Indisciplina e discurso pedagógico: efeitos de sentidos diversos em confronto

Regina Maria Varini Mutti

Resumo


Este estudo, situando o discurso pedagógico, propõe-se a evidenciar efeitos de sentidos sobre indisciplina na sala de aula. Ancorado no referencial da análise de discurso de linha pêcheuxtiana, enfoca as posições de sujeito-estagiário e de sujeito-professor efetivo na escola, no Ensino Fundamental e no Ensino Médio. O corpus analítico é heterogêneo, constituindo-se de textos produzidos pelos estagiários da licenciatura em Letras sobre a experiência como regentes de classe na escola e de entrevistas de professores de português, representando escolas de regiões distintas. O estudo das designações discursivas empreendido destaca que as palavras, no uso, estão sujeitas a reformulações do sentido, de acordo com a historicidade dos sujeitos. Diversos efeitos de sentidos foram apreendidos mediante a análise, mostrando o confronto de posições discursivas diversas e a busca, pelo professor, da superação das dificuldades encontradas. Sugere-se que o tema seja objetivado explicitamente nos cursos de formação na licenciatura e de formação continuada.

Palavras-chave


Discurso pedagógico. Efeitos de sentido. Indisciplina. Sala de aula. Estagiário. Professor.

Texto completo:

PDF

Referências


AUTHIER-REVUZ, Jaqueline. Palavras incertas: as não-coin-

cidências do dizer. Campinas: Editora da Unicamp, 1998.

AUTHIER-REVUZ, Jaqueline. Arrêts sur mots: l’épreuve de la langue dans l’énounciation et l’écriture. 2006. Mimeo.

AUTHIER-REVUZ, Jaqueline. Paradas sobre palavras: a língua em prova na enunciação e na escrita. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 36, n. 3, p. 651-679, 2011.

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1998.

DALLA ZEN, Maria Isabel H.; MUTTI, Regina Maria Varini. A prática de ensino de língua e literatura e a pedagogia de projetos. In: XAVIER, Maria Luiza M.; DALLA ZEN, Maria Isabel H. (Org.). Ensino de língua materna: para além da tradição. Porto Alegre: Mediação, 1998. p. 103-115.

DUBET, François. Quando o sociólogo quer saber o que é ser professor. Revista Brasileira de Educação, São Paulo, ANPed, n. 5 e n. 6, 1997, p. 222-231.

ERNST-PEREIRA, Aracy; MUTTI, Regina Maria Varini. O analista de discurso em formação: apontamentos à prática analítica. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 36, n. 3, p. 817-833, 2011.

FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Novo dicionário século XXI: o dicionário da língua portuguesa. 3. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1999.

GUIMARÃES, Eduardo. Os limites do sentido: um estudo histórico e enunciativo da linguagem. Campinas: Pontes, 1995.

GUIMARÃES, Eduardo. Semântica do acontecimento: um estudo enunciativo da designação. Campinas: Pontes, 2002.

MUTTI, Regina Maria Varini. A prática de ensino em português. Projeto de pesquisa. Porto Alegre: Faculdade de Educação, UFRGS, 2000.

MUTTI, Regina Maria Varini. O primado do outro sobre o mesmo... SEAD – SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM ANÁLISE DE DISCURSO, 1. Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2003a. 7 p. Anais... Disponível em: http://www.ufrgs.br/analisedodiscurso/anaisdosead/

MUTTI, Regina Maria Varini. Reformulações do sentido de indisciplina no discurso pedagógico. ENCONTRO DO CELSUL, 5., Centro de Estudos Linguísticos do Sul. Curitiba, PR. Anais... 2003b.

MUTTI, Regina Maria Varini. Memória no discurso pedagógico. SEAD – SEMINÁRIO DE ESTUDOS EM ANÁLISE DE DISCURSO, 2., Porto Alegre, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2005. 7 p. Anais... Disponível em: http://www.ufrgs.br/analisedodiscurso/anaisdosead/

NEGREIROS, Cláudia Landin. Entrevistas nas escolas: professores de língua portuguesa, coordenadores, diretores, secretários e assessor pedagógico. Anexo ao projeto de tese de doutorado: Sentidos sobre o ensino de língua portuguesa nas escolas estaduais em Barra do Bugres – MT: a prática docente em discurso. Porto Alegre: PPGEDU/UFRGS, 2011.

ORLANDI, Eni. P. Análise de discurso: princípios e procedimentos. Campinas: Pontes, 1999.

OUTEIRAL, José. Escola, limites e pós-modernidade. Vídeo da palestra proferida na FACED/UFRGS, Central de Produções, 2000.

PÊCHEUX, Michel. Semântica e discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Editora da Unicamp, 1995.

PÊCHEUX, Michel. Análise automática do discurso (AAD-69). Trad. por Eni Pulcinelli Orlandi. In: GADET, Françoise; HAK, Tony. (Org.). Por uma análise automática do discurso. Campinas, São Paulo: Ed. da Unicamp, 1997a. p. 61-161.

PÊCHEUX, Michel. A análise de discurso: três épocas. Trad. por J. A. Romualdo. In: GADET, Françoise; HAK, Tony. (Org.). Por uma análise automática do discurso. Campinas: Ed. da Unicamp, 1997a. p. 311-318.

PÊCHEUX, Michel. Discurso: estrutura ou acontecimento. Trad. por Eni P. Orlandi. Campinas: Pontes, 1997b.

PÊCHEUX, Michel. Papel da memória. In: ACHARD, Pierre et al. Papel da memória. Trad. por José Horta Nunes. Campinas: Pontes, 1999. p. 49-57.

SANTOS, Ema Dias dos. A pedagogia tradicional e a progressista em confronto. In: DALLA ZEN, Maria Isabel; SOUZA, Nádia G. (Org.). Práticas de ensino na UFRGS: narrando pedagogias. Porto Alegre: Editora da Universidade/UFRGS, 2001.




DOI: http://dx.doi.org/10.15448/1981-2582.2014.3.18082

Este periódico é membro do COPE (Committee on Publication Ethics) e adere aos seus princípios. http://www.publicationethics.org


Apoio Institucional – fev./dez. 2012 referente ao Edital MCTI/CNPq/MEC/CAPES Nº. 15/2011.




Educação

e-ISSN 1981-2582
ISSN-L 0101-465X


Avaliação do Qualis CAPES - 2014 
ÁREA CAPES - Educação
CLASSIFICAÇÃO - A2

E-mail: reveduc@pucrs.br



Licença Creative Commons
Exceto onde especificado diferentemente, a matéria publicada neste periódico é licenciada sob forma de uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 

 

Políticas Editoriais das Revistas Científicas Brasileiras.

Disponibilidade para depósito: Azul

 

Copyright: © 2006-2017 EDIPUCRS