Métodos de ensino na escola portuguesa: a Revista Escolar (1923-1926)

  • Carlota Boto USP
Palavras-chave: Portugal, educação, ensino, escola, história da educação

Resumo

O presente texto tem por objetivo verificar, a partir de um exemplo tópico, a constituição de uma dada modalidade do debate pedagógico, que toma como eixo organizador a ideia de técnica de ensino. Pensar metodologias para se ensinar requer algum diálogo com a dimensão didática do debate pedagógico. Sob tal hipótese de trabalho, procurou-se efetuar leitura crítica da Revista Escolar, publicada em Portugal nos anos 20 do século passado. O estudo centrou-se especificamente nos volumes compreendidos entre 1923 e 1926. As categorias de análise escolhidas foram: criança, aluno, métodos de ensino e práticas escolares. Com ênfase na organização e classificação dos artigos à luz das supracitadas categorias analíticas, procurou-se obter dados acerca das estratégias mediante as quais o periódico se propunha a efetuar uma pedagogia do professorado. Tratava-se, em certo sentido, de estimular os professores à leitura da revista. Com isso, acreditava-se ensinar a ensinar (CARVALHO, 2001, 2006; BITTENCOURT, 1993).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlota Boto, USP
Parlota Josefina Malta Cardozo dos Reis Boto Bolsista de Produtividade em Pesquisa 2 É licenciada em Pedagogia e em História pela USP. Tem trabalhado em pesquisas no campo da História e Filosofia da Educação. É mestre em História e Filosofia da Educação pela FEUSP sob orientação do Prof. Dr. Roberto Romano e doutora em História Social pela FFLCH-USP sob orientação do Prof. Dr. Carlos Guilherme Mota. Desenvolveu um estágio de pesquisa (bolsa sanduiche CNPQ) para seu doutoramento junto ao Instituto de História e Teoria das Idéias da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, onde trabalhou durante 18 meses sob a orientação do Prof. Dr. Fernando Catroga. É autora do livro "A escola do homem novo: entre o Iluminismo e a Revolução Francesa", publicado pela Editora Unesp. Atualmente é professora de Filosofia da Educação na Faculdade de Educação da USP. Durante 15 anos trabalhou como professora de História da Educação da Faculdade de Ciências e Letras da Unesp/Campus de Araraquara. Mantém o vínculo com a UNESP, atuando desde 2002 como professora colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Educaçao Escolar (FCL/UNESP-C.Ar.). Atualmente integra o Conselho Editorial Nacional da Revista "Educação e Sociedade" do CEDES. Integra o Conselho Superior da Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Desde 2009, é pesquisadora do CNPq. Certificado pelo autor em 20/11/09
Publicado
2012-11-05
Como Citar
Boto, C. (2012). Métodos de ensino na escola portuguesa: a Revista Escolar (1923-1926). Educação, 35(3). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/10106