Caracterização e formalização de lacunas em inventários fonológicos consonantais – uma interpretação pela OT

  • Carmen Lúcia Barreto Matzenauer
  • Ubiratã Kickhöfel Alves
Palavras-chave: inventários fonológicos, formalização de lacunas, Teoria da Otimidade

Resumo

O presente trabalho visa a discutir a formalização da marcação na Teoria da Otimidade (OT), centralizando a discussão na caracterização de restrições de marcação específicas de modo (manner-specific constraints), propostas por De Lacy (2002, 2006). Para tal fim, o trabalho focaliza a análise de lacunas em inventários fonológicos consonantais de três diferentes sistemas: do manchu, do português e do fe?fe? bamileke. Pelo fato de associarem a escala de ponto de articulação às dimensões de modo de articulação e vozeamento, conclui-se que as manner-specific constraints se mostram adequadas para o trato dos sistemas lacunares, de modo a constituírem uma alternativa robusta de formalização de restrições no modelo da OT.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Como Citar
Matzenauer, C. L. B., & Alves, U. K. (2010). Caracterização e formalização de lacunas em inventários fonológicos consonantais – uma interpretação pela OT. Letras De Hoje, 45(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/6863
Seção
Fonologia – Temas diversos sob o enfoque da teoria fonológica de nossos dias