Individualidade e formação humana: argumentos em favor da educação como um campo próprio de saber

  • Luiz Artur dos Santos Cestari Universidade Federal de Pernambuco
Palavras-chave: individualidade, formação humana, educação, campo

Resumo

O objetivo deste trabalho é apresentar algumas implicações e posicionamentos que apontem, ainda que provisoriamente, e sempre serão desta forma, orientações para as concepções de “formação” e de “individualidade”, com a finalidade de delimitá-las como argumentos em favor da educação como um campo próprio de saber. A perspectiva da compreensão de educação apresentada neste trabalho reconhece, de início, que o âmbito das possibilidades, no qual se inscreve a proposição sobre a ideia de formação e de indivíduo, sempre será carente de experiências humanas afirmativas, o que nos leva a afirmar o dever ser segundo a natureza daquilo que ainda não é. No entanto, esta condição é aprendida tomando como base o fato de que a ordem estabelecida foi em determinado momento instituída e que, embora seja predominante, não é definitiva. Deste modo, os conceitos de individualidade e formação humana são discutidos diante dos limites da ordem estabelecida, mas também no âmbito das possibilidades, cuja finalidade é apontar problemas e assertivas indispensáveis, em nosso ver, para compreender o educar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luiz Artur dos Santos Cestari, Universidade Federal de Pernambuco
Nadja Mara Amilibia Hermann Bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq - Nível 1C Possui graduação em Filosofia pela Universidade Federal de Santa Maria (1973), mestrado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (1982) e doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1995), com doutorado sanduíche na Universidade de Heidelberg. Foi professora titular de Filosofia da Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul de 1997 a 2005. Coordenou o Comitê de Educação e Psicologia da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul no período de 2002 a 2006. Realizou estágios de pesquisa na Universidade de Heidelberg/Erziehungswissensschatliches Seminar nos anos de 1998, 1999 e 2005. Atualmente é professora adjunta da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Filosofia da Educação, atuando principalmente nos seguintes temas: filosofia da educacao, racionalidade, hermenâutica, Habermas, Gadamer, ética, ética e estética. (Texto informado pelo autor)
Como Citar
Cestari, L. A. dos S. (2012). Individualidade e formação humana: argumentos em favor da educação como um campo próprio de saber. Educação, 35(2). Recuperado de https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/11635
Seção
Outros Temas