Aprender e ensinar a ler e a escrever

Abordagem cognitiva

  • Verônica Franciele Seidel Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Escola de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Letras, Porto Alegre, RS, Brasil. https://orcid.org/0000-0001-6643-2154
  • Vera Wannmacher Pereira Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Escola de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Letras, Porto Alegre, RS, Brasil. https://orcid.org/0000-0002-2511-6814
  • Maria da Graça Pinto Universidade do Porto (UP), Faculdade de Letras, Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos, Porto, Portugal.
Palavras-chave: Editorial

Resumo

---

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Verônica Franciele Seidel, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Escola de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Letras, Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutoranda em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre, RS, Brasil. Bolsista CNPq.

Vera Wannmacher Pereira, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Escola de Humanidades, Programa de Pós-Graduação em Letras, Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutora em Letras, com área de concentração em Linguística Aplicada, pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre, RS, Brasil e pós-doutora em Psicolinguística, pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, SC, Brasil. Desenvolve pesquisas sobre processamento da leitura e da escrita, seu aprendizado e ensino, tendo como perspectiva a Psicolinguística em suas interfaces e como suporte ao uso de tecnologias múltiplas.

Maria da Graça Pinto, Universidade do Porto (UP), Faculdade de Letras, Departamento de Estudos Portugueses e Estudos Românicos, Porto, Portugal.

Doutora em Linguística Aplicada pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto (UP), no Porto, Portugal, professora catedrática jubilada da Faculdade de Letras da Universidade do Porto (UP), no Porto, Portugal.

Referências

BAARS, Bernard J. A cognitive theory of consciousness. Cambridge: Cambridge University, 1993.

BÄCHLER, Rodolfo. Conciencia y lenguaje: análisis del vínculo proyectado a través de la intencionalidad. Rev GU, v. 2, n. 4, p. 432-438, 2006.

DEHAENE, Stanislas. Os neurônios da leitura: como a ciência explica nossa capacidade de ler. Porto Alegre: Penso, 2012.

DEHAENE, Stanislas. Signatures of consciousness – a talk by Stanislas Dehaene. Edge in Paris, 24 nov. 2009. [Entrevista concedida a] Edge Foundation, Inc. Disponível em: http://www.edge.org/3rd_culture/dehaene09/dehaene09_index.html. Acesso em: 15 jul. 2010.

DEHAENE, Stanislas. The cognitive neuroscience of consciouness. Cambridge: The MIT Press, 2001.

ELKONIN, Daniil B. Further remarks on the psychological bases of the initial teaching of reading. In: DOWNING, John A. (ed.). Cognitive psychology and reading in the U.S.S.R. North Holland: Elsevier Science Publishers B. V., 1988. p. 365-426.

EMIG, Janet. Writing as a mode of learning. College Composition and Communication, Illinois, v. 28, n. 2, p. 122-128, 1977.

GIROLAMI-BOURLINIER, Andrée. L’apprentissage de l’oral et de l’écrit. Paris: Presses Universitaires de France, 1993.

GOODMAN, Kenneth S. Um jogo psicolinguístico de adivinhação. In: SINGER, Harry; RUDDELL, Robert B. (org.). Theoretical models and processes of reading. Newark: International Reading Association, 1976. p. 259-271.

GOMBERT, Jean Émile. Metalinguistic development. Chicago: The University of Chicago Press, 1992.

ODISHO, Edward Y. A multisensory, multicognitive approach to teaching pronunciation. Linguística: Revista de Estudos Linguísticos da Universidade do Porto, Porto, v. 2, p. 3-28, 2007.

PINTO, Maria da Graça Castro. Nos bastidores da iniciação à entrada no mundo da escrita: do CALE a intervenções e pressupostos de ordem cognitiva e neurológica. Porto: Universidade do Porto, 2017.

SLAMA-CAZACU, Tatiana. Psicolinguística aplicada ao ensino de línguas. São Paulo: Pioneira, 1979.

SMITH, Frank. Compreendendo a leitura: uma análise psicolinguísticada leitura e do aprender a ler. Porto Alegre: Artes Médicas, 2003.

TEIXEIRA, João Fernandes. A teoria da consciência de David Chalmers. Psicologia USP, São Paulo, v. 8, n. 2, 1997.

Publicado
2021-03-19
Como Citar
Seidel, V. F., Pereira, V. W. ., & Pinto, M. da G. (2021). Aprender e ensinar a ler e a escrever: Abordagem cognitiva. Letrônica, 14(2), e40099. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2021.2.40099