Agressividade na infância e contextos de desenvolvimento: família e escola

  • Altemir José Gonçalves Barbosa Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Acácia Aparecida Angeli Santos USF
  • Marisa Cosenza Rodrigues Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Adelaine Vianna Furtado Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Natália Machado Brito Universidade Federal de Juiz de Fora
Palavras-chave: agressão, infância, escola, família.

Resumo

Com o objetivo de descrever os níveis de agressividade geral, na escola e na família de crianças e associá-los a variáveis demográficas e educacionais, aplicou-se uma escala de agressividade em 598 estudantes do ensino fundamental de três escolas. Constatou-se que os comportamentos agressivos são mais frequentes no meio familiar que no escolar, que os meninos apresentam mais comportamentos agressivos, especialmente na escola, que a agressividade relativa à família tende a aumentar com a idade e que, nessa forma de hostilidade, o sexo não é uma variável relevante. Há, ainda, evidências de que uma qualidade de ensino elevada atua como fator de proteção em relação a esse problema. Estudos adicionais são recomendados, especialmente aqueles com desenho longitudinal, capazes de analisar o desenvolvimento dos comportamentos agressivos ao longo da infância e da adolescência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Altemir José Gonçalves Barbosa, Universidade Federal de Juiz de Fora
Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFJF. Psicólogo, mestre em Psicologia Escolar (PUC-Campinas), doutor em Psicologia (PUC-Campinas). Coordenador do PPG em Psicologia da UFJF.
Acácia Aparecida Angeli Santos, USF
Programa de Pós-graduação em Psicologia da USF. Psicóloga, mestre em Psicologia (PUC-Campinas), doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano (USP).
Marisa Cosenza Rodrigues, Universidade Federal de Juiz de Fora
Programa de Pós-graduação em Psicologia da UFJF. Psicóloga, mestre em Psicologia Social (UGF), doutora em Psicologia (PUC-Campinas).
Adelaine Vianna Furtado, Universidade Federal de Juiz de Fora
Acadêmica do curso de graduação em Psicologia da UFJF.
Natália Machado Brito, Universidade Federal de Juiz de Fora
Acadêmica do curso de graduação em Psicologia da UFJF.
Publicado
2011-01-12
Como Citar
Barbosa, A. J. G., Santos, A. A. A., Rodrigues, M. C., Furtado, A. V., & Brito, N. M. (2011). Agressividade na infância e contextos de desenvolvimento: família e escola. Psico, 42(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/revistapsico/article/view/6791
Seção
Artigos