Sob o verniz da mestiçagem

Raça e gênero em três filmes brasileiros

Palavras-chave: Cinema Brasileiro, Mestiçagem, Gênero e Raça, Cacá Diegues, Nelson Pereira dos Santos

Resumo

Este artigo propõe investigar como, embora historicamente silenciada ou submersa no discurso da mestiçagem, a questão racial estrutura a opressão de gênero no contexto social e no cinema brasileiro. Para isso, utiliza como objeto de análise os filmes Jubiabá (Nelson Pereira dos Santos, 1987), Orfeu (1999) e O maior amor do mundo (2006), de Cacá Diegues, buscando assim examinar a intersecção de gênero e de raça na construção de personagens, sua caracterização e atuação na narrativa, suas relações de pertencimento e posturas assumidas diante de outras(os) personagens, que podem indicar continuidades, fluxos e contradições nos regimes de visibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ceiça Ferreira, Universidade Estadual de Goiás (UEG), Goiânia, GO, Brasil.

Doutora em Comunicação pela Universidade de Brasília (UnB), em Brasília, DF, Brasil. Professora e pesquisadora do Curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Estadual de Goiás (UEG), em Goiânia, GO.

Referências

ARAÚJO, Joel Zito. Identidade racial e estereótipos sobre o negro na TV brasileira. In: Guimarães, A. S. A.; Huntley, L. (org.). Tirando a máscara: ensaios sobre o racismo no Brasil. São Paulo: Paz e Terra. p. 77-96. 2000.

ARAÚJO, Joel Zito. O negro na dramaturgia, um caso exemplar da decadência do mito da democracia racial brasileira. Revista Estudos Feministas, Florianópolis, v. 16, n. 3, p. 979-985, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ref/v16n3/16.pdf. Acesso em: 27 dez. 2020.

AUTRAN, Arthur. Do rádio à televisão: o personagem negro frente à mídia em dois filmes brasileiros. Significação: Revista de Cultura Audiovisual, São Paulo, v. 38, n. 35, p. 51-73, 2011. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/significacao/article/view/68159. Acesso em: 19 out. 2020.

BRASIL. Jubiabá (1987). Base de dados – Filmografia Cinemateca Brasileira. Disponível em: www.cinemateca.gov.br. Acesso em: 14 set. 2020.

CALDWELL, Kia. L. Negras in Brazil: re-envisioning black women, citizenship, and the politics of identity. New Brunswick: Rutgers University Press, 2007.

CANDIDO, Marcia R.; CAMPOS, Luiz Augusto; FERES JÚNIOR, João. A Cara do Cinema Nacional: gênero e raça nos filmes nacionais de maior público (1995-2014). Textos para discussão GEMAA, Rio de Janeiro, n. 13, p. 1-20, 2016. Disponível em: http://gemaa.iesp.uerj.br/wp-ontent/uploads/2018/03/TpD13.pdf. Acesso em: 9 out. 2020.

CARDOSO, Cláudia P. Outras falas: feminismos nas perspectivas de mulheres negras brasileiras. 2012. 382 f. Tese (Doutorado em Estudos Interdisciplinares Sobre a Mulher) – Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 2012.

CARVALHO, Noel S. Cinema e representação racial: o cinema negro de Zózimo Bulbul. 2005a. 311 f. Tese (Doutorado em Sociologia) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Sociais, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005a.

CARVALHO, Noel S. Esboço para uma história do negro no cinema brasileiro. In: DE, Jeferson (org.). Dogma Feijoada: o Cinema Negro brasileiro. São Paulo: Imprensa Oficial, 2005b. v. 1, p. 17-101.

CARVALHO, Noel S. O cinema em negro e branco (prefácio). In: SOUZA, Edileuza P. de (org.). Negritude, cinema e educação: caminhos para a implementação da Lei 10.639/2003. Belo Horizonte: Mazza Edições, 2006. v. 1, p. 17-30.

COLLINS, Patricia Hill. Pensamento feminista negro: conhecimento, consciência e a política do empoderamento. Boitempo Editorial, 2019a.

COLLINS, Patricia Hill. Entrevista Pensamento feminista negro | #1 Imagens de controle. [S. I.: s. n.], 8 mar. 2019b. 1 vídeo (8 min 23 seg.). Publicado pelo canal TV Boitempo. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=XVdbyhuAJEs. Acesso em: 21 de jul. 2021.

CRENSHAW, Kimberlé. Documento para o encontro de especialistas em aspectos da discriminação racial relativos ao gênero. Estudos Feministas, Florianópolis, v. 10, n. 1, p. 171-188, jan. 2002.

CRENSHAW, Kimberlé. Mapping the Margins: Intersectionality, Identity Politics, and Violence against Women of Colour. Stanford Law Review, v. 43, n. 6, p. 1241-1299, jul. 1991.

CORRÊA, Mariza. Sobre a invenção da mulata. Cadernos Pagu, Campinas, n. 6/7, p. 35-50, 1996.

GATES JUNIOR, Henry L. Os negros na América Latina. Tradução de Donaldson M. Garschagen. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.

GOMES, Nilma L. Alguns termos e conceitos presentes no debate sobre relações raciais no Brasil: uma breve discussão. In: BRASIL. Ministério da Educação. Educação anti-racista: caminhos abertos pela Lei Federal nº 10.639/03. Brasília, DF: MEC: Unesco, 2005. p. 39-64. (Coleção Educação para Todos).

GONZALEZ, Lélia. Racismo e sexismo na cultura brasileira. In: SILVA, L. A. et al. Movimentos sociais urbanos, minorias e outros estudos. Ciências Sociais Hoje ANPOCS, Brasília, n. 2, p. 223-244, 1983.

GUIMARÃES, Antonio S. A. Racismo e anti-racismo no Brasil. 3. ed. São Paulo: Fundação de Apoio à Universidade de São Paulo, 2009.

JESUS, Maria Angela. Ruth de Souza: estrela negra. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.

JUBIABÁ. Direção: Nelson Pereira dos Santos. Produção: Rio de Janeiro: Regina Filmes; S.F.P. – Societé Française de Production, 1987. Arquivo MP4 (100 min), son., color.

KENY, Daniel. Em 40 anos, a “Playboy” Brasil só teve 9 capas com mulheres negras. In: Jovem Pan. 20 nov. 2015. Disponível em: http://jovempan.uol.com.br/ entretenimento/famosos/em-40-anos-playboy-brasil-so-teve-9-capas-com-mulheres-negras.html. Acesso em: 12 set. 2020.

MULVEY, Laura. Prazer visual e cinema narrativo. In: Xavier, I. (org.). A experiência do cinema. Rio de Janeiro: Edições Graal: Embrafilme, 1983. p. 435-454.

NAGIB, Lucia. Orfeu negro em cores. Aletria: Revista de Estudos de Literatura, Belo Horizonte, v. 8, n. 1, p. 15-24, 2001.

NAGIB, Lucia. O paraíso negro – Orfeu, Orfeu negro e a peça Orfeu da Conceição. In: NAGIB, Lucia. A utopia no cinema brasileiro: matrizes, nostalgia, distopias. São Paulo: Cosac Naify, 2006. p. 121-140.

NASCIMENTO, Beatriz. A mulher negra e o amor. In: RATTS, Alex. Eu sou atlântica: sobre a trajetória de vida de Beatriz Nascimento. São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo: Instituto Kuanza, 2007. p. 126-129.

NKOSI, Deivison F. O pênis sem o falo: algumas reflexões sobre homens negros, masculinidades e racismo. In: Blay, E. A. (org.). Feminismos e masculinidades: novos caminhos para enfrentar a violência contra a mulher. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2014. p. 75-104.

O MAIOR amor do mundo. Direção: Carlos Diegues (Cacá Diegues). Produção: Renato de Almeida Magalhaes. 1999. Arquivo MP4 (98 min), son., color.

ORFEU. Direção: Cacá Diegues. Produção: Renato de Almeida Magalhaes; Paula Lavigne. 1999. Arquivo MP4 (110 min), son., color.

ORICCHIO, Luiz Z. Cinema de novo: um balanço crítico da retomada. São Paulo: Estação Liberdade, 2003.

RATTS, Alex. Gênero, raça e espaço: trajetórias de mulheres negras. In: ENCONTRO ANUAL DA ANPOCS, 17., 2003, Caxambu. Anais eletrônicos [...]. Caxambu, 2003. p. 1-20. Disponível em: http://portal.anpocs.org/portal/index.php? option=com_docman&task=doc_view&gid=4259&Itemid=316. Acesso em: 12 nov. 2020.

SILVA, Taíssa Dias; COELHO, Sandra Straccialano. Além do estereótipo: uma análise de Mãe Santinha, de O maior amor do mundo. Esferas, Brasília, n. 18, p. 121, 2020.

SILVA, Paulo Vinicius B.; ROSEMBERG, Fúlvia. Brasil: lugares de negros e brancos na mídia. In: Van Dijk, T. Racismo e discurso na América Latina. São Paulo: Contexto, 2008. p. 73-117.

SOARES, Diony M. O. Refletindo sobre a representação de mulheres negras brasileiras a partir de fragmentos das trajetórias de três atrizes pioneiras: Ruth de Souza, Léa Garcia, Taís Araújo. In: REUNIÓN DE ANTROPOLOGÍA

DEL MERCOSUL (RAM), 8., 2009, Buenos Aires. Anais [...]. Buenos Aires, 2009. p. 1-15.

TADEI, Emanuel M. A mestiçagem enquanto um dispositivo de poder e a constituição de nossa identidade nacional. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, DF, v. 22, n. 4, p. 2-13, 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/pcp/v22n4/ 02.pdf. Acesso em: 18 ago.2020.

Publicado
2021-11-16
Como Citar
Ferreira, C. (2021). Sob o verniz da mestiçagem: Raça e gênero em três filmes brasileiros. Revista FAMECOS, 28(1), e39837. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2021.1.39837