Telejornalismo a serviço do público: a voz do povo em cena

  • Iluska Coutinho Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Jhonatan Mata Universidade Federal de Juiz de Fora.
Palavras-chave: Serviço público, telejornalismo, popular

Resumo

Na sociedade do telejornalismo, os noticiários de TV cumprem uma função pública e buscam nos cidadãos que representam a cada edição, ou nas imagens que os jornalistas constroem do público, princípios legitimadores do conhecimento socialmente produzido a cada edição. A proposta nesse texto é evidenciar a colocação da população em cena, como ator social com direito à voz, e analisar em que medida por meio da utilização desse recurso audiovisual, os jornalistas envolvidos com a produção dos telejornais tentam construir vínculos com a audiência, e colocar o telejornalismo a serviço do público. O estudo tem como recorte empírico, para a análise da participação popular, os discursos veiculados nos telejornais de uma emissora local, a TV Alterosa – Juiz de Fora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Iluska Coutinho, Universidade Federal de Juiz de Fora
Professora associada da Universidade Federal de Juiz de Fora é jornalista formada pela Universidade Federal do Espírito Santo, mestre em Comunicação e Cultura pela Universidade de Brasília e doutora em Comunicação Social pela Universidade Metodista de São Paulo, com estágio doutoral na Columbia University (NY).
Jhonatan Mata, Universidade Federal de Juiz de Fora.
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Referências

BARA, Gilze. Gilze Bara: depoimento [jun. 2008]. Entrevistador: Jhonatan Alves Pereira Mata. Juiz de Fora, 2008. 1 fita cassete (60 min): mono.

BOURDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Zahar, 1996.

BRASIL, Antônio Cláudio. Telejornalismo, Internet e guerrilha tecnológica. Rio de Janeiro: Ciência Moderna, 2002.

COUTINHO, Iluska. Democracia eletrônica e televisão no Brasil: Os telejornais como espaço de disputa por hegemonia política e Cultural. In: XI Compós. 2002, Rio de Janeiro. Anais do XI Congresso da Compós. Rio de Janeiro: UFRJ, 2002. CD’Rom.

______. Dramaturgia do telejornalismo brasileiro: a estrutura narrativa das notícias em TV. Tese (Doutorado em Comunicação Social) - Universidade Metodista de São Paulo; São Bernardo do Campo, 2003.

GOMES, Itânia Maria Mota. Das utilidades do conceito de endereçamento para análise do telejornalismo. Rio de Janeiro: E-papers, 2004.

MATA, Jhonatan Alves Pereira. Vícios e virtudes no telejornalismo local: uma análise dos personagens no MGTV 1ªedição. In: IV Encontro Regional de Comunicação, 2006, Juiz de Fora. Anais do IV Encontro Regional de Comunicação. Juiz de Fora: UFJF, 2006. CD-ROM.

MORIN, Edgar. Cultura de Massas no século XX: o espírito do tempo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 1969.

PALLOTTINI, Renata. Dramaturgia: A Construção do Personagem. São Paulo: Ática, 1989.

RAMOS, Murilo César. Reestruturação do sistema e controle público. Laboratório de Políticas de Comunicação. Brasília: UnB. Mimeo.

VIZEU, Alfredo Eurico. O lado oculto do telejornalismo. Florianópolis: Calandra, 2005.

VIZEU, Alfredo Eurico; CORREIO, João Carlos. A construção do real no telejornalismo: do lugar de segurança ao lugar de referência. In: VIZEU, Alfredo(Org.). A Sociedade do Telejornalismo. Petrópolis: Vozes, 2008.

WOLTON, Dominique. Elogio do grande público: uma teoria crítica da televisão. São Paulo: Ed. Ática, 1996.

Como Citar
Coutinho, I., & Mata, J. (2010). Telejornalismo a serviço do público: a voz do povo em cena. Revista FAMECOS, 17(1), 65-73. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2010.1.6881
Seção
Pesquisa em Televisão