A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO NO MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL DA PUCRS

  • Leonia Capaverde Bulia Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
  • Jairo Melo Araujo Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
  • Francisco Arselí Kern Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS
  • ldilia Fernandes Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS

Resumo

Este estudo discute a possibilidade de o Serviço Social construir conhecimentos a partir da realidade em que atua. Conclui-se que, embora aplicando conhecimentos oriundos de outras ciências, o Serviço Social produz conhecimentos em sua área específica. As dissertações de mestrado produzidas no período de 1981 a 1995 desvelam esses conhecimentos, sua relevância social, trazendo aportes para a solução dos problemas sociais da sociedade brasileira. Sua contribuição teórica situa-se, sobretudo, no campo das demandas e políticas sociais, embora também seja significativa sua contribuição no aprofundamento das questões teórico-metodológicas do Serviço Social. Verificou-se, nos últimos anos, na produção estudada, a tendência de discussão dos novos paradigmas das ciências humanas e as novas exigências que serão impostas à profissão face às mudanças e avanços científico-tecnológicos do século XXI.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ABESS. Associação Brasileira de Ensino em Serviço Social. A produção de conhecimento e o Serviço Social. Cadernos ABESS, n. 5. São Paulo: Cortez, 1992.

--. Produção científica e formação profissional. Caderno ABESS, n. 6. São Paulo: Cortez, 1993.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BATISTA. Miriam Veras. Questões que se colocam para a investigação da prática profissional. III Encontro Nacional de pesquisadores em Serviço Social. São Paulo: ABESS/CEDEPSS, 1993.

BORNHEIM, Gerd A Dialética: Teoria e práxis. 2. ed. Porto Alegre: Globo, 1983.

BULLA. Leonia Capaverde. Serviço Social, Educação e Práxis: tendências teóricas e metodológicas. Porto Alegre: FACED/UFRGS (Tese de Doutorado), 1992.

CHATELET, François. História da filosofia. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

CORETH, Emerich. Questões fundamentais da Hermenêutica. São Paulo: Editora Pedagógica Universitária/

Universidade de São Paulo, 1973.

DEMO, Pedro. Pesquisa e construção de conhecimento. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1994.

FALEIROS, Vicente de Paula. Metodologia e ideologia do trabalho social. São Paulo: Cortez, 1985.

GIRARDI, Leopoldo Justino., QUADROS, Odone José. Filosofia. Série Universitária. Porto Alegre: Emma, 1993.

GOLDMANN, Lucien. Dialética e cultura. 2. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1979.

- - . Epistemologia e filosofia política. Lisboa: Presença, 1984.

HABERMAS, Jurgen. Técnica e Ciência enquanto ideologia. 2. ed. Pensadores. Textos escolhidos. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

--. Dialética e Hermenêutica. Porto Alegre: L&PM, 1987.

JUNQUEIRA, Helena Juracy. Quase duas décadas de reconceituação do Serviço Social: urna abordagem crítica. In: Serviço Social & Sociedade, 4:1-38, São Paulo: Cortez, 1980.

KOSlX, Karel. Dialética do Concreto. 3. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.

KRUSE, Hermann. C. Filosofia do Século XX. Buenos Aires: Ecro, 1970.

LEFEBVRE, Hemi. Lógica formal e lógica dialética. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1975.

MARTINELI, Maria Lúcia. O debate contemporâneo do Serviço Social: rupturas e continuidades. Curso ministrado no Mestrado em Serviço Social da PUCRS. Porto Alegre, 1995.

--. Serviço Social: Identidade e alienação. São Paulo: Cortez, 1989.

PEREIRA, Leda C.R., CASTILLO, Lúcia, G. (Orgs.). Exercícios de construção teórico-metodógica do Serviço Social. Porto Alegre: EDIPUCRS, 1995.

Publicado
1996-12-31
Como Citar
Bulia, L. C., Araujo, J. M., Kern, F. A., & Fernandes, ldilia. (1996). A CONSTRUÇÃO DO CONHECIMENTO NO MESTRADO EM SERVIÇO SOCIAL DA PUCRS. Veritas (Porto Alegre), 41(164), 715-727. https://doi.org/10.15448/1984-6746.1996.164.35920
Seção
Artigos