O sonho da cidade

Medo e interação na metrópole imaginada

Palavras-chave: Medo, Cidade, Imaginário, Corpo, Gaiman

Resumo

As metrópoles contemporâneas, onde efemeridade e velocidade assumem papéis econômicos fundamentais, propiciam o surgimento de ambiances e imaginários sobre cidades ideais ou de sonho. Neste artigo, temos como objetivo estudar, a partir de uma leitura da antropologia das emoções e de estudos urbanos, uma situação de évasion: o conto fantástico “Uma história de duas cidades”, dos quadrinhos de Sandman, de Neil Gaiman. No conto, a cidade de sonho torna-se labirinto de significações do qual os indivíduos buscam uma fuga. Metodologicamente, a partir de uma perspectiva qualitativa, hermenêutico-interpretativa, lemos texto e imagens da HQ, observando a cidade imaginada como tentativa de évasion movidos pela questão sobre em que medida medo e interação midiatizada produzem sentidos sobre a cidade contemporânea. Como resultado preliminar, observamos que na HQ o indivíduo se divide entre a segurança do espaço privado e o desejo de lançar-se ao espaço desconhecido, aos encontros e à morte.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Fábio Medeiros Vieira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Mestre e doutorando em Comunicação pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro, RJ, com estágio de doutorado na Université de Strasbourg, França. Analista de Ciência e Tecnologia do Instituto Nacional de Câncer (Inca).

 

Denise da Costa Oliveira Siqueira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

Doutora em Ciências da Comunicação (ECA/USP), com estágio pós-doutoral em Sociologia (Université Paris-Descartes e Université de Strasbourg, França). Professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro, no Rio de Janeiro, RJ.

Referências

BAUDELAIRE, Charles. Sobre modernidade: o pintor da vida moderna. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

BAUMAN, Zygmunt. Medo líquido. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 2008.

BENJAMIN, Walter. Paris, capital do século XIX. São Paulo: Ática, 1985.

CAMPBELL, Joseph. O herói de mil faces. São Paulo: Cultrix, 2000.

CASTALDO, Annalisa. “No more yielding than a dream”: the construction of Shakespeare in The Sandman. College Literature, Baltimore, v. 31, n. 4, p. 94-110, 2004.

DICKENS, Charles. Um conto de duas cidades. São Paulo: Editora Nova Cultural, 2002.

DOCK, Astrid. The Dream of Morpheus: A Character Study of Narrative Power in Neil Gaiman’s The Sandman Astrid. Degree project in English Literature. Centre for Languages and Literature Lund University. Lund: Autumn Term 2018.

DURAND, Gilbert. O imaginário: ensaio acerca das ciências e da filosofia da imagem. São Paulo: Difel, 1998.

FOUCAULT, Michel. Vigiar e punir: história da violência nas prisões. 36. ed. Petrópolis: Vozes, 1997.

FREITAS, Ricardo Ferreira; GOTARDO, Ana Teresa. Cenários de guerra na selva urbana: imaginários da violência e consumo turístico da cidade do Rio de Janeiro no documentário seriado Madventures. DOC On-line: Revista Digital de Cinema Documentário, [S. I.], n. 17, p. 172-190, 2015.

GAIMAN, Neil. Uma história de duas cidades. In: Sandman: fim dos mundos, v. 8. São Paulo, Conrad Editora do Brasil, 2007. p. 27-41.

KATSIADAS, Nicholas P. Transforming literary history into romantic myths in comics: Neil Gaiman’s Sandman, Alan Moore and JH Williams III’s Promethea, and Mike Carey and Peter Gross’s The Unwritten. 2019. Tese (Doutorado). Indiana University of Pennsylvania, Indiana, 2019.

LE BRETON, David. As paixões ordinárias: antropologia das emoções. Petrópolis: Vozes, 2009.

LE BRETON, David. L’interactionnisme symbolique. 4. ed. Paris: Presses Universitaires de France, 2016.

MAFFESOLI, Michel. Homo eroticus: comunhões emocionais. Rio de Janeiro: Forense, 2014.

MAFFESOLI, Michel. Sobre o nomadismo: vagabundagens pós-modernas. Rio de Janeiro: Record, 2001.

MAFFESOLI, Michel. Tribalismo pós-moderno: da identidade às identificações. Ciências sociais Unisinos, São Leopoldo, v. 43, n. 1, p. 97-102, 2007.

RAUCH, Stephen. Neil Gaiman’s The Sandman and Joseph Campbell: In search of the modern myth. Rockville: Wildside Press LLC, 2003.

SARLO, Beatriz. La ciudad vista: mercancías y cultura urbana. Buenos Aires: Siglo Veintiuno Editores, 2009.

SIMMEL, Georg. A metrópole e a vida mental. In: VELHO, O. G. (org.). O fenômeno urbano. Rio de Janeiro: Zahar,1979. p. 11-25.

SIMMEL, Georg. Le conflit. Paris: Circé, 1995.

SIQUEIRA, Denise da Costa Oliveira Siqueira. Corpo, construção social das emoções e produção de sentidos na comunicação. In: SIQUEIRA, D.C.O.S. (org). A construção social das emoções: corpo e produção de sentidos na comunicação. Porto Alegre: Sulina, 2015. p. 15-36.

VERNANT, Jean-Pierre. Mito e religião na Grécia Antiga. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2006.

VIGARELLO, Georges. O sentimento de si: história da percepção do corpo. Petrópolis: Vozes, 2016.

Publicado
2021-08-20
Como Citar
Vieira, M. F. M., & Siqueira, D. da C. O. (2021). O sonho da cidade: Medo e interação na metrópole imaginada. Revista FAMECOS, 28(1), e39416. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2021.1.39416