Artigo sobre o ensaio que é romance

A miscelânea de gêneros em Ensaio sobre a cegueira de José Saramago

Palavras-chave: Gêneros Literários, Pós-Modernismo, José Saramago, Ensaio sobre a Cegueira

Resumo

O presente artigo objetiva realizar uma leitura do romance Ensaio sobre a cegueira (1995), de José Saramago, abordando o processo de mescla genológica que permeia toda a obra e que compõe a lista das características atribuídas aos romances pós-modernos. A mescla genológica questiona a função fixa dos gêneros literários, revisando o conforto do pacto ficcional estabelecido entre o leitor e a obra de ficção. Apesar de não ser um artifício novo na literatura, no Ensaio sobre a Cegueira temos um processo deliberado de mistura de gêneros que remonta às primeiras obras de José Saramago, a exemplo do romance Manual de Pintura e Caligrafia (1977). Para realizar a pesquisa, são utilizados os estudos teóricos de Lyotard (2011) para discutir a pós-modernidade como um novo momento sociopolítico cultural. Posteriormente, estreitando o debate, são utilizados os trabalhos de Hutcheon (1991) e Arnaut (2002), apresentados em diálogo com Luiz Costa Lima (2002), Aguiar e Silva (1993), e Angélica Soares (2007) para a elaboração do conceito de gênero textual, especificamente, o gênero literário e como eles se fundem na obra saramaguiana. Verifica-se que essas características, embora abordadas separadamente, concorrem para a fragmentação da narrativa e para sua leitura como uma obra pós-modernista.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jeymeson de Paula Veloso, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), Bacanal, MA, Brasil.

Mestre em Letras pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, PI, Brasil. Doutorando em Letras pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), em Teresina, PI, Brasil. Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA), em Bacabal, MA, Brasil. 

Referências

AGUIAR E SILVA, Vitor Manuel. Teoria da Literatura. 8. ed. Coimbra: Almedina, 1993.

AGUILERA, Fernando Gómez (org.). As palavras de Saramago. Catálogo de reflexões pessoais, literárias e políticas. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.

ARNAUT, Ana Paula. “Post-Modernismo: O futuro do passado no romance português contemporâneo”. Via Atlântica, São Paulo, v. 1, n. 17, p. 129-140, 2010.

ARNAUT, Ana Paula. Post-modernismo no romance português contemporâneo. Coimbra: Almedina, 2002.

BASTAZIN, Vera. Mito e poética na literatura contemporânea: um estudo sobre José Saramago. São Paulo: Ateliê Editorial, 2006.

CALBUCCI, Eduardo. Saramago: um roteiro para os romances. São Paulo: Ateliê Editorial, 1999.

FLORY, Suely Fadul Villibor. O leitor e o labirinto. São Paulo: Editora Arte e Ciência, 1997.

HUTCHEON, Linda. Poética do pós-modernismo. Rio de Janeiro: Imago. 1991.

LIMA, Deize Esmeralda Cavalcante Nunes. Cegueira e Lucidez: os ensaios de Saramago. 2008. Dissertação (Mestrado em Literatura e diversidade cultural) – Universidade Estadual de Feira de Santana, Feira de Santana, 2008. Disponível em: http://tede.uefs.br/tedesimplificado/tde_arquivos/1/TDE-2008-11-26T172625Z-66/Restrito/Deize%20Lima.pdf. Acesso em: 15 ago. 2011.

LIMA, Luiz Costa. Teoria da Literatura em suas fontes. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. v. 1.

LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. 14. ed. Rio de Janeiro: José Olympio Editora, 2011.

MOISÉS, Massaud. Dicionário de termos literários. 3. ed. São Paulo: Cultrix, 1982.

SARAMAGO, José. Ensaio sobre a Cegueira. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

SARAMAGO, José. Ensaio sobre a lucidez. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

SARAMAGO, José. A Caverna. São Paulo: Cia das Letras, 2000.

SARAMAGO, José. Memorial do convento. 24. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil,1999.

SARAMAGO, José. Um caderno para Saramago [Entrevista cedida a] Humberto Werneck. Revista PLAYBOY Brasileira, São Paulo, p. 29-51, out. 1998.

SARAMAGO, José. Levantado do Chão. Rio de Janeiro: Record, 1996.

SARAMAGO, José. Cadernos de Lanzarote: Diário II. Lisboa: Caminho, 1995.

SARAMAGO, José. Cadernos de Lanzarote: Diário I. Lisboa: Caminho, 1994.

SARAMAGO, José. Evangelho segundo Jesus Cristo. 9. ed. São Paulo: Cia das Letras, 1993.

SARAMAGO, José. História do cerco de Lisboa. São Paulo: Cia. das Letras, 1989.

SILVA, Teresa Cristina Cerdeira da. José Saramago – Entre a história e a ficção: Uma saga de portugueses. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1989.

SOARES, Angélica. Gêneros literários. 7. ed. São Paulo: Editora Ática, 2007.

Publicado
2022-08-24
Como Citar
Veloso, J. de P. (2022). Artigo sobre o ensaio que é romance: A miscelânea de gêneros em Ensaio sobre a cegueira de José Saramago. Navegações, 15(1), e43040. https://doi.org/10.15448/1983-4276.2022.1.43040