Teologia, pluralismo e alteridade ecumênica

  • Claudio de Oliveira Ribeiro Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Teologia e Ciências da Religião (Anptecre).
Palavras-chave: Alteridade. Pluralismo. Teologia ecumênica. Mística

Resumo

O texto apresenta os resultados de pesquisa sobre aspectos teológicos do pluralismo com destaque para o tema da alteridade, levando em conta o dado crítico de que as aberturas fundamentais para o “outro” precisam considerar efetivamente os diferenciais de poder que marcam as relações sociais e políticas.
Metodologicamente, foram dados os seguintes passos: (i) análise da necessidade de identificação das dimensões de alteridade a partir da explicitação dos diferenciais de poder que marcam os processos de interculturalidade e as diferentes relações, inclusive inter-religiosas, (ii) explicitação da noção
bíblica de alteridade a partir das relações básicas da antropologia teológica que constituem o ser como humano, (iii) indicação da abertura ao diálogo e a prática interativa que a visão trinitária da fé cristã oferece, inclusive para práticas sociais democráticas e participativas e visões eclesiais marcadas pela
comunhão, e (iv) uma identificação do valor de uma mística de alteridade que reforce perspectivas utópicas e doadoras de sentido para os grupos sociais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Claudio de Oliveira Ribeiro, Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Teologia e Ciências da Religião (Anptecre).
Doutor em Teologia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, com estágio de pesquisa de pós-doutorado na Southern Methodist University.

Referências

BHABHA, Homi K. O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2001.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti. A Pneumatologia como possibilidade de diálogo e missão universais. In: TEIXEIRA, Faustino (Org.). Diálogo de Pássaros: nos caminhos do diálogo interreligioso. São Paulo: Paulinas, 1993, p. 111-121.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti (Org.). Violência e religião: Cristianismo, Islamismo, Judaísmo – três religiões em confronto e diálogo. São Paulo: Loyola/PUC-Rio, 2001.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti. Faces e interfaces da sacralidade em um mundo secularizado. In: LIMA, Degislando; TRUDEL, Jacques (Org.). Teologia em Diálogo. São Paulo: Paulinas, 2002. p. 285-332.

BINGEMER, Maria Clara Lucchetti. A Argila e o Espírito: ensaios sobre ética, mística e poética. Rio de Janeiro: Garamond, 2004.

BOFF, Leonardo. A Trindade, a sociedade e a libertação. Petrópolis: Vozes, 1986.

BOFF, Leonardo. A Santíssima Trindade é a melhor comunidade. Petrópolis: Vozes, 1988.

BUBER, Martin. Sobre comunidade. São Paulo: Perspectiva, 1987.

FORNET-BETANCOURT, Raúl. Religião e interculturalidade. São Leopoldo: Nova Harmonia & Sinodal, 2007.

GLEISER, Marcelo. O Fim da Terra e do Céu: o Apocalipse na Ciência e na Religião. São Paulo: Companhia das Letras, 2001.

IDÍGORAS, José Luis. Vocabulário teológico para a América Latina. São Paulo: Paulinas, 1983.

LÉVINAS, Emmanuel. De Deus que vem à ideia. Petrópolis: Vozes, 2002.

MURARO, Rose Marie; BOFF, Leonardo. Feminino e masculino: uma nova consciência para o encontro das diferenças. Rio de Janeiro: Sextante, 2002.

PUI-LAN, Kwok. Globalização, gênero e construção da paz: o futuro do diálogo interfé. São Paulo: Paulus, 2015.

SCHWANTES, Milton. Projetos de esperança: meditações sobre Gênesis 1-11. Petrópolis: Vozes; CEDI, 1989.

TEIXEIRA, Faustino. O Fundamentalismo em tempos de pluralismo religioso. In: MOREIRA, Alberto da Silva; DIAS DE OLIVEIRA, Irene (Org.). O Futuro da Religião na Sociedade Global. São Paulo: Paulinas/UCG, 2008.

VIGIL, José Maria. Teologia do Pluralismo Religioso: para uma releitura pluralista do Cristianismo. São Paulo: Paulus, 2006.

Publicado
2018-09-18
Seção
Teologia e questões contemporâneas