“O meu trabalho do dia a dia”: o quotidiano das crianças na periferia de Maputo

Elena Colonna

Resumo


O artigo apresenta os diferentes elementos que configuram o dia a dia das crianças de um bairro periférico da cidade de Maputo, discutindo-os a partir das contribuições da Sociologia da Infância e da Sociologia da Vida Quotidiana. Os dados apresentados permitem compreender e debater as formas como elas podem experimentar situações de exclusão social. Conclui-se que essas crianças vivem nesse contexto devido às suas condições materiais de existência e à relação fortemente hierárquica com os adultos. Contudo, elas conseguem experimentar e viver a inclusão social, sobretudo, dentro do grupo de pares.


Palavras-chave


Sociologia da Infância. Crianças. Quotidiano. Exclusão social. Moçambique.

Texto completo:

PDF

Referências


ADAM, Barbara. Time and social theory. London: Polity Press. 1990.

BERGER, Peter L.; LUCKMANN, Thomas. A construçao social da realidade. Lisboa: Dinalivro. 1999.

BONDIOLI, Anna. O dia-a-dia de Erika em casa e na escola: padrões de socialização em confronto. In: BONDIOLI, Anna (Org.). O tempo no cotidiano infantil: perspectivas de pesquisa e estudos de caso. São Paulo: Cortez, 2004.

BUCKINGHAM, David. Children and television. In: QVORTRUP, Jens; CORSARO, William A.; HONIG, Michael- Sebastian (Org.). The palgrave handbook of childhood studies. Hampshire: Palgrave Macmillan, 2009.

CASA-NOVA, Maria José. Etnografia e produção de conhecimento: reflexões críticas a partir de uma investigação com ciganos portugueses. Lisboa: Acidi, 2009.

DAVIS, John; HILL, Malcom. Participation for what: an introduction. In: TISDALL, Kay et al. Participation for what: children, young people and social inclusion. Bristol: Policy Press, 2006.

EVALDSSON, Ann-Carita. Play and games. In: QVORTRUP, Jens; CORSARO, William A.; HONIG, Michael-Sebastian (Org.). The palgrave handbook of childhood studies. Hampshire: Palgrave Macmillan, 2009.

GIDDENS, Anthony. La costituzione della società. Milano: Comunità, 1990.

JEDLOWSKI, Paolo. Fogli nella valigia: sociologia, cultura, vita quotidiana. Bologna: Il Mulino, 2003.

LIEBEL, Manfred; SAADI, Iven. Participation in the traps of cultural diversity. In: PERCY-SMITH, Barry; THOMAS, Nigel. A handbook of children and young people’s participation. Oxon: Routledge, 2010.

NUNES, Ângela. A sociedade das crianças a’uwe-xavante: por uma antropologia da criança. Lisboa: Instituto de Inovação Educacional, 1999.

PAIS, José Machado. Sociologia da vida quotidiana. Lisboa: Imprensa de Ciências Sociais, 2002.

PAULO, Margarida; ROSÁRIO, Carmeliza; TVEDTEN, Inge. “Xiculungo”: relações sociais da pobreza urbana em Maputo, Moçambique. Maputo: Direcção Nacional de Estudos e Análise das Políticas – MPD, 2008.

PEREIRA, Sara. Crianças e televisão: convergências e divergências de um campo de estudos. In: SARMENTO, Manuel Jacinto; GOUVEA, Maria Cristina Soares. Estudos da infância. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

PUNCH, Samantha. Negotiating autonomy: childhoods in rural Bolivia. In: ALANEN, Leena; MAYALL, Berry. Conceptualising child-adult relations. London: Routledge Falmer, 2001.

REMOTTI, Francesco. Prima lezione di antropologia. Bari: Laterza, 2000.

ROGOFF, Barbara et al. Children’s development of cultural repertoires through participation in everyday routines and practices. In: GRUSEC, Joan E.; HASTINGS, Paul D. Handbook of socialization: theory and research. New York: Guilford Press, 2007.

SARMENTO, Manuel Jacinto. As culturas da infância nas encruzilhadas da segunda modernidade. In: SARMENTO, Manuel Jacinto; CERISARA, Ana Beatriz. Crianças em miúdos. Porto: Edições ASA, 2004.

SARMENTO, Manuel Jacinto; BANDEIRA, Alexandra; DORES, Raquel. Trabalho domiciliário infantil: um estudo de caso no Vale do Ave. Lisboa: PETI, 2005.

SILVERSTONE, Roger. Television and everyday life. London: Routledge, 1994.

WELLS, Karen. Childhood in a global perspective. Cambridge: Polity Press, 2009.

ZEIHER, Helga. O tempo no cotidiano das crianças. In: BONDIOLI, Anna. O tempo no cotidiano infantil: perspectivas de pesquisa e estudos de caso. São Paulo: Cortez, 2004.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1981-2582.2018.2.30543

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.




Educação

e-ISSN 1981-2582
ISSN-L 0101-465X


Avaliação do Qualis CAPES - 2014 
ÁREA CAPES - Educação
CLASSIFICAÇÃO - A2

E-mail: reveduc@pucrs.br



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras.

Disponibilidade para depósito: Azul

 

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS