Revolução, reforma e democracia: a sociedade civil em Portugal e Espanha, 1960s-2000s

  • Tiago Fernandes
Palavras-chave: Portugal, Espanha, sociedade civil, reforma, revolução.

Resumo

Portugal e Espanha tiveram caminhos para a democracia radicalmente divergentes: revolução social em Portugal e reforma na Espanha. Neste texto, o autor sugere que uma trajetória revolucionária para a democracia teve um efeito positivo nas capacidades de auto-organização das classes médias e trabalhadoras. Embora nem sempre conduzam a regimes democráticos, as revoluções sociais tendem a institucionalizar mecanismos que estimulam a participação cívica das massas. Assim, as democracias que decorrem de um processo revolucionário tendem a oferecer mais oportunidades e mecanismos para a participação e inclusão cívica das massas na vida política nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDERSON, Leslie E. Social Capital in Developing Democracies. Nicaragua and Argentina Compared. Cambridge: Cambridge University Press, 2010.

BERMEO, Nancy. The Revolution within the Revolution: Worker’s Control in Rural Portugal. Princeton: Princeton University Press, 1986.

FISHMAN, Robert M. Democratic Practice after the Revolution: the case of Portugal and Beyond. Politics and Society, v. 39, n. 2, p. 233-267, 2011.

FORAN, John; Good win , Jeff. Revolutionary Outcomes in Iran and Nicaragua: Coalition Fragmentation, War, and the Limits of Social Transformation. Theory and Society, v. 22, n. 2, p. 209-247, 1993.

GOODWIN, Jeff. No Other Way Out. States and Revolutionary Movements, 1945-1991. Cambridge: Cambridge University Press, 2001.

MAXWELL, Kenneth. Regime Overthrow and the Prospects for Democratic Transition in Portugal. In: O’DONNELL, Guillermo; SCHMITTER, Philippe C.; WHITEHEAD, Laurence (Org.). Transitions from Authoritarian Rule. Southern Europe. Baltimore and London: Johns Hopkins University Press, 1986. p. 109-137.

VIEGAS, José Manuel Leite; SANTOS, Susana. Envolvimento dos cidadãos e dos parlamentares nas associações. In: FREIRE, André; VIEGAS, José Manuel Leite.Representação Política. O Caso Português em Perspectiva Comparada. Lisboa: Sextante, 2010. p. 119-143.

SANTOS, Boaventura Sousa. O Estado e a Sociedade em Portugal (1974 1988). Porto: Afrontamento, 1992.

Publicado
2015-11-29
Como Citar
Fernandes, T. (2015). Revolução, reforma e democracia: a sociedade civil em Portugal e Espanha, 1960s-2000s. Estudos Ibero-Americanos, 41(2), 371-392. https://doi.org/10.15448/1980-864X.2015.2.21306
Seção
Revoltas Populares Contemporâneas Numa Perspectiva Comparada