Sobre a Revista

A Revista Famecos é uma publicação do Programa de Pós-Graduação em Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Criada em setembro de 1994, com periodicidade semestral, passou, em 2001, a ser quadrimestral. Desde 2010 (v. 17, n.º 2), circula somente no formato digital, mantendo adequação às diretrizes da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Periódico científico-acadêmico de ampla citação em teses, dissertações, artigos e livros do Brasil, publica apenas artigos inéditos.

É conceito A2 no sistema de avaliação Qualis da Capes.

 

A Revista Famecos seleciona e publica artigos, ensaios e resenhas capazes de provocarem impacto e promoverem o avanço da pesquisa científica na área de comunicação, dentro das seguintes seções:

- Jornalismo, Cinema, Cibercultura, Mídia e Cultura, Audiovisual, Pensamento Midiático Comunicacional, Relações Públicas, Publicidade e Propaganda.

Além disso, disponibiliza as seções "Critical Reviews" e "Notícias Bibliográficas"

As colaborações devem vir acompanhadas da indicação da seção a que se destinam.

A Revista não publica artigos de revisão bibliográfica, incentivando, porém, a apresentação de resenhas críticas e notícias bibliográficas (resumos), de única autoria, sobre a literatura aparecida nos dois últimos anos da data da submissão.

 

Os originais enviados à revista devem ser assinados por portadora/es do título de doutor/a, eventualmente em coautoria com doutoranda/os. As pesquisas de cunho essencialmente bibliográfico não deverão ter mais de duas autorias. Os trabalhos com três autorias, o máximo permitido, serão sempre estudos de campo ou de amplo espectro, e devem ser acompanhados da devida justificativa.

Os textos submetidos à revista passam por uma avaliação preliminar, de caráter soberano, pela equipe editorial, visando decidir sobre seu encaminhamento ou não aos pareceristas, sendo levadas em conta nisso, além da adequação ao foco e escopo, a maturidade da proposta e o rigor na expressão acadêmica.

Ainda nesta fase, poderá ocorrer a solicitação de correções, visando a feitura de ajustes formais.

Os trabalhos que não se enquadrarem no escopo da revista, que não cumprirem requisitos mandatórios ou que, uma vez aprovados, não atendam às solicitações dos editores serão arquivados definitivamente, não podendo ser reapresentados.

Admitida a submissão pelos editores, são solicitados dois pareceres a especialistas na temática. Os editores se baseiam neles para tomar sua decisão relativamente aos artigos, sem, contudo, abrir mão do direito a julgamento final, de caráter irrecorrível. A publicação dos trabalhos está, portanto, condicionada ao cumprimento de suas recomendações. Os trabalhos cuja natureza singularíssima não encontrem avaliadores especializados no corpo de pareceristas da revista serão devolvidos aos autores.

Os avaliadores são orientados a levar em conta a originalidade do artigo, a consistência da pesquisa e o rigor da abordagem desenvolvida, de modo a garantir publicações que importem em reais contribuições às áreas de atuação do periódico.

O sistema de revisão é duplo-cego: os nomes dos pareceristas permanecerão em sigilo, omitindo-se também os nomes dos autores perante os pareceristas.

Dos avaliadores espera-se que sejam críticos e objetivos em sua avaliação do trabalho de seus colegas, evitando julgamentos idiossincráticos e a aplicação de normas estranhas à intenção original das submissões. Havendo algum conflito de interesse ou dificuldade em formular um juízo o mais objetivo possível (isto é, sem imposições doutrinárias), os pareceristas devem contatar os editores. Recomenda-se aos pareceristas a apresentação de sugestões bibliográficas e outras que possam aprimorar os artigos, inclusive nos casos de rejeição.

O texto e demais informações disponibilizadas no processo de avaliação devem ser tratados com sigilo e não podem ser utilizados para outra finalidade pelos usuários.

Os artigos não deverão exceder os 60 mil caracteres em extensão.

 

Fluxo contínuo

Este periódico proporciona acesso aberto a todo o seu conteúdo, seguindo o princípio de que tornar gratuito o acesso à pesquisa científica gera um maior intercâmbio global de conhecimento.

Autoria

Os autores são titulares originários e serão responsáveis pela originalidade e autoria de sua criação, não sendo a editora penalizada, civil ou criminalmente, por eventual plágio ou conteúdo inadequado.

Ineditismo e originalidade

Ao submeter o manuscrito, os autores garantem que o trabalho não foi previamente publicado nem está sendo analisado por outra revista.

Não são aceitáveis cópias literais de trechos já publicados, a não ser em casos excepcionais, na forma de citação. Ilustrações e gráficos de outras fontes devem ser creditados ou acompanhados de permissão de seus titulares de direitos autorais, se aplicável.

Correção de erros e retratações

Os autores devem se comprometer com a casa publicadora, entregando o texto com linguagem adequada e apta à publicação. É necessário, no entanto, notificar o editor se algum erro for identificado, a fim de publicar uma errata.

Sigilo

O texto enviado para avaliação é um documento e será protegido de qualquer forma de exploração.

Dados de catalogação

Ficha catalográfica elaborada pelo Setor de Tratamento da Informação da Biblioteca Central da PUCRS.

Política de taxas para submissão de artigos e Taxas para Processamento de Artigos (APCs)

Este periódico não cobra taxas para publicação.

Cobertura temática codificada de acordo com a classificação do CNPq, identificando primeiro e segundo níveis

  • Área principal: Comunicação e Informação
  • Qualis: A2
  • Período: 2013-2016