O Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE): indicadores de desempenho e aprendizagem

Palavras-chave: Avaliação Educacional. PAAE. Currículo de História. Ensino Médio.

Resumo

O presente artigo apresenta dados de uma pesquisa que investigou o Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE), identificando interfaces com o Currículo Básico Comum (CBC) de História no Ensino Médio. A partir da observação da prática docente, buscou-se analisar as concepções de avaliação e de ensino-aprendizagem que norteiam o programa e as implicações deste na organização do trabalho docente. Para tanto, elegeu-se como referencial teórico os autores do campo da avaliação educacional, currículo e trabalho docente. Constatou-se convergência entre as intenções do PAAE e o uso do programa pelo professor no que se refere à aproximação entre o currículo e às práticas de avaliação. Entretanto, observou-se que a tecnologia oferecida pelo PAAE não impediu que a avaliação assumisse na escola uma função distinta da concepção que fundamenta o programa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suzana dos Santos Gomes, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, MG

Suzana dos Santos Gomes

É Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais (FaE/UFMG), onde fez sua formação: graduação em Pedagogia, Mestrado e Doutorado. É pesquisadora do Grupo de Avaliação e Medidas Educacionais (GAME). Membro da Pesquisa em Rede “Língua e Literatura: relações raciais, diversidade sociocultural e interculturalidade em países de língua portuguesa” - eixo Literatura e Políticas Públicas de Leitura (CNPq/GPELL/Ceale-NERA/FaE/UFMG). Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação: Conhecimento e Inclusão Social na Linha de Políticas Públicas de Educação: Concepção, Implementação e Avaliação. É docente e membro do Colegiado do Mestrado Profissional em Educação e Docência (FaE/UFMG) na linha de pesquisa Educação Tecnológica e Sociedade. Assessora Pedagógica do CAED/UFMG. É Coordenadora do Curso de Pedagogia FaE/UFMG. Desenvolve pesquisas e estudos sobre políticas públicas, avaliação e gestão educacional, formação de professores, tecnologias digitais, o ensino e as práticas de leitura. 

 

E-mail: [email protected]

 

 

Alex de Oliveira Fernandes, Rede Pública Municipal de Educação de Contagem, MG

Mestre em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais. Especialista em Estudos Africanos e Cultura Afro-brasileira. Professor de História da Rede Municipal de Educação de Contagem. 

E-mail:[email protected]  

Referências

ALAVARSE, Ocimar; GABROWSKI, Gabriel. Formação de professores do ensino médio, etapa I – caderno VI: avaliação do ensino médio/Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica. Curitiba: UFPR/Setor de Educação, 2013.

AFONSO, Almerindo. Avaliação Educacional: Regulação e Emancipação para uma sociologia das políticas avaliativas contemporâneas. São Paulo: Cortez, 2009.

BALL, Stephen. Reformar escolas/reformar professores e os territórios da performatividade. Revista Portuguesa de Educação, Braga, v. 15, n. 2, 2002.

BARBOSA, Liliane. O uso dos resultados do SIMAVE e suas possíveis implicações para gestores escolares e professores: caso das escolas públicas de Formiga. 2013. 267 p. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2013.

BRAGANÇA JUNIOR, Anísio. O Estado e as Políticas Educacionais do Governo Aécio Neves (2003-2010): uma análise a partir da reforma do Ensino Médio Mineiro. 2011. 195 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2011.

BONAMINO, Alícia; SOUSA, Sandra. Três gerações de avaliação da educação básica no Brasil: interfaces com o currículo da/na escola. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 373-388, abr./jun. 2012.

https://doi.org/10.1590/S1517-97022012005000006

BROOKE, Nigel; CUNHA, Maria. Avaliação externa como instrumento da gestão educacional nos estados. In: FUNDAÇÃO VICTOR CIVITA. Estudos e Pesquisas Educacionais. São Paulo, 2011. 2 v.

Disponível em: http://www.fvc.org.br/pdf/livro2-01-avaliacao.pdf. Acesso em: 18 nov. 2015.

BROOKE, Nigel. Políticas Estaduais de Responsabilização: Buscando o diálogo. In: BAUER, Adriana; GATTI, Bernadete. (org.). Vinte e cinco anos de avaliação de sistemas educacionais no Brasil: implicações nas redes de ensino, no currículo e na formação de professores. Florianópolis: Insular, 2013. 2 v. p. 119-144.

ESTEBAN, Maria. Avaliação da aprendizagem. In: OLIVEIRA, Dalila. Dicionário: trabalho, profissão e condição docente. Belo Horizonte: UFMG/Faculdade de Educação, 2010. CD-ROM.

FREITAS, Luiz Carlos de et al. Avaliação Educacional: caminhando pela contramão. Petrópolis: Vozes, 2014.

GOMES, Suzana dos Santos. Um olhar sobre as práticas de avaliação na escola. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2014.

GOMIDE, Meire. O uso das avaliações do PAAE no primeiro ano do Ensino Médio nas escolas estaduais da Superintendência Regional De Ensino e Uberlândia – MG. 2014. 121 f. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2014.

LUCKESI, Cipriano. Avaliação da Aprendizagem Escolar: Estudos e proposições. São Paulo: Cortez, 2011.

MATTOS, Lúcia; MATTOS, Thácya; SIMÕES Maria. PAAE: Uma política que articula avaliação e currículo para a melhoria da educação básica. In: CONGRESSO LUSO BRASILEIRO DE POLÍTICAS E ADMINISTRAÇÃO DA EDUCAÇÃO, 7., 2014, Porto. Anais [...]. Porto, Portugal, 2014.

Disponível em: http://www.anpae.org.br/IBERO_AMERICANO_IV/GT1/GT1_Comunicacao/LuciaMattos_GT1_integral.pdf. Acesso em: 14 ago. 2015.

MINAS GERAIS. CBC. Conteúdo Básico Comum de História no Ensino Médio, 2007.

Disponível em: http://crv.educacao.mg.gov.br/sistema_crv/banco_objetos_crv/%7B80A9F6A7-110D-42C2-ACB1-A52372D19CB6%7D_LIVRO%20DE%20HISTORIA.pdf. Acesso em: 20 nov. 2015.

MINAS GERAIS. Secretaria de Estado de Educação. Belo Horizonte: SIMAVE, 2008.

Disponível em: https://www.educacao.mg.gov.br/politica-de-privacidade/page/15115-simave. Acesso em: 7 jun. 2015.

MINAS GERAIS. Ofício DIRE n. 6 de 23 de abril de 2015. Belo Horizonte, 2015.

PERRENOUD, Philippe. Avaliação da excelência à regulação das aprendizagens: entre duas lógicas. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

QUEIROZ, Émerson. A Utilização do Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE) nas escolas estaduais de Passos: Reflexões sobre Avaliação Diagnóstica do Ensino Médio. 2015. 160 p. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão e Avaliação da Educação Pública) – Universidade Federal de Juiz de Fora, Juiz de Fora, 2015.

SANTOS, Lucíola. As duas faces da avaliação. In: FAVACHO, André; PACHECO, José; SALES, Shirlei (org.). Currículo: Conhecimento e Avaliação: divergências e tensões. Curitiba: CRV, 2013, p. 109-120.

SUARES, Serguei. Avaliação educacional como instrumento pedagógico. Trabalho e Sociedade, Rio de Janeiro, v. 2, n. 4, p. 23-25, ago. 2002.

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e Linguagem. Tradução: Jefferson Luiz Camargo. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2005.

Publicado
2019-05-06
Como Citar
Gomes, S. dos S., & Fernandes, A. de O. (2019). O Programa de Avaliação da Aprendizagem Escolar (PAAE): indicadores de desempenho e aprendizagem. Educação, 42(1), 56-66. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2019.1.28486
Seção
Outros Temas