Cidade e poesia em Lisboa, de Sophia de Mello Breyner Andresen

Palavras-chave: Cidade. Poesia portuguesa. Modelos de leitura. Sophia de Mello Breyner Andresen.

Resumo

Este artigo propõe uma análise do poema Lisboa, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Partindo de uma abordagem alinhada à crítica literária feminista, pretende-se verificar se outros modelos de leitura corroboram, acrescentam ou contradizem essa primeira aproximação. Para tanto, serão analisados também os sons, as imagens e as ideias colocadas pelo poema, bem como as diferentes interpretações já realizadas por outros/as pesquisadores/as sobre a poeta. Em comparação com um poema escrito por Florbela Espanca a respeito da cidade de Évora, mais de cinquenta anos antes, também será traçada uma análise histórica. Além disso, será discutida a relação entre cidades e poemas ilegíveis – no sentido de se fechar em seus próprios signos ou se abrir para múltiplas formas de interpretação e leitura.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Schrickte Stoll, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC
Doutoranda em Literatura no Programa de Pós-Graduação em Literatura da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e Mestra em Literatura pela mesma universidade (2017). É membro da comissão editorial da Revista Anuário de Literatura (PPGL/UFSC) e integrante do Núcleo Literatual (Núcleo de Literatura Brasileira Atual - Estudos Feministas e Pós-Coloniais de Narrativas da Contemporaneidade). Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo (UFSC, 2010).

Referências

ALBUQUERQUE JUNIOR, Durval Muniz de. As feridas do tempo: uma história do corpo e da saudade através da poesia de Sophia de Mello Bryner Andresen. Mnemosine revista, Campina Grande, v. 6, n. 2, p. 9-33, abr./jun. 2015. ISSN: 2237.3217. Disponível em: https://s3.amazonaws.com/academia.edu.documents/38973084/revista_mnemosine_3.pdf?AWSAccessKeyId=AKIAIWOWYY GZ2Y53UL3A&Expires=1544470843&Signature=rYegqGcRpiH0SR8hv6U%2BHjpLFh0%3D&response-content-disposition=inline%3B%20filename%

DO_educar_no_criar_A_alimentacao_e_a_educ.pdf#page=10. Acesso em: jan. 2019.

ANDRESEN, Sophia de Mello Breyner. Lisboa [1983]. In: TAVARES, Maria Andresen Sousa (org.). Sophia de Mello Breyner Andresen no seu tempo: momentos e documentos. Biblioteca Nacional de Portugal, 2011a. Disponível em: http://purl.pt/19841/1/1950/galeria/f27/foto1.html. Acesso em: 6 jan. 2019.

ANDRESEN, Sophia de Mello Breyner. Entrevista a O tempo e o modo [1963]. In: TAVARES, Maria Andresen Sousa (org.). Sophia de Mello Breyner Andresen no seu tempo: momentos e documentos. Biblioteca Nacional de Portugal, 2011b. Disponível em: http://purl.pt/19841/1/galeria/entrevistas/01.html. Acesso em: 6 jan. 2019.

ANDRESEN, Sophia de Mello Breyner. Arte poética III [1964]. In: TAVARES, Maria Andresen Sousa (org.). Sophia de Mello Breyner Andresen no seu tempo: momentos e documentos. Biblioteca Nacional de Portugal, 2011c. Disponível em: http://purl.pt/19841/1/galeria/artes-poeticas/arte-poetica-iii.html. Acesso em: 7 jan. 2019.

ANDRESEN, Sophia de Mello Breyner. Entrevista a Maria Armanda Passos [1982]. In: TAVARES, Maria Andresen Sousa (org.). Sophia de Mello Breyner Andresen no seu tempo: momentos e documentos. Biblioteca Nacional de Portugal, 2011d. Disponível em: http://purl.pt/19841/1/galeria/entrevistas/f1/pag2.html. Acesso em: 6 jan. 2019.

ARAGÃO, Eloisa. Sophia de Mello Breyner Andresen: vida militante. In: ENCONTRO ESTADUAL DE HISTÓRIA DA ANPUH-SP, 22., 2014, Santos. Anais […] São Paulo: ANPUH, 2014.

BEST GUIDE. Breve história da Lisboa boémia. Disponível em: https://www.bestguide.pt/lisboa/breve-historia-da--lisboa-boemia/. Acesso em: 6 jan. 2019.

DALCASTAGNÈ, Regina. Sombras da cidade: o espaço na narrativa brasileira contemporânea. Revista Estudos de literatura brasileira contemporânea, Brasília, n. 21, p. 33-53,jan./jul. 2003. Disponível em: http://www.gelbc.com.br/pdf_revista/2102.pdf. Acesso em: ago. 2016.

ESPANCA, Florbela. Sonetos completos de Florbela Espanca. In: BATELLI, Guido (org.). Lisboa: Editora Amargo, 2013. Disponível em: https://www.luso-livros.net/Livro/sonetos--completos-de-florbela-espanca/. Acesso em: 10 nov. 2018.

FERNANDES, Maria Lúcia O. O mito e a condição humana na obra poética de Sophia de Mello Breyner Andresen. Revista Texto Poético, [s. l.], v. 16, p. 93-122, 2014. ISSN: 1808-5385. Disponível em: http://revistatextopoetico.com.br/index.php/rtp/article/download/209/232. Acesso em: jan. 2019.

FONSECA, Aleilton. As cidades “ilegíveis” e a leitura dos poetas contemporâneos. Sitientibus, Feira de Santana, n. 40, p. 59-68, jan./jun. 2009.

MACHADO, Rodrigo C. M. Navegações ou a descoberta de si. Scripta, Belo Horizonte, v. 22, n. 44, p. 81-92, 2018. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/descarga/articulo/6471655.pdf. Acesso em: jan. 2019. https://doi.org/10.5752/P.2358-3428.2018v22n44p81

MATOS, Licia R. O.; FARIA, Ângela B. C. O mito de Ulisses e a história lusitana nas mãos de Teolinda Gersão. In: ENCONTRO ABRALIC,15., 2016, Rio de Janeiro. Anais eletrônicos […] Rio de janeiro: ABRALIC, 2016, p. 676-685. ISSN: 2317-157X. Disponível em: http://www.abralic.org.br/anais/arquivos/2016_1490918496.pdf. Acesso em: 6 jan. 2019.

PESSOA, Fernando. Mensagem. 1934. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/pe000004.pdf.

RANCIÈRE, Jacques. Mallarmé: la política de la sirena. Tradução de Cristóbal Durán, Verónica González e Carolina Matamala. Adrogué: LOM, 2015.

SARAMAGO, José. O que farei com este livro? São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

WOOLF, Virginia. Um teto todo seu. Tradução de Vera Ribeiro. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1985.

Publicado
2020-01-06
Como Citar
Stoll, D. S. (2020). Cidade e poesia em Lisboa, de Sophia de Mello Breyner Andresen. Navegações, 12(2), e34913. https://doi.org/10.15448/1983-4276.2019.2.34913
Seção
Ensaios