Paternalismo, práticas culturais e representações

  • Maria Angélica Zubaran
Palavras-chave: Apropriações culturais, Paternalismo, Representações

Resumo

Este artigo se propõe a examinas as práticas culturais de escravos crioulos e africanos no Rio Grande do Sul, no final do século XIX, de forma a investigar como os valores senhoriais teriam sido apropriados pelos escravos. Examinar-se-á a interação entre culturas africanas e locais com a cultura branca dominante, sem minimizar as trocas e transformações culturais resultantes do encontro entre outros africanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2002-12-31
Como Citar
Zubaran, M. A. (2002). Paternalismo, práticas culturais e representações. Estudos Ibero-Americanos, 28(1), 51-63. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2002.1.23639
Seção
Artigos