Comunidade de aprendizagem profissional: tensões nos processos de desenvolvimento profissional de mentoras

  • Aline de Medeiros Rodrigues Reali Universidade de São Paulo
  • Regina Maria Simões Puccinelli Tancredi Universidade Federal de São Carlos
  • Maria da Graça Nicoletti Mizukami Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Programa de Mentoria Online. Comunidade de aprendizagem profissional. Mentores. Formadores. Desenvolvimento profissional da docência.

Resumo

Por meio de uma pesquisa, pautada num modelo construtivo-colaborativo de interação pesquisadoras-professores, buscou-se identificar e compreender as tensões vivenciadas por formadoras (professoras experientes) ao atuarem como mentoras on-line de professoras iniciantes dos primeiros anos do ensino fundamental. O estudo fundamentase, teoricamente, sobre aprendizagem e desenvolvimento profissional da docência. Foram consideradas como dados de pesquisa as narrativas contidas nas correspondências virtuais entre mentoras e professoras iniciantes durante um período de quatro anos, bem como os registros das interações entre mentoras e pesquisadoras em encontros semanais. As tensões vivenciadas pelas mentoras foram identificadas e analisadas a partir de dúvidas, divergências, desacordos e resistências. Os focos considerados foram: configuração da identidade de mentoras como sendo a de formadoras; construção de uma base específica de conhecimento; desenvolvimento de atividades on-line do programa; domínio de conhecimentos específicos; experiência prévia como formadoras.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline de Medeiros Rodrigues Reali, Universidade de São Paulo
Graduação em Psicologia (FFCL de Ribeirão Preto, USP-1979), mestrado em Educação Especial (Educação do Indivíduo Especial-UFSCar-1984) e doutorado em Psicologia (Psicologia Experimental - USP, 1990). É professora titular da Universidade Federal de São Carlos. Tem experiência na área de Educação com ênfase em Formação de Professores. Desenvolve pesquisas envolvendo as seguintes temáticas: desenvolvimento profissional da docência, aprendizagem profissional da docência, formação continuada de professores; formação de professores via Internet, base de conhecimento.
Regina Maria Simões Puccinelli Tancredi, Universidade Federal de São Carlos
Primeira graduação em Licenciatura em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Araraquara, atual Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho - campus de Araraquara, concluída em 1971. Mestrado em Educação pela Universidade Federal de São Carlos (1990) e doutorado em Educação pela mesma instituição e Programa (1995). Atualmente é professora voluntária (associado - nível 01) na Universidade Federal de São Carlos e professora PPI da Universidade Presbiteriana Mackenzie. Com relação ao ensino básico, tem experiência docente na área de Matemática; atuou também como diretora de escola pública estadual. No ensino superior tem atuado com formação de professores nos cursos de graduação (Matemática, Pedagogia e Letras) e como docente e orientadora no curso de Pós-Graduação em Educação da UFSCar e Programa de Pós-Graduação em Educação, Arte e História da Cultura do Mackenzie. Vem desenvolvendo pesquisa e extensão nas áreas de: Formação de Professores e outros agentes educacionais de diferentes níveis e modalidades de ensino; Processos de Ensino e Aprendizagem, com ênfase em avaliação, ensino de matemática, ensino a distância e políticas educacionais. Orienta alunos de graduação, especialização, mestrado e doutorado. 
Maria da Graça Nicoletti Mizukami, Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro
possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (1970), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1977) e doutorado em Ciências Humanas, também pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1983). Tem especialização em Didática - Karl Ruprecht Universität Heidelberg e Pädagogische Hochschule Heidelberg, Alemanha (1971-1974 /DAAD). É professora titular pela Universidade Federal de São Carlos (1991) e desenvolveu pesquisa de pós-doutorado na Santa Clara University, Califórnia, Estados Unidos (FAPESP/1993). Atualmente é professor adjunto III na Universidade Presbiteriana Mackenzie (Centro de Comunicação e Letras - Programa de Pós-graduação em Educação, Arte e História da Cultura) e e professora colaboradora junto ao Programa de Pós-graduação em Educação, área de Processos de Ensino e Aprendizagem, da Universidade Federal de São Carlos.É co-organizadora da série Aprendizagem da Docência, publicada pela UFSCar. Foi membro do comitê de assessoramento CA-ED do CNPq no período 2006-2009 Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: base de conhecimento para o ensino, desenvolvimento profissional da docência, aprendizagem profissional da docência, praticas pedagogicas e casos de ensino. 

Referências

ACHINSTEIN, B.; ATHANASES, S. Z. Focusing new teachers on diversity and equity: toward a knowledge base for mentors. Teaching and Teacher Education, v. 21, p. 843-862, 2005. http://dx.doi.org/10.1016/j.tate.2005.05.017.

BERLINER, D. Learning about and learning from expert teachers. International Journal of Educational Research, v. 35, n. 5, p. 463-482, 2001. http://dx.doi.org/10.1016/S0883-0355(02)00004-6.

BORKO, H.; PUTNAM, R. Learning to teach. In: BERLINER, D. C. ALFEE, R. C. (Eds.). Handbook of Educational Psychology. New York: McMillan, 1996. p. 673-708.

CARROL, D. Learning through interactive talk: a schoolbased mentor teacher group as a context for professional learning. Teaching and Teacher Education, v. 21, p. 4457-473, 2005. http://dx.doi.org/10.1016/j.tate.2005.03.005

CLARK, C. et al. Collaboration as dialogue: teacher and researchers engaged in conversation and professional development. American Educational Research Journal, v. 33, n. 1, p. 193-232, 1996. http://dx.doi.org/10.3102/00028312033001193

CLARK, C. et al. Continuing the dialogue on collaboration. American Educational Research Journal, v. 37, n. 4, p. 785-791, 1998. http://dx.doi.org/10.3102/00028312035004785

COCHRAN-SMITH, M.; FRIES, K. Researching teacher education in changing times: politics and paradigms. In: COCHRAN-SMITH, M.; ZEICHNER, K. M. (Eds.). Studying Teacher Education. The Report of the AERA Panel on Research and Teacher Education, Mahwah, NJ: Lawrence Erlbaum Associates, 2005.

COLE, A. L.; KNOWLES, J. G. Teacher development partnership research: a focus on methods and issues. American Educational Research Journal, v. 30, n. 3 (?), p. 473-495, 1993.

COCHRAN-SMITH, M. Learning and unlearning: the education of teacher educators. Teaching and Teacher Education, v. 19, p. 5-28, 2003. http://dx.doi.org/10.1016/S0742-051X(02)00091-4

DARLING-HAMMOND, L.; BARATZ-SNOWDEN, J. (Eds.). Preparing teachers for a changing world. What teachers should learn and be able to do. The National Academy of Education.San Francisco: Jossey-Bass, 2005.

DAY, C. Pasión por enseñar. Madri: Narcea S.A. Ediciones, 2007.

FAIRBANKS, C. M.; DUFFY, G. D.; FAIRCLOTH, B. S.; HE, Y; LEVIN, B.; ROHR, J.; STEIN, C. Beyond knowledge: exploring why some teachers are more thoughtfully adaptive than others, Journal of Teacher Education, v. 61, n. 1-2, p. 61-171, 2010. http://dx.doi.org/10.1177/0022487109347874

GALLUCCI, C. Theorizing about responses to reform: the role of communities of practice in teacher learning. An occasional paper. Center for the Study of Teaching and Policy, 2003. Disponível em: www.ctpweb.org. Acesso em: 20 ago. 2005.

GATTI, B. A.; BARRETO, E. S. S.; ANDRÉ, M. E. D. A. Políticas docentes no Brasil: um estado da arte. Brasília: Unesco, 2011.

GROSSMAN P.; WINEBURG, S; WOOLWORTH, S. What makes teacher community different from a gathering of teachers. An occasional paper. Center for the Study of Teaching and Policy, 2000. Disponivel em: www.ctpweb.org. Acesso em: 14 jan. 2006.

HAMMERNESS, K. et al. How teachers learn and develop. In: DARLING-HAMMOND, L.; BRANSFORD, J. (Eds.). Preparing teachers for a changing world. What teachers should learn and be able to do. The National Academy of Education, San Francisco: Jossey-Bass, 2005. p. 358-89.

HARGREAVES, D. (The knowledge-creating school. British Journal of Educational Studies, v. 47, n. 2, p. 122-144, 1999. 1999. http://dx.doi.org/10.1111/1467-8527.00107

KENNEDY, M. Knowledge and vision in teaching. Journal of Teacher Education, v. 57, p. 205-211, 2006. http://dx.doi.org/10.1177/0022487105285639

KNOWLES, J. G.; COLE, A. L.; PRESSWORD, C. S. Through preservice teachers’ eyes: exploring field experiences through narrative and inquiry. Nova Scotia, Canada: Backalong Books, Halifax, 2008.

MARCELO, C. Las tecnologías para la innovación y la práctica docente. Revista Brasileira de Educação, v. 18, n. 52, jan.-mar. 2013. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782013000100003 MIZUKAMI, M. G. N.; REALI, A. M. R.; LIMA, E. L.; TANCREDI, R. M. S. P.; MELLO, R. R.; REYES, C.; MARTUCCI, E. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos, SP: EDUFScar, 2010.

MURRAY, J.; MALE, T. Becoming a teacher: evidence from the field. Teaching and Teacher Education, v. 21, n. 2, p. 125-142, 2005.

PACHECO, J. A. B.; FLORES, M. A. Formação e avaliação de professores. Porto: Porto Editora, 1999.

REALI, A. M. M. R.; TANCREDI, R. M. S. P. Programa de Apoio aos Educadores: Espaço de Desenvolvimento Profissional. Projeto de extensão vinculado ao Núcleo Universidade-Escola e ao Programa de Apoio à Extensão Universitária Voltado às Políticas Públicas – PROEXT2003/SESu-MEC., 2003.

REALI, A. M. M. R.; TANCREDI, R. M. S.; MIZUKAMI, M. G. N. Desenvolvimento profissional de professores iniciantes em um programa de mentoria online: experiências de ensino e aprendizagem (EEA) como ferramentas investigativas e formativas. Revista e-Curriculum, v. 12 n. 01, jan./abr. 2014. Disponível em: http://revistas.pucsp.br/index.php/curriculum. Acesso em: 13 maio 2015.

SHULMAN, L. S. Knowledge and teaching: foundations of the new reform. Harvard Educational Review, v. 57, n. 1, p. 1-22, 1987. http://dx.doi.org/10.17763/haer.57.1.j463w79r56455411

VAILLANT, D. Formação de formadores: estado da prática. Documentos de trabalho, n. 25. Preal (Programa de Promoção da Reforma Educativa na América Latina e Caribe), 2003. Disponível em: http://www.preal.org/docs-trabajo/VaillantN31.pdf.

VILLEGAS-REIMERS, E. Teacher professional development: an international review of literature. Paris: Unesco/International Institute for Educational Planning, 2003.

WENGER, E.; WHITE, N.; SMITH, J. D. Digital habitats: stewarding technology for communities. CPsquare Portland, OR, 97206, 2009.

Publicado
2016-07-06
Como Citar
Reali, A. de M. R., Tancredi, R. M. S. P., & Mizukami, M. da G. N. (2016). Comunidade de aprendizagem profissional: tensões nos processos de desenvolvimento profissional de mentoras. Educação, 39(1), 121-132. https://doi.org/10.15448/1981-2582.2016.1.14500