Jorge, Enrique, seus personagens

  • Reginaldo da Luz Pujol Filho Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, RS
Palavras-chave: Enrique Vila-Matas, Jorge Luis Borges, Apropriação, Autoria, Escrita criativa

Resumo

Estre trabalho assume seu risco formal assim como o fizeram os autores que o ensejam, Jorge Luis Borges e Enrique Vila-Matas. Podemos dizer que apresentamos uma hipótese fantástica à moda de Borges de Tlon,  Uqbar Orbis Tertius1 e outros contos seus. Quer dizer, propomos relações e proximidades entre Borges e Vila-Matas e o catalão como continuador do argentino, com as ferramentas dos dois: a ficção e o fantástico. O que nos aproxima do outro autor aqui relacionado. Se Vila-Matas já disse que “minha voz é de um ensaísta que utiliza narração como suporte do ensaio”2, nada mais justo que ensaiar sobre ele utilizando a narração. Assim acreditamos refletir sobre entrelaçamentos possíveis entre os autores; a questão da autoria; a questão pós-moderna da apropriação, da citação, do eco. Arriscando na forma, como os dois autores.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Reginaldo da Luz Pujol Filho, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, RS
Escritor. Mestre e doutorando em Escrita Criativa (PUCRS)

Referências

BORGES, Jorge. Ficções. Trad. Carlos Nejar. Porto Alegre: Globo, 1970.

PIGLIA, Ricardo. Novas teses sobre o conto. In: PIGLIA, Ricardo. Formas breves. São Paulo: Companhia das Letras, 2004. p. 95-114.

REVISTA LER. Enrique Vila-Matas: “Se me dessem o Nobel, eu recusava” (entrevista). Lisboa, abr. 2012. p. 66-72.

VILA-MATAS, Enrique. Bartleby e companhia. São Paulo: Cosac Naify, 2004.

VILA-MATAS, Enrique. O mal de Montano. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

VILA-MATAS, Enrique. Doutor Pasavento. São Paulo: Cosac Naify, 2005.

VILA-MATAS, Enrique. História abreviada da literatura portátil. São Paulo: Cosac Naify, 2013.

VILA-MATAS, Enrique. [10 de fevereiro de 2017]. Enrique Vila-Matas: “Aunque no lo quiera, la literatura invade mi vida”. Disponível em: <http://www.elcultural.com/revista/letras/Enrique-Vila-Matas-Aunque-no-lo-quiera-la-literatura-invademi-vida/39209>. Acesso em: 30 abr. 2017 (tradução nossa).

Publicado
2018-02-16
Como Citar
Pujol Filho, R. da L. (2018). Jorge, Enrique, seus personagens. Letras De Hoje, 52(4), 508-511. https://doi.org/10.15448/1984-7726.2017.4.27322
Seção
Literaturas em língua espanhola: romance e conto