Literaturas da Amazônia: o oriente em Milton Hatoum

Palavras-chave: Oriente, Amazônia, Milton Hatoum

Resumo

Este trabalho tem como objetivo analisar a narrativa Relato de um certo Oriente (2008), do manauara Milton Hatoum, vindo a público em 1989. A narrativa de Hatoum é moldadas com base em memórias e deslocamentos, de grupos marginalizados, atrelados a um discurso de formação da Amazônia, a partir do Ciclo da borracha, bem como da emancipação amazônica, no final da década de 1980. Acostados à perspectiva que o romance escolhido para análise é construído a partir da experiência de exílio, da errância e deslocamento, alicerçados ainda, na observação que seus eus locais já são revestidos de eus globais, intentamos refletir sobre a representação literária desses grupos, cuja identidade coletiva se reveste de sentido negativo, ora pela cultura dominante, ora pela orientação social coletiva.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ANDREEVA, Yana. A Manaus dos imigrantes na ficção de Milton Hatoum. Études Romanes, [S. l.], v. 1, 2016. https://doi.org/10.5817/erb2016-1-6.

AUGÉ, Mark. Não-lugares: introdução a uma antropologia da sobre modernidade. São Paulo: Papiros, 2004.

BASAGLIA, Claudete Camargo Pereira. Nuvem de mascates: raízes que se rompem. Campinas, 2002. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, 2002. https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.10235.

BENJAMIN, Walter. O narrador. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

BERND, Zilá. Ler as literaturas da migração a partir de vestígios memoriais. In: BERND, Zilá. Por uma estética dos vestígios memoriais: releitura da literatura contemporânea das Américas a partir dos rastros. Belo horizonte: Fino Traço, 2013. p. 145-160. https://doi.org/10.20396/sinteses.v0i7.10235.

BOSI, Alfredo. História concisa da Literatura Brasileira. 40. ed. São Paulo: Editora Cultrix, 2002.

HATOUM, Milton. Escrever à margem da história. [Entrevista cedida a] Aida Ramezá Hanania em 05/11/1993. Transcrita e editada por ARH. Disponível em: http://www.hottopos.com/collat6/milton1.htm . Acesso em: 23 nov. 2019.

HATOUM, Milton. Relato de um certo Oriente. São Paulo: Companhia das Letras, 2008

MAQUÊA, Vera Lúcia da Rocha. Memórias inventadas: um estudo comparado entre Relato de um certo Oriente, de Milton Hatoum e Um rio chamado Tempo, uma casa chamada Terra, de Mia Couto. 2007. Tese (Doutorado em estudos comparados) - Universidade de São Paulo, São Paulo, 2007. https://doi.org/10.11606/t.8.2007.tde-02102007-153753.

RIBEIRO, Maria Aparecida. Os novos filhos da dor. Oriente e origem em Milton Hatoum. Biblos - Revista da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Coimbra, p. 9-26, 2004. https://doi.org/10.14195/0870-4112_2_15.

SANTIAGO, Silviano. O teorema de Walnice e a sua recíproca. In: VALE quanto pesa: ensaios sobre questões político-culturais. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1982. p. 69-88.

SAID, Edward. Orientalismo: o Oriente como invenção do Ocidente. Tradução Tomás Rosa Bueno. São Paulo: Companhia das Letras, 1990.

VILLAR, Valter Luciano Gonçalves. Os árabes e nós: a presença árabe na literatura brasileira. 2008. Tese. (Doutorado em Letras) – Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, Paraíba, 2008. https://doi.org/10.24873/j.rpemd.2017.07.019.

Publicado
2020-07-27
Como Citar
Farias Guedes Borba, N. M. (2020). Literaturas da Amazônia: o oriente em Milton Hatoum. Navegações, 13(1), e36511. https://doi.org/10.15448/1983-4276.2020.1.36511
Seção
Dossiê