Currículo de educação em direitos humanos: sentidos em embates/articulações

  • Aura Helena Ramos UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Rita de Cássia Prazeres Frangella UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: educação em direitos humanos, negociação da diferença, hegemonia

Resumo

Este artigo analisa os diferentes sentidos que perpassam a discussão acerca da apropriação da temática dos direitos humanos no campo da educação, questionando a elaboração de políticas curriculares para a educação em direitos humanos. Problematiza a polissemia da educação em direitos humanos e a pretensa universalidade que marca direitos como humanos; a partir daí, argumenta que essa se dá como articulação da diferença e como enunciação cultural. Com balizamento nesse sentido, defende que a configuração pedagógica dos direitos humanos se dê a partir dessa negociação/articulação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aura Helena Ramos, UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Professora Adjunta da Faculdade de Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro - área: Didática e Educação em Direitos Humanos
Rita de Cássia Prazeres Frangella, UERJ - Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Graduada em História (1981), realizou Mestrado em Educação pela PUC-Rio apresentando dissertação sobre disciplina escolar em 1988. Em 2010 concluiu curso de Doutorado no Proped/UERJ defendendo tese na qual analisa o processo de constituição do currículo de educação em direitos humanos no Brasil. Atuou durante dez anos como docente na rede pública de ensino fundamental e médio do Rio de Janeiro e, desde 1991, é professora da UERJ. Vinculada, a partir de 2012, à Faculdade de Educação, mantém atuação concomitante na FEBF-Faculdade de Educação da Baixada Fluminense/UERJ como professora permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação, Cultura e Comunicação em Periferias Urbanas. É membro do Grupo de Pesquisa Currículo, Formação e Educação em Direitos Humanos, e coordena o PEDH-Pólo de Educação em Direitos Humanos, atividade de extensão acadêmica que desenvolve projetos em parceria com escolas na área de educação em direitos humanos. Como repercussão recente das suas atividades, destaca-se a premiação pela classificação em 1º lugar na categoria Educação em Direitos Humanos do Concurso Nacional de artigos científicos e ensaios teóricos sobre Educação para a Diversidade, promovido pela ANPED/MEC-SECAD em 2010, e a Missão Acadêmica a cargo da ANPED realizada em 2011 sob orientação do Prof.Abraham Magendzo, Coordenador da Cátedra Unesco en Educación en Derechos Humanos: Universidad Academia de Humanismo Cristiano, Chile.
Publicado
2013-02-15
Como Citar
Ramos, A. H., & Frangella, R. de C. P. (2013). Currículo de educação em direitos humanos: sentidos em embates/articulações. Educação, 36(1). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/12293
Seção
Dossiê - Educação em Direitos Humanos: diferentes enfoques e sentidos em negociação