A importância da oralidade no processo de alfabetização

Clarice Lehnen Wolff, Gracielle Tamiosso Nazari

Resumo


Este trabalho discute a importância da oralidade na alfabetização a partir de estudos da Psicolinguística. A reflexão parte do pressuposto de que as bases pragmática, semântica, morfológica e fonológica da linguagem trabalhadas na oralidade favorecem o processamento da leitura e escritura, na medida em que incentivam o desenvolvimento da consciência linguística. Sendo assim, acredita-se que se os professores alfabetizadores conhecerem melhor o processo de desenvolvimento da linguagem de seus alunos e os estimularem a partir dessa base linguística poderão facilitar os processos iniciais de aquisição de leitura e escrita. Para isso, o artigo traz sugestões de atividades de fácil aplicação em sala de aula.

Palavras-chave


Alfabetização; Oralidade; Leitura; Consciência linguística.

Texto completo:

PDF


e-ISSN: 1984-4301 

 

Avaliação do Qualis CAPES - 2013/2016

ÁREA CAPES - Linguística / Literatura

CLASSIFICAÇÃO DE PERIÓDICO - B1



Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org

Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras. Disponibilidade para depósito: Azul.

 

 

Copyright: © 2006-2019 EDIPUCRS