A Religião no espaço público da sociedade plural: considerações iniciais sob a ótica da fé em Jesus Cristo

  • Carlos José Monteiro Steffen Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, RS
Palavras-chave: Fé cristã. Espaço público. Secularização.

Resumo

O discurso da fé tem lugar no espaço público da sociedade moderna, pluralista e democrática? Oartigo procura refletir sobre essa questão, situando-a no contexto das relações recíprocas Igreja e modernidade. Apresenta a fé cristã como oferta de sentido ao homem e a modernidade como realidade complexa, que não deve ser simplesmente identificada com o processo de secularização. São destacadas as contribuições de Joseph Ratzinger, Charles Taylor, John Rawls e Jürgen Habermas para o debate em torno dessa questão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos José Monteiro Steffen, Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, RS
Cf Plataforma Lattes

Referências

ARAUJO, Luiz Bernardo Leite. Razão pública e pós-secularismo: apontamentos para o debate. [email protected], Florianópolis, v. 8, n. 3, p. 155-173, 2009.

______. Religião e modernidade em Habermas. São Paulo: Loyola, 1996.

BAVARESCO, Agemir; OLIVEIRA, Nythamar; KONZEN, Paulo Roberto (Org.). Justiça, direito e ética aplicada: VI Simpósio Internacional sobre Justiça. Porto Alegre: Editora Fi, 2013.

BENTO XVI. Discurso para o encontro na Universidade de Roma La Sapienza (17/1/2008). Disponível em:

http://w2.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/speeches/2008. Acesso em: 17 ago, 2016.

______. Discurso aos cardeais, arcebispos e prelados da Cúria romana na apresentação dos votos de Natal (22/12/2005). Disponível em:

http://w2.vatican.va/content/benedict-xvi/pt/speeches/2005. Acesso em: 31 ago. 2015.

BERGER, P. Múltiplos altares da modernidade: rumo a um paradigma da religião numa época pluralista. Petrópolis: Vozes, 2017.

BIRMAN, P. (Org.). Religião e espaço público. São Paulo: Attar, 2015.

CARTABIA, Marta; SIMONCINI, Andrea (a cura di). La Legge di Re Salomone: ragione e diritto nei discorsi di Benedetto XVI. Milano: BUR Saggi, 2013.

CASANOVA, José. Reconsiderar la secularización: una perspectiva comparada mundial. Revista Académica de Relaciones

Internacionales, Madrid, n. 7, p. 1-20, nov. 2007. Disponível em:

http://www.relacionesinternacionales.info/ojs/article/view/85.html. Acesso em: 11 set. 2018.

CONCÍLIO ECUMÊNICO VATICANO II. Documentos (1962-1965). São Paulo: Paulus, 2007.

FREIRE, Wescley Fernandes Araújo. Religião, esfera pública e pós secularismo: o debate Rawls- Habermas acerca do papel da religião na democracia liberal. Saberes, Natal, v. 1, n. 10, p. 104-134, nov. 2014. Disponível em:

https://periodicos.ufrn.br/saberes/article/view/5445. Acesso em: 24 ago. 2016.

HABERMAS, Jürgen. Direito e democracia: entre facticidade e validade. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1997.

______. Entre naturalismo e religião: estudos filosóficos. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2007. ______. A inclusão do outro: estudos de teoria política. São Paulo: Loyola, 2007.

HABERMAS, Jürgen; RATZINGER, Joseph. Dialética da secularização: sobre razão e religião. 2. ed. Aparecida: Ideias e Letras, 2007.

JOÃO XXIII. Discurso Gaudet Mater Ecclesia. In: Vaticano II: mensagens, discursos, documentos. 2. ed. São Paulo: Paulinas, 2007.

KRITSCH, Raquel; SILVA, André Luiz da. Considerações acerca da noção de razão pública no debate Rawls-Habermas. Revista de Sociologia Política, Curitiba, v. 19, n. 39, p. 67-90, jun. 2011.

MACDOWEL, João Augusto A. A. Secularização. In: PASSOS, João Décio; SANCHEZ, Wagner Lopes. Dicionário do Concílio Vaticano II. São Paulo: Paulus, 2015.

MACHADO, Jónatas E. M. Estado constitucional e neutralidade religiosa. Porto Alegre: Livraria do Advogado, 2013.

MUNOZ, Rodrigo. La religión en la esfera pública: tareas para la teología. Scripta Theologica, Pamplona, v. 43, n. 3, p. 647-665, 2011.

OLIVEIRA, Manfredo Araújo de. A religião na sociedade urbana e pluralista. São Paulo: Paulus, 2013. OTO, A. P. (Org.). A religião no espaço público: atores e objetos. São Paulo: Terceiro Nome, 2013.

RAWLS, John. O liberalismo político. 2. ed. São Paulo: Ática, 2000.

______. Uma Teoria da justiça. São Paulo: Martins Fontes, 2000.

RATZINGER, Joseph. Iglesia, ecumenismo y política: nuevos ensayos de eclesiología. Madrid: BAC, 1987.

RATZINGER, Joseph. Introdução ao cristianismo. São Paulo: Herder, 1970.

______. Verdad, poder, valores: piedras de toque de la sociedadpluralista. Madrid: Rialp, 1998.

SILVEIRA, Denis Coutinho. O papel da razão pública na teoria da justiça de Rawls. Filosofia Unisinos, São Leopoldo, v. 10, n. 1, p. 65-78, jan.-abr. 2009. Disponível em:

www.revistas.unisinos. br/index.php/filosofia/article/view/5005/ 2258. Acesso em: 24 ago. 2016.

SOUZA, Mauro Wilton de; CORRÊA, Elizabeth Saad (Org.). Mutações no espaço público contemporâneo. São Paulo: Paulus, 2014.

TAYLOR, Charles. Imaginários sociais modernos. Lisboa: Texto e Grafia, 2010. Disponível em: . Acesso em: 18 ago. 2016.

______. Uma era secular. São Leopoldo: Ed. UNISINOS, 2010.

Publicado
2018-12-27
Seção
Dossiê: Laicato na Igreja e no mundo