A rádio comunitária como prática de cidadania comunicativa

  • Cristóvão Domingos de Almeida Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Joel Felipe Guindani Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Valdir Jose Morigi Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Cidadania comunicativa, rádio comunitária, sociabilidade

Resumo

Como se caracteriza a prática de cidadania comunicativa na rádio comunitária desenvolvida por agricultores Sem Terra? A resposta a esse questionamento passa pela definição de cidadania comunicativa enquanto estratégia de ação e de participação no espaço público. Articulando-a com a experiência observada da rádio comunitária Terra Livre FM no Assentamento 25 de Maioem Abelardo Luz (SC), ela é tecida por uma rede complexa de elementos que envolvem a participação, formas de sociabilidade e a livre manifestação dos pensamentos. Ações comunicativas que garantem a constituição de novos direitos no qual através da palavra própria realiza a mediação entre as práticas de cidadania e a participação dos sujeitos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cristóvão Domingos de Almeida, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Joel Felipe Guindani, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Doutorando no Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Valdir Jose Morigi, Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Professor Dr. do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Informação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Referências

BRANDÃO, Carlos Rodrigues. Pesquisa participante. São Paulo: Brasiliense, 1999.

DAGNINO, Evelina. Os movimentos sociais e a emergência e uma nova noção de cidadania. In: DAGNINO, Evelina (Org.). Anos 90: política e sociedade no Brasil. São Paulo: Brasileinse, 1994.

DEMO, Pedro. Participação é conquista: noções de política social participativa. São Paulo: Cortez, 1988.

HAUSSEN, Doris Fagundes. Rádio brasileiro: uma história de cultura, política e integração. In: FILHO, André Barbosa; PIOVESAN, Angelo; BENETON, Rosana (Orgs.). Rádio: sintonia do futuro. São Paulo: Paulinas, 2004.

MATA, Maria Cristina. Comunicación y ciudadanía: problemas teórico-políticos de su articulación. Revista Fronteiras – estudos midiáticos. São Leopoldo, RS, v. VIII (1), p. 5-15, janeiro/abril, 2006.

PERUZZO, Maria Cicilia K. Comunicação nos movimentos populares: a participação na construção da cidadania. São Paulo: Vozes, 1998.

______. Participación em las rádios comunitarias em Brasil. In: Comunicación y Sociedad. Dep. de Estudios de la Comunicación Social, Universidad de Guadalajara, n. 32, enero/abril, 1998. Guadalajara, Jaslisco, México, 1998b.

PERUZZO, Maria Cicilia K. Rádio comunitária, Educomunicação e Desenvolvimento. In: PAIVA, Raquel (org.). O retorno da comunidade: os novos caminhos do social. Rio de Janeiro: Mauad X, 2007.

TELLES, Vera da Silva. Direitos sociais: afinal do que se trata? Belo Horizonte: UFMG, 2006.

VARELA, Aida. Informação e construção da cidadania. Brasília: Thesaurus, 2007.

Como Citar
Almeida, C. D. de, Guindani, J. F., & Morigi, V. J. (2011). A rádio comunitária como prática de cidadania comunicativa. Revista FAMECOS, 18(3), 959-975. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2011.3.10391
Seção
Tecnologias do Imaginário