Estudo piloto de validação do conteúdo e da confiabilidade de uma tarefa de uso da estratégia de predição leitora aplicada a estudantes do ensino fundamental

Palavras-chave: predição leitora, consciência textual, ensino fundamental, validade do teste

Resumo

Considerando a importância das estratégias de leitura para o processo de compreensão leitora, elaborou-se um instrumento para examinar o uso da predição leitora por alunos do Ensino Fundamental. O objetivo desse estudo é apresentar o processo realizado para a validação do conteúdo e da confiabilidade dessa tarefa de uso da predição leitora aplicada a alunos do 6º ano do Ensino Fundamental. Para a validação de conteúdo, realizou-se um painel de juízes que avaliaram o instrumento quanto à pertinência conceitual, à clareza, à adequação da linguagem, e à forma de apresentação. A validade de conteúdo foi verificada também por meio da análise das respostas dos estudantes. Para examinar a confiabilidade do instrumento, verificou-se a consistência interna dos itens. Os resultados indicaram que houve validade de conteúdo pela análise dos juízes e das respostas dos alunos. Constatou-se também a confiabilidade da tarefa por meio do coeficiente alfa de Cronbach. A partir dessa validação, considerou-se possível a aplicação do instrumento a uma amostra maior e mais representativa.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Danielle Baretta, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutoranda em Letras, com concentração em Linguística, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre, RS, Brasil. Bolsista parcial CAPES. Professora do Colégio Militar de Porto Alegre, RS, Brasil.

Caroline Bernardes Borges, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutoranda em Letras, com concentração em Linguística, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre, RS, Brasil. Bolsista integral CAPES/PROEX.

 

Patricia de Andrade Neves, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutoranda em Letras, com concentração em Linguística, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), em Porto Alegre, RS, Brasil. Bolsista integral CNPq. Professora do Colégio Israelita de Porto Alegre, RS, Brasil.

Referências

ALBUQUERQUE, Eliana; SPINILLO, Alina Galvão. O conhecimento de crianças sobre diferentes tipos de textos. Psicologia: teoria e pesquisa, Brasília, v. 13, n. 3, p. 329-338, set./dez. 1997.

ALEXANDRE, Neusa Maria Costa; COLUCI, Marina Zambon Orpinelli. Validade de conteúdo nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medidas. Ciência & Saúde Coletiva, Brasília, v. 16, n. 7, p. 3061-3068, jul. 2011. https://doi.org/10.1590/S141381232011000800006

AMERICAN EDUCATIONAL RESEARCH ASSOCIATION, AMERICAN PSYCHOLOGICAL ASSOCIATION & NATIONAL COUNCIL ON MEASUREMENT IN EDUCATION. Standards for educational and psychological testing. Washington: American Psychological Association, 1999.

ANÇÃ, Maria Helena Serra. Revisitando a consciência linguística: apropriação do conceito por parte de futuros professores de Português. Calidoscópio, São Leopoldo, v. 13, n. 1, p. 83-91, jan./abr. 2015. http://dx.doi.org/10.4013/cld.2015.131.08

BARETTA, Danielle. Compreensão leitora e consciência textual na predição leitora: um estudo com alunos do 6º ano do ensino fundamental a partir da leitura de uma fábula. 2017. 89 p. Dissertação (Mestrado em Letras) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

BARETTA, Danielle; PEREIRA, Vera Wannmacher. Predição leitora e consciência textual: um estudo com alunos do ensino fundamental. Ilha do Desterro, Florianópolis, v. 72, n. 3, p. 139-173, set./dez. 2019. https://doi.org/10.5007/2175-8026.2019v72n3p139

BARRERA, Sylvia Domingos. Papel facilitador das habilidades metalinguísticas na aprendizagem da linguagem escrita. In: MALUF, Maria Regina (org.). Metalinguagem e aquisição da escrita: contribuições de pesquisa para a prática da alfabetização. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003. p. 65-90.

CASTRO, Joselaine Sebem de; PEREIRA, Vera Wannmacher. Leitor e texto: a preditibilidade faz a interação. Calidoscópio, São Leopoldo, v. 2, n. 1, p. 55-60, 2004.

CHAROLLES, Michel. Introdução aos problemas de coerência dos textos: abordagem teórica e estudo das práticas pedagógicas. In: GALVES, Charlote; ORLANDI, Eni Puccinelli; OTONI, Paulo. (org.) O texto: leitura e escrita. Campinas: Pontes, 1998, p. 39-85.

COHEN, Andrew. Recent uses of mentalistic data in reading strategy research. D.E.L.T.A., São Paulo, v. 3, n. 1, p. 57-84, 1987.

COLOMER, Teresa; CAMPS, Anna. Ensinar a ler, ensinar a compreender. Porto Alegre: Artmed, 2002.

CUNHA, Neide de Brito; SANTOS, Acácia Aparecida Angeli dos. Estudo de validade do questionário de avaliação de consciência metatextual. Psicologia: Teoria e Prática, São Paulo, v. 16, n. 1, p. 141-154, abr. 2014. http://dx.doi.org/10.15348/1980-6906/psicologia. v16n1p141-154

ERICSSON, Anders; SIMON, Herbert. Protocol analysis: verbal reports as data. Cambridge: MIT Press, 1993.

EXNER, Charlotte. Content validity of the in-hand manipulation test. The American Journal of Occupational Therapy, Bethesda, v. 47, n. 6, p. 505-513, 1993. https://doi.org/10.5014/ajot.47.6.505

FERREIRA, A. L.; SPINILLO, Alina Galvão. Desenvolvendo a habilidade de produção de textos em crianças a partir da consciência metatextual. In: MALUF, Maria Regina (org.). Metalinguagem e aquisição da escrita: contribuições da pesquisa para a prática da alfabetização. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2003. p. 119-148.

GIASSON, Jocelyne. A compreensão na leitura. Tradução de Maria José Frias. Porto: ASA Editores, 2000.

GOMBERT, Jean-Émile. Metalinguistic development. Chicago: University of Chicago Press, 1992.

GOODMAN, Kenneth. Reading, a psycholinguist guessing game. In: SINGER, Harry; RUDDELL, Robert (org.) Theoretical models and processes of reading. Newark: International Reading Association, 1976. p. 497-508.

GOODMAN, Kenneth. Unidade na leitura: um modelo psicolinguístico transacional. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 26, n. 4, p. 9-43, 1991.

HALLIDAY, Michael; HASAN, Ruqaiya. Cohesion in English. London: Longman, 1976.

KATO, Mary Aizawa. O aprendizado da leitura. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

KLEIMAN, Ângela. Texto e leitor: aspectos cognitivos da leitura. Campinas: Pontes, 2013.

KOCH, Ingedore; ELIAS, Vanda Maria. Ler e compreender os sentidos do texto. São Paulo: Contexto, 2011.

LANDIS, Richard; KOCH, Gary. The measurement of observer agreement for categorical data. Biometrics, Washington, v. 33, n. 1, p. 159-174, 1977. https://doi.org/10.2307/2529310

LEFFA, Vilson. Aspectos da leitura: uma perspectiva psicolinguística. Porto Alegre: Sagra-Luzzato, 1996.

LORANDI, Aline et al. Consciência linguística: diferentes olhares. Letrônica, Porto Alegre, v. 5, n. 3, p. 21-44, jul./ dez. 2012.

MACÍAS, Arturo Barraza. La consulta a expertos como estrategia para la recolección de evidencias de validez basadas en el contenido. Investigación Educativa Duranguense, n. 7, p. 5-14, 2007.

MALUF, Maria Regina; GOMBERT, Jean-Émile. Habilidades implícitas e controle cognitivo na aprendizagem da linguagem escrita. In: MALUF, Maria Regina; GUIMARÃES, Sandra Regina Kirchner (org.). Desenvolvimento da linguagem oral e escrita. Curitiba: Editora da UFPR, 2008. p. 123-135.

NEVES, Patricia de Andrade; BORGES, Caroline Bernardes. A consciência textual no gênero fábula: um instrumento de verificação da coerência com alunos do Ensino fundamental. Signo, Santa Cruz do Sul, v. 43, n. 77, p. 62-73, maio 2018. https://doi.org/10.17058/signo.v43i77.11509.

NEVES, Patricia de Andrade; BORGES, Caroline Bernardes; BARETTA, Danielle. Considerações sobre a elaboração de um instrumento de verificação da consciência textual. Revista Ibero-Americana de Humanidades, Ciências e Educação, Criciúma, v. 6, n. 5, p. 34-46, maio 2020. https://doi.org/10.29327/211653.6.5-3.

PEREIRA, Vera Wannmacher. A predição na teia de estratégias de compreensão leitora. Confluência, Rio de Janeiro, v. 1, p. 81-91, 2012.

PEREIRA, Vera Wannamacher. Arrisque-se... faça seu jogo. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 37, n. 2, p. 47-63, 2002.

PEREIRA, Vera Wannmacher. Compreensão da leitura e consciência textual nos anos iniciais. Signo, Santa Cruz, v. 38, p. 29-43, mar. 2013. https://doi.org/10.17058/signo.v38i0.4554

PEREIRA, Vera Wannmacher. Predição, compreensão e situação de compreensão. Desenredo, Passo Fundo, v. 7, n. 1, p. 91-103, 2011.

PEREIRA, Vera Wannmacher. Predição leitora: procedimentos e desempenhos em ambiente virtual e em ambiente não virtual. Letras de Hoje, Porto Alegre, v.44, n. 3, p. 22-27, 2009.

PEREIRA, Vera Wannmacher; SANTOS, Thais Vargas dos. Estratégia de leitura de predição na escola: uso e consciência linguística no seu uso. Linguagem em (Dis)curso, Tubarão, v. 17, n. 3, p. 361-380, set./dez. 2017. http://dx.doi.org/10.1590/1982-4017-170305-2117

PEREIRA, Vera Wannmacher; SCLIAR-CABRAL, Leonor. Compreensão de textos e consciência textual: caminhos para o ensino nos anos iniciais. Florianópolis: Insular, 2012.

POERSCH, José Marcelino. Uma questão terminológica: consciência, metalinguagem, metacognição. Letras de Hoje, Porto Alegre v. 33, n. 4, p. 7-12, 1998.

RAYMUNDO, Valéria Pinheiro. Elaboração e validação de um instrumento de avaliação de consciência linguística. 2006. 249 p. Tese (Doutorado em Linguística Aplicada) – Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

RAYMUNDO, Valéria Pinheiro. Construção e validação de instrumentos: um desafio para a psicolinguística. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 44, n. 3, p. 86-93, jul./set. 2009.

SHOHAMY, Elana. The role of language tests in the construction and validation of second-language acquisition theories. In: TARONE, Elaine; GASS, Susan; COHEN, Andrew (org.). Research Methodology in Second-Language Acquisition. New Jersey: Lawrence Erlbaum Associates publishers, 1994. p. 133-142.

SMITH, Frank. Compreendendo a leitura: uma análise psicolinguística da leitura e do aprender a ler. Porto Alegre: Artes Médicas, 2003.

SOLÉ, Isabel. Estratégias de leitura. Porto Alegre: Artmed, 1998.

SOUSA, Lucilene Bender de; HÜBNER, Lilian Cristine. Desafios na avaliação da compreensão leitora: demanda cognitiva e leiturabilidade textual. Revista Neuropsicologia Latinoamericana, [S. I.], v. 7, n. 1, p. 34-46, 2015. http://dx.doi.org/10.5579/rnl.2013.0237

SOUZA, Ana Cláudia; HEINIG, Otilia Lizete de Oliveira Martins. Abordagens psicolinguísticas na pesquisa em leitura e escrita: instrumentos e procedimentos. Letras de Hoje, Porto Alegre, v. 50, n. 1, p. 22-31, 2015. https:// doi.org/10.15448/1984-7726.2015.1.18396

SPINILLO, Alina Galvão. A consciência metatextual. In: MOTA, Márcia da (org.). Desenvolvimento metalinguístico: questões contemporâneas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2009. p. 77-113.

SPINILLO, Alina Galvão. A dimensão social, linguística e cognitiva da compreensão de textos: considerações teóricas e aplicadas. In: MOTA, Márcia Peruzi da; SPINILLO, Alina Galvão (org.). Compreensão de textos. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2013. p. 171-198.

SPINILLO, Alina Galvão; ALMEIDA, Denise Dias. Compreendendo textos narrativo e argumentativo: há diferenças? Arquivos Brasileiros de Psicologia, Rio de Janeiro, v. 66, n. 33, p. 115-132, 2014.

SPINILLO, Alina Galvão; MAHON, Érika da Rocha. “O que você acha que vai acontecer agora?” Um estudo sobre inferências de predição na compreensão de textos. In: NASCHOLD, Ângela; PEREIRA, Antônio; GUARESI, Ronei; PEREIRA, Vera Wannmacher (org.). Aprendizado da leitura e da escrita: a ciência em interfaces. Natal: EDUFRN, 2015. p. 163-188.

SPINILLO, Alina Galvão; MOTA, Márcia Maria Peruzzi Elia da; CORREA, Jane. Consciência metalinguística e compreensão de leitura: diferentes facetas de uma relação complexa. Educar em Revista, Curitiba, n. 38, p. 157 171, set./dez. 2010. http://dx.doi.org/10.1590/S0104-40602010000300011

SPINILLO, Alina Galvão; PRATT, Chris. Sociocultural differences in children’s genre knowledge. In: KOSTULI, Triantafillia (org.). Writing in context(s): textual practices and learning processes in sociocultural settings. New York: Springer, 2005. p. 27-48.

TOMITCH, Leda Maria Braga. Desvelando o processo de compreensão leitora: protocolos verbais na pesquisa em leitura. Revista Signo, Santa Cruz do Sul, v. 32. n. 53, p. 42-53, 2007. http://dx.doi.org/10.17058/signo.v32i53.244

URBINA, Susana. Fundamentos da testagem psicológica. Porto Alegre: Artmed, 2007.

VIANNA, Heraldo Marelim. Testes em educação. São Paulo: IBRASA, 1978.

Publicado
2021-06-18
Como Citar
Baretta, D., Borges, C. B., & Neves, P. de A. . (2021). Estudo piloto de validação do conteúdo e da confiabilidade de uma tarefa de uso da estratégia de predição leitora aplicada a estudantes do ensino fundamental. Letrônica, 14(2), e38745. https://doi.org/10.15448/1984-4301.2021.2.38745