Avanços das neurociências para a alfabetização e a leitura

  • Leonor Scliar-Cabral Universidade Federal de Santa Catarina
Palavras-chave: Alfabetização e neurociência

Resumo

Resumo: Examino como a neurociência contribui para o entendimento dos processos envolvidos na alfabetização e leitura e da reciclagem dos neurônios na região occipitotemporal ventral esquerda para o reconhecimento dos traços invariantes que diferenciam as letras entre si, e para o das letras e dos grafemas associados aos fonemas, com a função de distinguir significados. Dessa região há projeções para as áreas que processam a linguagem verbal e o significado: tais processamentos se dão em paralelo, com entradas e saídas simultâneas da informação. As recentes descobertas indicam os melhores métodos para a alfabetização e para o desenvolvimento das competências em leitura e escrita, pois os neurônios humanos são dotados de plasticidade para a aprendizagem de novos reconhecimentos. Cabe assinalar a reciclagem mais complexa nessa aprendizagem: ultrapassar o processamento simétrico dos sinais luminosos, para o qual os neurônios da visão são originariamente programados. Palavras-chave: neurociências; alfabetização; leitura; reciclagem; invariância.

......................................................................................

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leonor Scliar-Cabral, Universidade Federal de Santa Catarina
Departamento de Língua e Literatura Vernáculas (DLLV) CCE UFSC Área: Linguística/Psicolinguística
Publicado
2013-09-09
Como Citar
Scliar-Cabral, L. (2013). Avanços das neurociências para a alfabetização e a leitura. Letras De Hoje, 48(3), 277-282. Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/fale/article/view/12634
Seção
Parte 1 – Alfabetização, Leitura e Escrita: Concepções Teóricas