Antidiskriminierungspolitik in kulturellpluralistischen Gesellschaften: Warum man aus einer liberalen Perspektive kaum kulturelle Rechte braucht

  • Daniel Loewe
Palavras-chave: Direitos culturais. Discriminação direta e indireta. Igualdade de oportunidades. Políticas antidiscriminatórias.

Resumo

O artigo mostra que muitos dos casos geralmente discutidos em debates multiculturais são erroneamente entendidos como conflitos culturais que seriam supostamente resolvidos através de direitos culturais. Ao contrário, o que temos em sua base é a aspiração universalista liberal de uma igualdade de oportunidades. Desde um ponto de vista igualitário liberal, a implementação de políticas antidiscriminatórias efetivas é a estratégia correta para lidar com tais casos . O artigo enfoca casos de acesso a empregos e educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-04-30
Como Citar
Loewe, D. (2009). Antidiskriminierungspolitik in kulturellpluralistischen Gesellschaften: Warum man aus einer liberalen Perspektive kaum kulturelle Rechte braucht. Veritas (Porto Alegre), 54(1). https://doi.org/10.15448/1984-6746.2009.1.5065