Contradições da democracia e opinião pública

Palavras-chave: Contradição. Democracia. Opinião pública

Resumo

Este artigo consiste numa análise interdisciplinar com o auxílio de teorias filosóficas, sociológicas e políticas sobre as contradições da democracia e sua relação com a opinião pública a partir de três perspectivas: num primeiro momento aborda os modelos normativos de democracia diagnosticados por Habermas em Inclusão do Outro, e sua proposta de procedimento deliberativo com vistas a superar os limites dos modelos liberal e republicano; depois de expor um diagnóstico basilar dos modelos democráticos, apresenta alguns pontos concernentes às contradições da democracia contemporânea a partir das análises sociológicas e da ciência política de Charles Tilly. Num terceiro momento, aborda a democracia a partir do conceito hegeliano de opinião pública tendo em vista três componentes: a fenomenologia, a lógica e a política da opinião pública.

Palavras-chave: Contradição; Democracia; Opinião Pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Agemir Bavaresco, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutor em Filosofia pela Universidade Paris I – Pantheon-Sorbonne. Professor no Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Francisco Jozivan Guedes de Lima, Universidade Federal do Piauí, Teresina, PI, Brasil.

Doutor em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professor no Programa de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Piauí.

Teresa Cristina Schneider Marques, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, RS, Brasil.

Doutora em Ciência Política pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Professora no Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Pontifícia Universidade
Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Referências

ARISTÓTELES. Política. Edição bilíngue. Trad. António Campelo Amaral, Carlos de Carvalho Gomes. Lisboa: Vega, 1998.

ARTAZA, M. La ciencia política, la historia y las instituciones. Revista interdisciplinar de estúdios histórico-jurídicos, Nº 18, 2015, p. 45-74.

AUDARD, Catherine. Cidadania e democracia deliberativa. Trad. Walter Valdevino. Porto Alegre: Edipucrs, 2006.

AVRITZER, Leonardo; COSTA, Sergio. Teoria Crítica, Democracia e Esfera Pública: Concepções e Usos na América Latina. DADOS – Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, Vol. 47, no 4, 2004, pp. 703 a 728.

BADIE, Bertrand e HERMET, Guy. Política comparada. México: Fondo de Cultura Económica, 1993.

BAVARESCO, Agemir; SORDI, Caetano; KONZEN, Paulo R. Mídias, Democracia e Opinião Pública: Diagnósticos, Teorias e Análises. In: Projetos de filosofia II. Agemir Bavaresco, Marcelo Gross Villanova, Tiegüe Vieira Rodrigues. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2012, p. 8-39.

COHEN, Jean; Andrew Arato. Civil Society and Political Theory. Cambridge, MA: The MIT Press, 1992.

CONSTANT, Benjamin. A liberdade dos Antigos comparada à dos Modernos. Trad. Emerson Garcia. São Paulo: Atlas, 2015.

COSTA, Antônio C. da Rocha. Apresentação em Seminário sobre “Doutrina da Essência: o problema do fundamento”. PPG Filosofia/PUCRS, Porto Alegre, agosto 2018, 21p.

DAHL, Robert. A democracia e seus críticos. Trad. Patrícia Ribeiro. São Paulo: Martins Fontes, 2012.

DAHL, Robert. Um prefácio à democracia econômica. Trad. Ruy Jungmann. Rio de Janeiro: Jorge Zahar editor, 1990.

DAHL, Robert. A poliarquia. São Paulo: Ed. USP, 1997.

DUVERGER, Maurice. Introdução. In: DUVERGER, Maurice. Ciência Política: teoria e método. 2ª. Edição. Rio de Janeiro: Zahar, 1976.

ESPOSITO, Roberto. Bios: Biopolítica e filosofia. Trad. M. Freitas da Costa. Lisboa: Edições 70, 2010.

FARR, James. The History of Political Science. American Journal of Political Science, 32/04, pp. 1175-1195, 1988.

FORST, Rainer. Contextos da justiça: Filosofia política para além de liberalismo e comunitarismo. Trad. Denilson Luís Werle. São Paulo: Boitempo, 2010.

GABOARDI, Ediovani A. O papel da contradição na experiência de determinação da verdade na certeza sensível e na percepção da Fenomenologia de Espírito de Hegel. Contradictio, Curitiba, v. I, n.1, 2008.

GUTMANN, Amy; Thompson Dennis. Why Deliberative Democracy? Princeton, New Jersey: Princeton University Press, 2004.

HABERMAS, Jürgen. Direito de democracia: entre facticidade e validade, v. 2. Trad. Flávio Siebeneichler. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

HABERMAS, Jürgen. A Inclusão do Outro: estudos de teoria política. Trad. George Sperber e Paulo Soethe. São Paulo: Loyola, 2002a.

HABERMAS, Jürgen. Agir comunicativo e razão destranscendentalizada. Trad. Lucia Aragão. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2002b.

HABERMAS, Jürgen. Mudança estrutural da esfera pública: Investigações quanto a uma categoria da sociedade burguesa. Trad. Flávio Kothe. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2003.

HABERMAS, Jürgen. Teoria do agir comunicativo, 1: racionalização da ação e racionalização social. Trad. Paulo A. Soethe. Revisão de Flávio Beno Siebeneichler. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2012.

HABERMAS, Jürgen. Na esteira da tecnocracia: pequenos escritos políticos XII. Trad. Luiz Repa. São Paulo: Editora Unesp, 2014.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. Linhas fundamentais da filosofia do direito, ou direito natural e ciência do Estado em compêndio. Trad. Paulo Meneses [et al.]. São Leopoldo, RS: Ed. UNISINOS, 2010.

HEGEL, Georg Wilhelm Friedrich. A Doutrina da Essência. Trad. Christina G. Iber e Federico Orsini. Petrópolis: Vozes, 2017.

HOBBES, Thomas. Leviatã ou matéria, forma e poder de uma república eclesiástica e civil. Trad. João Paulo Monteiro, Maria Beatriz Nizza da Silva, Claudia Berliner. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

HONNETH, Axel. O direito da liberdade. Trad. Saulo Krieger. São Paulo: Martins Fontes, 2015.

HUNTINGTON, Samuel. A Terceira Onda: Democratização no Final do Século XX. São Paulo: Editora Ática, 1994.

IBER, Christian. A proposição da contradição na Doutrina da Essência de Hegel. Material impresso usado em Seminário sobre “A contradição lógica da essência de Hegel”. PPG Filosofia, Porto Alegre: 2018, 14p.

JAEGER, Werner Wilhelm. Paideia: a formação do homem grego. 3ª ed. Trad. Artur Parreira. São Paulo: Martins Fontes, 1994.

KANT, Immanuel. Fundamentação da metafísica dos costumes. Trad. Paulo Quintela. São Paulo: Abril Cultural, 1974.

KANT, Immanuel. O conflito das faculdades. Trad. Artur Morão. Lisboa: Edições 70, 1993.

MACPHERSON, C. B; CANADIAN BROADCASTING CORPORATION. The Real World of Democracy. Nova York, Oxford: Oxford University Press, 1966.

MARQUES, Teresa Cristina Schneider. Transições políticas na América Latina em perspectiva comparada. Pensamento plural (UFPEL), v. 06, p. 57-69, 2010.

MARSHALL, Thomas. Cidadania, classe social e status. Rio de Janeiro: Zahar, 1967.

MILL, John Stuart. Sobre a liberdade. Tradução e prefácio de Alberto da Rocha Barros; Apresentação de Celso Lafer. 2ª ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 1991.

MOUFFE, Chantal. The Democratic Paradox. New York: Verso, 2000.

NOZICK, Robert. Anarchy, State, and Utopia. Oxford UK & Cambridge USA: Blackwell, 1974.

O’DONNELL, Guilhermo. Democracia, agência e Estado: teoria com intenção comparativa. São Paulo: Paz e Terra, 2011.

OFFE, Claus. “A Democracia Partidária Competitiva e o Welfare State Keynesiano: fatores de estabilidade e desorganização”. In – Problemas Estruturais do Estado Capitalista. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1984, p. 363-364.

ORSINI, Federico. A teoria hegeliana do silogismo: tradução e comentário. Porto Alegre: Editora Fi, 2016.

PATEMAN, Carole. Participação e teoria democrática. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

PETRUCCIANI, Stefano. Modelos de filosofia política. Trad. José Vidigal. São Paulo: Paulus, 2014.

PETTIT, Philip. “Democracia e contestabilidade”. In: Direito e Legitimidade. MERLE, Jean-Christophe; MOREIRA, Luiz. São Paulo: Landy, 2003, p. 370-384.

RANCIÈRE, Jacques. Ódio à democracia. Trad. Marina Echalar. São Paulo: Boitempo, 2014.

RAWLS, John. O liberalismo político. Trad. Álvaro de Vita. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

SCHUMPETER, Joseph A. Capitalismo, socialismo e democracia. São Paulo: Editora da Unesp, 2017.

SANTOS, Boaventura de Souza; AVRITZER, Leonardo. Introdução: para ampliar o cânone democrático. In: SANTOS, Boaventura de Souza (Org.). Democratizar a democracia: os caminhos da democracia participativa. 4ª. ed: Rio de Janeiro: Civilização brasileira, 2009.

SARTORI, Giovanni. The Theory of democracy revisited. New Jersey: Chatam House Publishers, 1987, 524p.

TILLY, Charles. Democracy. Cambridge: Cambridge Press, 2007.

TOCQUEVILLE, Alexis de. A democracia na América. Trad. Neil Ribeiro da Silva. 3ª ed. São Paulo: Edusp, 1987. Vol 4.

WHITE, Stephen. Razão, justiça e modernidade: a obra recente de Jürgen Habermas. Trad. Márcio Pugliesi. São Paulo: Ícone, 1995.

Publicado
2019-12-31
Como Citar
Bavaresco, A., Guedes de Lima, F. J., & Schneider Marques, T. C. (2019). Contradições da democracia e opinião pública. Veritas (Porto Alegre), 64(3), e34188. https://doi.org/10.15448/1984-6746.2019.3.34188