Dramaturgia sonoro-acústica em espaços cinemáticos

  • Irene de Araújo Machado Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Espaço cinemático, Transdução da luz, Dramaturgia audiovisual.

Resumo

O ensaio investiga as propriedades espaciais das imagens audiovisuais a partir da transdução da luz em dramaturgias fílmicas sonoro-acústicas. Contribui para os estudos dos dispositivos construtivos da cinemática audiovisual cujo objetivo é problematizar a experiência fílmica produzida pelas imagens eletrônico-digitais. Para isso, toma como metodologia a análise semiótica de filmes que resultem em modelos críticos da concepção de cinema como base da cultura audiovisual.  

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Irene de Araújo Machado, Universidade de São Paulo
Professora Livre-Docente do PPG em Meios e Processos Audiovisuais, Escola de Comunicações e Artes, USP. Pesquisadora CNPq-PQ 1D

Referências

BERNADET, Jean-Claude. Universo sonoro. In: Ocupação Rogério Sganzerla. São Paulo: Itaú Cultural, 2010. Vídeo: Youtube. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=JDYPYV14LCw. Acesso em: 4 jan. 2017.

______. O vôo dos anjos. São Paulo: Brasiliense, 1990.

CHION, Michel. L’audio-vision. Paris: Nathan, 1996.

COUTO, Mia. Terra sonâmbula. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

GENETTE, Gérard. Métalepse. De la figure à la fiction. Paris: Seuil, 2004.

MARTELO, Rosa M. Livros, filmes, metalepses. In: ROWLAND, Clara; BÉRTOLO, José (orgs). A escrita do cinema: ensaios. Lisboa: Documenta, p. 277-289, 2015.

McLUHAN, M.; PARKER, H. O espaço na poesia e na pintura através do ponto de fuga. São Paulo: Hemus, 1975.

McLUHAN, M.; POWERS, B. R. Exploraciones en el espacio visual y el acústico. In: La aldea global. Barcelona: Gedisa, 1996.

SCHAEFFER, Pierre. Traité des objects musicaux. Paris: Seuil, 1967.

SEBEOK, Thomas. Comunicação. In: Comunicação na era pós-moderna. Rector, Mônica ; Neiva, Eduardo (orgs). Petrópolis: Vozes, 1997.

SEIÇA, ALVARO. Transdução: Processos de Transferência na Literatura e Arte Digitais. Lisboa: Humus, 2017. Disponível em: http://www.ensino.uevora.pt/mclc/. Acesso em: 12 set. 2017.

STERNE, Johnathan. The audible past. Cultural origins of sound reproduction. DuKe: Duke University Press, 2003.

O BANDIDO da luz vermelha. Direção, Roteiro e Música: Rogério Sganzerla. Produção: José da Costa Cordeiro; José Alberto Reis; Rogério Sganzerla. Intérpretes: Paulo Vilaça; Luiz Linhares; Helena Ignes; Pagano Sobrinho; Roberto Luna. Fotografia: Peter Overbeck; Carlos Ebert. Montagem: Sylvio Renoldi. Sonoplastia: Edmar Agostinho. Narração: Helio Aguiar; Mara Duval. Sonorização: Odil Fono Brasil. Laboratório de Imagem: Líder - São Paulo. Brasil, 1968, 1h32min, p/b.

TERRA sonâmbula. Argumento e Direção: Teresa Prata. Produção: Filmes de Fundo. Produtores: Antonio e Pandora da Cunha Telles. Intérpretes: Nick Lauro Teresa; Aladino Jasse; Hélio Fumo; Ilda Gonzalez; Laura Soveral. Fotografia: Dominique Gentil. Direção de Arte: Caroline Alder. Música: Alex Goretzki. Figurinos: Isabel

Peres. Portugal-Moçambique, 2007, 96min., cor.

Publicado
2018-04-07
Como Citar
Machado, I. de A. (2018). Dramaturgia sonoro-acústica em espaços cinemáticos. Revista FAMECOS, 25(2), ID28545. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2018.2.28545
Seção
Cinema