Uma proposta hermenêutica para a Comunicação e a metáfora da Rádio Sucupira

  • Leticia Cantarela Matheus Universidade do Estado do Rio de Janeiro
Palavras-chave: Comunicação, Hermenêutica, Metáfora

Resumo

Este artigo traz uma reflexão sobre a hermenêutica, suas diferentes abordagens e as perspectivas mais produtivas para as pesquisas em Comunicação, assumindo como ponto de partida o paradigma histórico. O estudo estabelece um diálogo com a historiadora Verena Alberti e enfatiza a contribuição do filósofo francês Paul Ricoeur, na dimensão hermenêutica de sua obra, apontando as aproximações mais profícuas, sobretudo ao seu conceito de metáfora e a sua preocupação com a apropriação. O artigo aplica algumas dessas reflexões, especialmente acerca da metáfora, a um exercício de análise do programa da CBN chamado “Rádio Sucupira”. O boletim jornalístico promove uma paródia da realidade política com a telenovela “O Bem Amado”, que foi ao ar pela TV Globo nos anos 1970, acrescentando informação e fazendo emergirem complexos sentidos sobre a atual realidade brasileira.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leticia Cantarela Matheus, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF); Professora e pesquisadora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ)

Referências

ALBERTI, Verena. A existência na história: revelações e riscos da hermenêutica. Estudos históricos – Historiografia, Rio de Janeiro, v. 9, n. 17, pp. 31-57, 1996. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/4153/413.pdf?sequence=1. Acesso em: 24 jul. 2013.

BEM AMADO (O). Verbete. Dicionário da TV Globo. Vol. 1, p. 39-40, Rio de Janeiro: Zahar, 2003.

FERNANDES, Edmilson. Entrevista à autora em 3 maio 2013, por e-mail.

GADAMER, Hans-Georg. Verdade e método – Traços fundamentais de uma hermenêutica filosófica. Petrópolis (RJ): Vozes, 1999.

RICOEUR, Paul. Hermenêutica e ideologias. Petrópolis (RJ): Vozes, 2011.

______. Teoria da interpretação. Lisboa: Edições 70, 2000. Material empírico: Não duvide de minha masculinidade. Disponível em: http://cbn.globoradio.globo.com/colunas/radiosucupira/2013/03/29/NAO-DUVIDE-DE-MINHA-MASCULINIDADE.htm#ixzz2VUIsKz1H. Acesso em: 3 maio 2013.

A inflação está morta. Disponível em: http://cbn.globoradio.globo.com/colunas/radio-sucupira/2013/04/12/INFLACAOESTAMORTA.htm#ixzz2VUIgUrC6. Acesso em: 3 maio 2013.

Como estadista, coloco o esporte entre os primeiramente da minha administração. Disponível em: http://cbn.globoradio.globo.com/colunas/radiosucupira/2013/05/31/COMO-ESTADISTA-COLOCO-O-ESPORTE-ENTRE-OSPRIMEIRAMENTE-DA-MINHA-ADMINISTRACAO.htm. Acesso em: 3 maio 2013.

Publicado
2014-06-02
Como Citar
Matheus, L. C. (2014). Uma proposta hermenêutica para a Comunicação e a metáfora da Rádio Sucupira. Revista FAMECOS, 21(1), 123-147. https://doi.org/10.15448/1980-3729.2014.1.14480
Seção
Jornalismo