Différance e Comunicação

  • Flávio Vinicius Cauduro Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Comunicação, différance, signo

Resumo

Segundo a semiótica pós-estruturalista, um signo, uma forma, um texto, não podem mais continuar sendo considerados como simples veículos ou receptáculos para o transporte e propagação de um conteúdo, sentido, ou significado único, fixo, prédeterminado; porque sinais materiais só “contêm” a si mesmo, passando a produzir sentido ou significado somente quando interpretados, isto é, só depois de conectados com outros sinais, presentes no texto (in prae-sentia) e/ou na memória do sujeito interpretante (textos in absentia). Portanto, o que sempre nos surge pela frente são marcas sem significação e que só passam a ter sentido quando e se as interpretarmos. Logo, signos não podem ser enviados, mas apenas recebidos (Harland 1987: 132). É a nossa leitura/escrita que transforma qualquer troca ou comunicação de sinais em signos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flávio Vinicius Cauduro, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Professor da Faculdade de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul

Referências

Cauduro, F. V. Escrita e Différance. Revista FAMECOS, n. 5, 63-72, Porto Alegre: EDIPUCRS, 1986.

Eco, U. A Theory of Semiotics, Advances in Semiotics. Ed. by Thomas A Sebeok. Bloomington: Indiana University Press, 1976.

Harland, R. Superstructuralism, New Accents, ed.T Hawkes, London: Methuen, 1987.

Peirce, C. S. Collected Papers, ed. by Charles Hartshorne and Paul Weiss, vols I - VI, and by Arthur W Burks, vols VII & VIII, Cambridge: Harvard University Press (Vol I: 1931; vol II: 1932; vol III: 1933; vol IV: 1933; vol V: 1934; vol VI: 1935; vol VII: 1958; vol VIII: 1958. 1931

Peirce, C. S. Philosophical Writings of Peirce, selected and edited with an introduction by Justus Buchler, New York: Dover Publications (First published in 1940 as The Philosophy of Peirce: Selected Writings, ed. by Justus Buchler, London: Routledge & Kegan Paul). 1940/1955

Said, E. W. Orientalism. Peregrine Books, London: Penguin Books, 1987.

Sless, D. ‘Reading semiotics’, in Information Design Journal, 4, n. 3, p. 179-189, 1986a.

Sless, D. In Search of Semiotics. London: Croom Helm, 1986b.

Urmson, J. O.; Rée, J. (Ed.) The Concise Encyclopedia of Western Philosophy and Philosophers. London: Unwin Hyman, 1989.

Williams, R. Keywords: A Vocabulary of Culture and Society. London: Fontana, 1983.

Publicado
2008-04-10
Como Citar
Cauduro, F. V. (2008). Différance e Comunicação. Revista FAMECOS, 6(10), 67-73. https://doi.org/10.15448/1980-3729.1999.10.5401
Seção
Filosofia & Comunicação