Democracia política, democracia escolar e educação para os direitos humanos

  • Carlos Alberto Vilar Estêvão Instituto de Educação da Universidade do Minho
Palavras-chave: direitos humanos, democracia como direitos humanos, democracia escolar, educação para os direitos humanos

Resumo

O autor parte de uma contextualização do actual estado da democracia política em muitos países ditos avançados e da astenia a que se assiste nessas democracias em termos de vivência dos direitos. A partir daqui, o autor investe na apresentação e análise de algumas concepções de democracia, com relevo para a deliberativa e a comunicativa e, também, para a democracia enquanto direitos humanos. Tendo como pano de fundo este enquadramento, o último ponto deste artigo debruça-se sobre a democracia escolar e linhas estruturantes de uma educação para os direitos humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Vilar Estêvão, Instituto de Educação da Universidade do Minho
Professor Catedrático na Universidade do Minho. Publicou 47 artigos em revistas especializadas e 28 trabalhos em actas de eventos, possui 11 capítulos de livros e 11 livros publicados. Possui 30 itens de produção técnica. Participou em 23 eventos no estrangeiro e 38 em Portugal. Recebeu 3 prémios e/ou homenagens. Nas suas actividades profissionais interagiu com 14 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos.
Publicado
2013-02-15
Como Citar
Estêvão, C. A. V. (2013). Democracia política, democracia escolar e educação para os direitos humanos. Educação, 36(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/12296
Seção
Dossiê - Educação em Direitos Humanos: diferentes enfoques e sentidos em negociação