Revisitando as trajetórias e processos formativos na/da docência

Memórias e (res)significações

Palavras-chave: Processos formativos, Docência, Complexidade das trajetórias, Autobiografia

Resumo

Este artigo ancora-se nas conexões entre trajetórias pessoais/profissionais e processos formativos na/da docência, a partir de memórias e (res)significações, considerando a complexidade na/da docência. Para tanto, deriva de pesquisa (auto)biográfica, potencialmente inter/transdisciplinar, abrangendo diferentes níveis de ensino (Educação Básica e Educação Superior), em que o/a professor/a ensina/aprende ao longo da vida. São conceitos basilares na abordagem da problemática: como se configuram as trajetórias pessoal/profissional e os processos formativos na/da docência, vivenciados e narrados por uma educadora, em busca das suas memórias e (res)significações?. O objetivo geral voltou-se à compreensão das trajetórias e processos formativos na/da docência, delimitada ao sujeito da pesquisa, estabelecendo o critério de escolha da personagem e o recorte espaço-temporal – uma educadora no município de Santa Maria/RS, ao longo da carreira. Reafirma a abordagem metodológica qualitativa por meio de narrativas (auto)biográficas. As memórias e (res)significações docentes permitem que esses movimentos complexos possam ser apreendidos dos processos vividos, ressignificados e narrados. Essas dimensões conceituais vão sendo elucidadas e ampliadas na pesquisa (auto)biográfica, por meio de narrativas e outras fontes de informação e iconografia. O modelo interpretativo, compreensão cênica em complexidade, é proposto a partir de Santa Marinas e Marinas (1994), Marinas (2007, 2014), Abrahão (2014) e Morin (2012 a, 2012 b). A autobiografia da personagem contém fatos e argumentos que sustentam a pesquisa postulada. Concluímos que a personagem da narrativa vivencia a complexidade das trajetórias e processos formativos na/da docência, demarcados pela vivência inter/transdisciplinar, o que foi sendo confirmada na compreensão cênica complexa dos contextos das próprias memórias e (res)significações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Lorena Ines Peterini Marquezan, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS, Brasil.

Doutorado em Educação pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). É professora adjunta IV e chefe de departamento de Fundamentos da Educação do Centro de Educação da UFSM, Santa Maria, RS, Brasil.

Referências

ABRAHÃO, M. H. M. B. Pesquisa (auto) biográfica: tempo, memória e narrativas. In: ______. (Org.). A aventura (auto) biográfica: teoria e empiria. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004 a, p. 201-224.

______. História e Histórias de Vida: Destacados Educadores fazem a História da Educação Rio-grandense. 2ª Ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2004b.

______. Alguém sabe quem foi Zilah Mattos Totta? In: PASSEGGI, M. C.; SILVA, V. B. (Orgs.). Invenções de vidas, compreensão de itinerários e alternativas de formação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010, p. 45-82.

______. Anotações teórico-metodolológicas do trabalho com fontes visuais e (áudio) visuais em pesquisas com história de vida e memoriais de formação. Revista Educação, Santa Maria, v. 1, n. 1, p. 13-26, 2014a.

______. Fontes orais, escritas e (audio) visuais em pesquisa (auto) biográfica: palavra dada, escuta (atenta), compreensão cênica. O studium e o punctum possíveis. In: ABRAHÃO, M. H. M. B.; BRAGANÇA, I. F. D. S.; ARAÚJO, M. S. Pesquisa (auto) Biográfica: Fontes e questões. Curitiba: CRV, 2014b, p. 57-77.

______. A (re) invenção da personagem. Revisitando a História de Vida de uma destacada educadora sul-rio-grandense mediante leitura de fontes imagéticas. Trabalho Inédito, 2015.

ABRAHÃO, M. H. M. B.; FRISON, L. M. B. Narrativas (auto) biográficas de formação e o entrelaçamento com a autoregulação da aprendizagem. In: ABRAHÃO, M. H. M. B. (Org.). (Auto) biografia e formação humana. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010.

FURTADO, D. B. V.; MEURER, A. C. O diálogo entre a aprendizagem acadêmica e a prática pedagógica na educação infantil PIBID - interdisciplinar educação do campo. In. GENTILI, P. Falsificação do Consenso. Petrópolis RJ, Vozes 2002.

IMBERNÓN, F. Formação continuada de professores. Tradução de Juliana dos Santos Padilha. Porto Alegre: Artmed, 2010.

______. Formação Docente e Profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. São Paulo: Cortez, 2006.

______. Introdução... In: JARAUTA, B.; IMBERNÓN, F. Pensando no futuro da educação: uma nova escola para o século XXII. Porto Alegre: Penso, 2015.

JOSSO, M. C. Da formação do sujeito ao sujeito da formação. In: NÓVOA, A.; FINGER, M. F. (Eds.). O Método (Auto) biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, Cadernos de Formação, 1988.

______. Da formação do sujeito ao sujeito da formação. In: NÓVOA, A.; FINGER, M. F. (Eds.). O Método (Auto) biográfico e a formação. Lisboa: Ministério da Saúde, Cadernos de Formação, 1988.

______. Caminhar para si. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2010a.

______. Experiências de vida e formação. Tradução de José Claudio e Julia Ferreira. 2ª Ed. Natal: EDUFRN; São Paulo: PAULUS, 2010b.

______. Prefácio. In: ABRAHÃO, M. H. M. B. (Org.). (Auto) biografia e formação humana. Porto Alegre: EDIPUCRS; Natal: EDUFRN, 2010c, p. 9-16.

LACAN, J. Le symboliqye, I’maginaire et le réel, Ptl, 1953a.

______. La relation d’objet. Paris: Le Seuil, 1956-1957.

MARINAS, J-M. La razón biográfica: Ética y política de la identidad. Editorial Biblioteca Nueva, S.L., Madrid, 2004.

______. La escucha en la historia oral: palabra dada. Madrid: Editorial Síntesis, 2007.

______. Lo Inconsciente en las historias. In: ABRAHÃO, M. H. M. B; BRAGANÇA, I. F. D. S.; ARAUJO, M. da S. Pesquisa (auto) biográfica: fontes e questões. Curitiba: CRV, 2014, p. 39-55.

MARQUEZAN, L. I. P. Trajetórias e processos formativos na/da docência: memórias e [res] significações. Tese (Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, RS, 2015, 328 f.

MEURER, A. C. O Projeto Político-Pedagógico da Escola Itinerante: contribuições que me ajudaram a repensar o projeto político-pedagógico da Universidade. In: MEURER, A. C. Espaços-tempos de itinerância. Interlocuções entre Universidade e escola itinerante do MST. Santa Maria: Editora UFSM, 2006, p. 197-215.

MORIN, E. Para sair do século XX. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1986.

______. Complexidade e transdisciplinaridade: a reforma da universidade e do Ensino Fundamental. Natal: Editora da UFRN, 1999.

______. O X da questão: o sujeito a flor da pele. Rio de Janeiro: Imago, 2002.

______. A cabeça bem-feita: repensar a reforma, repensar o pensamento. 6.ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil Ltda., 2003.

______. O método 3: o conhecimento do conhecimento. Porto Alegre: Sulina, 2012a.

______. O método 5: a humanidade da humanidade. Porto Alegre: Sulina, 2012b.

NÓVOA, A. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

______. As narrações centradas sobre a formação durante a vida como desvelamento das formas e sentidos múltiplos de uma existencialidade singular-plural. Revista da FAEEBA: Educação e Contemporaneidade, Salvador, v. 17, n. 29, p. 17-302008.

______. A imaginação e suas formas em ação nos relatos de vida e no trabalho autobiográfico: a perspectiva biográfica como suporte de conscientização das ficções verossímeis com valor heurístico que agem em nossas vidas. In. PERES, L.M.V.; EGGERT, E.; KUREK, D. L. (Orgs). Essas coisas do imaginário: diferentes abordagens sobre narrativas [auto] formadoras. São Leopoldo: Oikos; Brasília: Liber Livro, 2009, p. 118-147.

SANTAMARINA, C.; MARINAS, J.M. Histórias de vida y história oral. In DELGADO, J.M.; GUTIÉRRES, J. Métodos e técnicas cualitativas de investigación em ciências sociales. Madrid: Síntesis, 1994.

SOUZA, E. C. de; ABRAHÃO, M.H.M.B. (Orgs.). Tempos narrativas e ficções: a invenção de si. Porto Alegre/Salvador: EDIPUC, RS. 2006.

Publicado
2021-06-21
Como Citar
Marquezan, L. I. P. (2021). Revisitando as trajetórias e processos formativos na/da docência: Memórias e (res)significações. Educação Por Escrito, 12(1), e34040. https://doi.org/10.15448/2179-8435.2021.1.34040