile, abril de 1991 (Promedlac IV). p. 44-45. Disponível em: http://www.unesco.org/education/pdf/11_173_s.pdf. Acesso em: 1º maio 2017.

Publicado
2020-04-22
Como Citar
Ribeiro, M. D., Síveres, L., & Brito, R. de O. (2020). A Formação de gestores escolares: a dimensão ética em questão. Educação Por Escrito, 10(2), e36685. https://doi.org/10.15448/2179-8435.2019.2.36685
Seção
Artigos