Formação dos professores para as modalidades educação especial e educação indígena: espaços intersticiais

  • Joao Henrique da Silva Universidade Federal da Grande Dourados
  • Marilda Moraes Garcia Bruno Universidade Estadual Paulista
Palavras-chave: Formação de professores. Educação especial. Educação indígena.

Resumo

Este relato de pesquisa discute a formação de professores para o Atendimento Educacional Especializado (AEE) na interface com a educação escolar indígena. Participaram do estudo quatro professores do AEE em escolas indígenas de Dourados (MS). O objetivo geral foi desenvolver, em conjunto com esses professores, um programa de formação continuada para investigar as ações pedagógicas presentes nas Salas de Recursos Multifuncionais (SRMs) e analisar os impasses, os obstáculos os desafios do AEE e da inclusão escolar. Fundamentou-se nos estudos culturais a na pesquisa colaborativa, fazendo uso de entrevista semiestruturada, entrevista coletiva e diário de campo. Os resultados evidenciaram: a necessidade de formação inicial/continuada para professores do AEE, adequadas às especificidades das escolas indígenas; a política de formação dos professores como desafio para a superação das práticas hegemônicas e o trânsito entre diferentes espaços intersticiais e fronteiras dos conhecimentos; a emergência da (re)significação do AEE numa perspectiva intercultural e de exercício crítico do fazer pedagógico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Joao Henrique da Silva, Universidade Federal da Grande Dourados
Doutorando em Educação Especial pela UFSCar, no departamento de Psicologia. Também é Mestre em Educação pela UFGD, pesquisando a interface entre Educação Especial e Educação Escolar Indígena.
Marilda Moraes Garcia Bruno, Universidade Estadual Paulista
Doutora em Ensino da Educação Brasileira pela UNESP, Marília. Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGEdu) da UFGD. Graduada em Educação Especial (UNESP), Letras (USC), Pedagogia (USP). Pesquisadora do Grupo de Estudos e Pesquisa em Educação Inclusiva (GEPEI/UFGD).

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Identidade: entrevista a Benedetto Vecchi. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: UFMG, 1998.

BRASIL. Parecer CNE/CEB nº 13, de 10 de maio de 2012. Assunto: Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena. Brasília, DF: MEC/CNE/CEB, 2012a.

______. Resolução CNE/CEB nº 5, de 22 de junho de 2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena na Educação Básica. Brasília, DF: MEC/CNE/ CEB, 2012b.

______. Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília, DF: MEC/SEESP, 2008.

______. Resolução n. 1, de 15 de maio de 2006. Institui Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, licenciatura. Brasília, DF: MEC/CNE/CP, 2006.

______. Referenciais para a formação de professores indígenas. Brasília, DF: MEC, 2002.

______. Referencial Curricular Nacional para as Escolas Indígenas. Brasília, DF: MEC, 1998.

CORTELAZZO, B. de C. Formação de professores para uma educação inclusiva mediada pelas tecnologias. In: GIROTO, C. R. M.; POKER, R. B.; OMOTE, S. (org.). As tecnologias nas práticas pedagógicas inclusivas.Marília/SP: Cultura Acadêmica, 2012, p. 93-120.

COSTA DE SOUSA, Maria do Carmo da Encarnação. A organização do atendimento educacional especializado nas aldeias indígenas de Dourados/MS: um estudo sobre as salas de recursos multifuncionais para área da surdez. Dourados, 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal Grande de Dourados, 2013.

FRANCO, M. E. D. P.; GENTIL, Heloisa Salles. Identidade do professor de ensino superior: questões no entrecruzar de caminhos. In: FRANCO, M. E. D. P.; KRAHE, E. D. (org.). Pedagogia universitária e áreas de conhecimento. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007, p. 39-58.

GARCÍA CANCLINI, Nestor. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. 4. ed. São Paulo: USP, 2008.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. 13. reimpr. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

______. Nova luz sobre a antropologia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2001.

HALL, Stuart. A identidade cultural na pós-modernidade. 11. ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2006.

______. Da diáspora: identidade e mediações. Belo Horizonte: UFMG, 2003.

IBIAPINA, Ivana M. L. de M. Pesquisa colaborativa: investigação, formação e produção de conhecimentos. Brasília: Liber, 2008 (Série Pesquisa).

JESUS, Denise Meyrelles de; EFFGEN, Ariadna Pereira Siqueira. Formação docente e práticas pedagógicas: conexões, possibilidades e tensões. In: MIRANDA, T. G.; GALVÃO FILHO, T. A. (org.). O professor e a educação inclusiva – formação, práticas e lugares. Salvador: EDUFBA, 2012, p. 17-24.

LACLAU, Ernesto. Emancipação e diferença. Rio de Janeiro: EDUERJ, 2011.

LIMA, Juliana Maria da Silva. Criança indígena surda na cultura guarani-kaiowá: um estudo sobre as formas de comunicação e inclusão na família e na escola. Dourados, 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, 2013.

MILANESI, Josiane Beltrame. Organização e funcionamento das salas de recursos multifuncionais em um município paulista. São Carlos, 2012. Dissertação (Mestrado em Educação Especial) – Centro de Educação e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Carlos, 2012.

NÓVOA, António. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, A. (coord.). Os professores e a sua formação. 3. ed. Lisboa, Portugal: Dom Quixote, 1997, p. 15-34.

NOZU, Washington César Shoiti. Política e gestão do atendimento educacional especializado nas salas de recursos multifuncionais de Paranaíba/MS: uma análise das práticas discursivas e não discursivas. 2013. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2013.

QUEIROZ JÚNIOR, Edison de. Formação continuada de professores para o atendimento educacional especializado: desafios e perspectivas. São Paulo, 2010. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

SILVA, João Henrique da. Formação de Professores para o Atendimento Educacional Especializado em escolas indígenas. 2014. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2014.

SILVA SOUZA, Vânia P. da. Crianças indígenas kaiowá e guarani: um estudo sobre as representações sociais da deficiência e o acesso às políticas de saúde e educação em aldeias da região da Grande Dourados. 2011. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, 2011.

TARDIF, M. Saberes docentes e formação profissional. Petrópolis: Vozes, 2012.

WALSH, Catherine. Interculturalidade, crítica e pedagogia decolonial: in-surgir, re-existir e re-viver. In: CANDAU, Vera Maria (org.). Educação intercultural na América Latina: entre concepções, tensões e propostas. Rio de Janeiro: 7Letras, 2009, p. 12-42.

Publicado
2016-12-22
Como Citar
da Silva, J. H., & Bruno, M. M. G. (2016). Formação dos professores para as modalidades educação especial e educação indígena: espaços intersticiais. Educação, 39(3), 327-333. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2016.3.18382
Seção
Outros Temas